Os estágios curriculares supervisionados (práticas) de alunos da licenciatura em educação social – reflexões em torno das perceções de um grupo de estudantes

Laplage em Revista

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Os estágios curriculares supervisionados (práticas) de alunos da licenciatura em educação social – reflexões em torno das perceções de um grupo de estudantes
 
Creator Arco, Joaquim do
Barros, Rosanna
 
Subject Educação
Estágios curriculares supervisionados. Educação social. Dialética teoria-prática. Perceções. Ensino superior.
Estágio Curricular Supervisionado
 
Description Este artigo tem como foco de reflexão a importância dos estágios curriculares supervisionados - ECS (Práticas) - no âmbito da formação integral dos estudantes, do ensino superior português, que pretendem vir a ser educadores sociais. Após um enquadramento breve da história da oferta nacional de estudos superiores nesta área, e de se convocar os principais aspetos teórico-conceptuais da pedagogia-educação social, tomou-se um caso organizacional como base para a análise das perceções sobre os ECS (Práticas) de um grupo de 30 estudantes, que foram recolhidas através da aplicação de um inquérito por questionário no ano letivo de 2017-2018. Os dados, aqui interpretados preliminarmente, apontam para resultados que corroboram a ideia da centralidade desta componente no âmbito da formação inicial do educador social, mas também sugerem pistas que justificam uma investigação continuada nesta matéria.
 
Publisher UFSCAR - Campus Sorocaba
 
Contributor
 
Date 2019-02-14
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion


 
Format application/pdf
 
Identifier http://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/623
10.24115/S2446-6220201951623p.159-179
 
Source Laplage em Revista; v. 5, n. 1 (2019): JAN./APRIL - ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO [ECS] NA EDUCAÇÃO SUPERIOR; p.159-179
2446-6220
10.24115/S2446-6220201951
 
