Determination of manganese available in reference soils of the west region from Paraná

REALIZAÇÃO - revista online de extensão e cultura

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Determination of manganese available in reference soils of the west region from Paraná
Determinação de manganês disponível em solos de referência da mesorregião oeste do Paraná
 
Creator Cassol, Cleidimar João
 
Subject
Metals. Ferralsol. Gleysol.
Ciência Ambiental
Metais. Latossolo. Gleissolo.
 
Description The study of the soil of natural areas is fundamental to infer the level of contamination of soils exposed to the degradation and interaction among its variables, as well as to assist in environmental monitoring programs. The objective of this study was to determine the concentrations of manganese available in Rhodic Ferralsol and Eutric Gleysol from areas with native vegetation considered as reference, absent from direct anthropogenic contribution, from the Western region of Paraná. Four soils were collected in depths from 0 to 20 cm deep, and two soil classes were found: Rhodic Ferralsol and Eutric Gleysol. To quantify the available manganese contents, the acid extraction of soil samples with 0,1 mol L-1 HCl was used. The average manganese content for Eutric Gleysol was 128.7 mg kg-1, and for Rhodic Ferralsol 326.3 mg kg-1. The differences in concentrations between soil classes suggest regionalized studies that consider soil geomorphological aspects.
O estudo do solo de áreas naturais é fundamental para inferir o nível de contaminação de solos expostos à degradação e interação entre suas variáveis, bem como auxiliar em programas de monitoramento ambiental. O objetivo desse estudo foi determinar as concentrações disponíveis de manganês em Latossolo Vermelho e Gleissolo Háplico de áreas com vegetação nativa consideradas de referência, ausentes de contribuição antropogênica direta, da Mesorregião Oeste do Paraná. Foram realizadas quatro coletas de solos em profundidade de 0 a 20 cm de profundidade, e encontradas duas classes de solo Latossolo Vermelho e Gleissolo Háplico. Para quantificar os teores de manganês disponível foi empregada a extração ácida das amostras de solos com HCl 0,1 mol L-1. O teor médio de manganês para o Gleissolo Háplico foi de 128,7 mg kg-1, e para o Latossolo Vermelho 326,3 mg kg-1. As diferenças nas concentrações entre as classes de solo sugerem estudos regionalizados e que considerem aspectos geomorfológicos dos solos.
 
Publisher Universidade Federal da Grande Dourados
 
Contributor

 
Date 2018-11-08
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier http://ojs.ufgd.edu.br/index.php/realizacao/article/view/8535
10.30612/re-ufgd.v5i9.8535
 
Source REALIZAÇÃO; v. 5, n. 9 (2018); 21-27
2358-3401
 
Language por
 
Relation http://ojs.ufgd.edu.br/index.php/realizacao/article/view/8535/4667
/*ref*/BARONA, A.; ROMERO, F. Distribution of metals in soils and relationships among fractions by principal component analysis. Soil Technology, Cremlingen, v.8, p.303-319, 1996.
/*ref*/BIONDI, C. M.; NASCIMENTO, C. W. A.; NETA, A. B. F.; RIBEIRO, M. R. Teores de Fe, Mn, Zn, Cu, Ni e Co em solos de referência de Pernambuco. Revista Brasileira de Ciência do Solo , 35:1057-1066, 2011.
/*ref*/BOCARDI, J. M. B.; PLETSCH, A. L.; ROCHA, A. S.; QUINAIA, S. P. Parâmetros físicos e químicos em solos de Unidades de Conservação Florestal da Bacia do Paraná 3, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 11, n. 1, p. 99-113, 2018.
/*ref*/BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente-CONAMA. Resolução Nº 420, de 28 de dezembro de 2009. Dispõe sobre critérios e valores orientadores de qualidade do solo quanto à presença de substâncias químicas e estabelece diretrizes para o gerenciamento ambiental de áreas contaminadas por essas substâncias em decorrência de atividades antrópicas. Disponível em: http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=620 Acesso em : 11 de maio de 2018.
/*ref*/BURT, R., WILSON, M.A.; MAYS, M. D.; LEE, C. W. Major and trace elements of selected pedons in the USA. Journal of Environmental Quality. V. 32, p. 2109-2