Language por
 
Relation http://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/623/872
/*ref*/ALARCÃO, I.; SÁ-CHAVES, I. Supervisão de Professores e Desenvolvimento Humano. In: TAVARES, J. (Ed) Para Intervir em Educação.Aveiro: CIDInE , 1994. ALMEIDA, J.F.; MADUREIRA PINTO, J. A Investigação nas Ciências Sociais. Lisboa: Editorial Presença, 1995. ALMEIDA, J.F.; MADUREIRA PINTO, J. Da Teoria à Investigação Empírica. Problemas Metodológicos Gerais. In: SILVA, A.S.; MADUREIRA PINTO, J. (orgs.). Metodologia das Ciências Sociais (p. 55-78). Porto: Edições Afrontamento, 1986. ANDER-EGG, E.; AGUILAR IDÁÑEZ, M. Como elaborar um projeto – guia para desenhar projetos sociais e culturais. Lisboa: CPIHTS, 1999. APPLE, M. Educação e Poder. Porto: Porto Editora, 2001. APPLE, M. Freire, Neoliberalismo e Educação. In: APPLE, M.; NÓVOA, A. Paulo Freire: Política e Pedagogia (p.167-187). Porto: Porto Editora, 1998. ARCO, J. Reflections upon a Supervision experience in adult education- In: WEBER, K. (Editor). Lifelong Learning and Experience. Vol 1. (p.441-450). Denmark: Roskilde University & the Danish Research Academy, 2000. BAENA, M. P.; SÁENZ, J.; QUINTANA CABANAS, J.M. Pedagogia Social. Madrid: UNED, 2001. BANKS, S. Ética y valores en el trabajo social. Barcelona: Paidós, 1997. BAPTISTA, I. Hospitalidade da Razão e Poder Transformador – interpelações de pedagogia social. In: BARROS, R.; CHOTI, D. (Org.). Abrindo caminhos para uma educação transformadora - ensaios em educação social, filosofia aplicada e novas tecnologias (p. 123-146). Lisboa: Chiado Editora, 2014. BAPTISTA, I. Pedagogia Social: Uma ciência, um saber profissional, uma filosofia de ação. Cadernos de Pedagogia Social, vol. 2, 7-30, 2008. Disponível em: http://www.fep.porto.ucp.pt/sites/default/files/files/FEP/CadernosPedagogiaSocial/CPSocial02.pdf. Acesso em: 20 set. 2018. BARROS, R. A Educação social e permanente de adultos (ESPA) como um quefazer filosófico transformador de situações-limite. Revista HASER, Revista Internacional de Filosofia Aplicada, Nº 3, 77-108, 2012a. Disponível em: http://institucional.us.es/revistas/haser/3-2012/04ARTBARROS.pdf. Acesso em: 20 set. 2018. BARROS, R. Desafios epistemológicos e metodologia de intervenção da pedagogia-educação social – reflexões numa zona de fronteira. Revista Saber & Educar, 22, 44-53, 2017. Disponível em: http://revista.esepf.pt/index.php/sabereducar/article/view/252/293. Acesso em: 20 set. 2018. BARROS, R. Ensaio sobre Pedagogia-educação social - pensar as repercussões da filosofia político-pedagógica de Paulo Freire. Cadernos do Grupo de Estudos Interdisciplinares-GREI, n. 20, 1-21, 2014. Disponível em: https://www.grei.pt/CADERNOS/20.pdf. Acesso em: 20 set. 2018. BARROS, R. Refletir com (im)pertinência intervir com ousadia: por uma educação transformadora. In: GARRIDO, N.C.; SILVA, O.M.; LIMA, P.G. e EVANGELISTA, F. (Eds.). A educação de jovens e adultos para além dos muros da escola: perspetiva da Educação Social (p. 253-276). Brasil: Editora Expressão & Arte, 2016. BARROS, R. Silêncios e desafios da agenda para o desenvolvimento pós-2015 – reflexões sobre o papel da Educação Social Crítica, Currículo Sem Fronteiras, v. 18, nº. 2, 530-549, 2018. Disponível em: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol18iss2articles/barros.pdf. Acesso em: 20 set. 2018. BARROS, R. Subsídios breves para o debate de princípios e valores na formação política do(a) educador(a) social. Lisboa: Chiado Editora, 2012b. BARROS, R.; CHOTI, D. (Org.). Abrindo caminhos para uma educação transformadora - ensaios em educação social, filosofia aplicada e novas tecnologias. Lisboa: Chiado Editora, 2014. BARROS, R.; FRAGOSO, A. (Eds.). Investigação em educação social – prática e reflexão. Faro: Universidade do Algarve, 2016. BARROS, R.; RALHA-SIMÕES, H. A resiliência do oprimido e a emergência do movimento da economia solidária – uma questão de esperança. Conhecimento & Diversidade, vol.8, n.16, p.12-24, 2016. Disponível em: https://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/conhecimento_diversidade/article/download/3265/pdf. Acesso em: 20 set. 2018. BRONFENBRENNER, U. The ecology of human development: experiments by nature and design. Cambridge, MA: Harvard University Press, 1979. CARIDE GÓMEZ, J.A. Las Fronteras de la pedagogia social: perspectivas científica e histórica. Barcelona: Gedisa, 2005. CARVALHO; A; BAPTISTA, I. educação social – fundamentos e estratégias. Porto: Porto Editora, 2004. DEMOLINS, E. L’education nouvelle: L’Êcole des Roches. Paris: Firmin-Didot, 1898. DEWEY, J. Education and Democracy. New York: The Free Press, 1916. DIAS, J. H. Ética aplicada à profissão do Educador Social. Práxis Educare, 1, 32-38, 2013. Disponível em: http://www.aptses.pt/static/PE1.pdf. Acesso em: 20 set. 2018. DÍAZ, A. Uma Aproximação à pedagogia-educação social. Revista Lusófona de Educação, vol.7, n.7, p. 91-104, 2006. Disponível em: http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/801/644. Acesso em: 20 set. 2018. ERASMIE, T.; LIMA, L. Investigação e projectos de desenvolvimento em educação. Braga: Universidade do Minho/Unidade de Educação de Adultos, 1989. FERNANDES, J. V. Educação para a paz e para a não-violência. In: Atas do I Congresso Ibero-Americano e Africano de Educação de Adultos e Desenvolvimento Comunitário (p. 81-112). Faro: ESEC, 2003. FERRIÈRE, A. A escola activa. Lisboa: Ed. Aster, 1965. FREINET, C. Para uma escola do povo: guia prático para a organização material, técnica e pedagógica da escola popular. Lisboa: Editorial Presença, 1978. FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997. GALLARDO VÁZQUEZ, P.; GALLARDO LÓPEZ, J. La educación social como objeto de estúdio de la pedagogia social. In: BELANDO MONTORO, M. (ed.). II Jornada Monografica – Pedagogia Social y Educación Social: una mirada al futuro (p. 288-301). Madrid: Universidad Complutense de Madrid, 2011. GIROUX, H. Introdução: alfabetização e a pedagogia do empowerment político. In: Freire, P.; Macedo, D. Alfabetização – leitura do mundo, leitura da palavra (p. 1-28). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1994. GIROUX, H. Pedagogy and the politics of hope – theory, culture and schooling: a critical reader. USA: Westview Press, 1997. GONÇALVES, J.L. Aprender na e com a Vida – a problematização da experiência como processo de consciencialização. Cadernos de Pedagogia Social, 3, 35-44, 2009. Disponível em: http://www.fep.porto.ucp.pt/sites/default/files/files/FEP/CadernosPedagogiaSocial/CPSocial03.pdf. Acesso em: 20 set. 2018. GRAMSCI, A. Escritos políticos. Lisboa: Seara Nova, 1976. GRAMSCI, A. Obras escolhidas, Volume I e II, Lisboa: Editorial Estampa, 1974. GUERRA, I. Fundamentos e processos de uma sociologia da ação: o planeamento em ciências sociais. 2ª Edição. Cascais: Principia, 2002. HADJI, C. A Avaliação, Regras do Jogo. Das Intenções aos Instrumentos. Porto: Porto Editora, 1994. HAKE, B.; FRANÇOISE, L. The social question and adult education -european perspectives in the 19th and 20th centuries//la question sociale et l'éducation des adultes - perspectives européennes, xixe - xxe siècles. Frankfurt: Peter Lang, 2009. KORNBECK, J.; JENSEN, N. The diversity of social pedagogy in europe. studies in comparative social pedagogies and international social work and social policy. Bremen: Europäischer Hochschulverlag, 2009. LESNE, M.; MIANVIELLE, Y. Socialisation et Formation. Paris: Paideia, 1990. LUCIO-VILLEGAS, E. (Ed.). Educación social y desarrollo local. Sevilla: Universidad de Sevilla/DTHEPS, 1999. MARRAN, A. L.; LIMA, P. G. Estágio curricular supervisionado no ensino superior brasileiro: algumas reflexões. Revista e-curriculum, São Paulo, v. 7, n. 2, ago. 2011. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/curriculum/article/download/6785/4910. Acesso em: 20 set. 2018. MARTIN, I. Haverá lugar para a educação de adultos no paradigma do ensino? Rizoma Freireano, nº 3. Instituto Paulo Freire de Espanha, 2009. Disponível em: http://www.rizoma-freireano.org/images/stories/2009/martin-por.pdf.zip. Acesso em: 20 set. 2018. NATORP, P. Pedagogía social: teoria de la educación de la voluntad. Madrid: La Lectura, 1913. NOHL, H. Antropologia pedagógica. Madrid: Fondo de Cultura Económica, 1950. OTTO, H-U. Origens da Pedagogia Social. In: Souza Neto, J.C.; Silva, R.; Moura, R.A. (orgs.). Pedagogia social (p. 29-42). São Paulo: Expressão & Arte Editora, 2009. PACHECO, J.A. O pensamento e a acção do professor. Porto: Porto Editora, 1995. PAYNE, M. What is professional social work?. PolicyPress: Bristol, 2006. PÉREZ SERRANO, G. Pedagogia social – educação social. construcción científica e intervención práctica. Madrid: Narcea, 2003. PETRUS, A. (coord.). Pedagogia social. Barcelona: Ariel, S.A, 1998. PLANELLA, J.; VILAR, J. (coord.). La pedagogia social en la sociedad de la información. Barcelona: UOC, 2006. QUINTANA CABANAS, J.M. Educación social. antologia de textos clássicos. Madrid: Narcea, 1994. QUINTANA CABANAS, J.M. Pedagogia social. Madrid: Dykinson, 2000. ROGERS, C. Tornar-se pessoa. Lisboa: Moraes Editora, 1983. SCHÖN, D. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (Coord.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992. SCHÖN, D. The reflective practitioner: how professionals think in action. Aldershot: Avebury, 1983. SERAPICOS, A.M.; SAMAGAIO, F.; TREVISAN, G. Alguns apontamentos em torno do perfil professional do educador social, Práxis Educare, 1, 23-31, 2013. Disponível em: http://www.aptses.pt/static/PE1.pdf. Acesso em: 20 set. 2018. SILVA, R. Prefácio. In: GARRIDO, N.C.; SILVA, O.M.; MATOS, I.J.C.; SANTIAGO, G.L. (Orgs.). Desafios e perspectivas da educação social – um mosaico em construção (p. 5-6). São Paulo: Expressão & Arte Editora, 2010. SMITH, P.J. A percepção como uma relação: uma análise do conceito comum de percepção. Analytica (Rio de Janeiro), vol 18, n. 1, p. 109-132, 2014. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/analytica/article/download/2326/2126. Acesso em: 20 set. 2018. TIMÓTEO, I. A Evolução da educação social. Perspetivas e desafios contemporâneos. Práxis Educare, 1, 12-18, 2013. Disponível em: http://www.aptses.pt/static/PE1.pdf. Acesso em: 20 set. 2018. ZEICHNER, K. Alternative paradigms of teacher education. Journal of Teacher Education, 34, 3, 3-9, 1983. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/002248718303400302. Acesso em: 20 set. 2018. ZIMPHER, N.; HOWEY, K. Adapting supervisory practice to different orientations of teaching competence. Journal of Curriculum and Supervision, 2, 101-127, 1987. Disponível em: http://www.ascd.org/ASCD/pdf/journals/jcs/jcs_1987winter_zimpher.pdf. Acesso em: 20 set. 2018.
 
Coverage Internacional - Europa - Portugal
Século XXI

 
Rights Direitos autorais 2019 Laplage em Revista
https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library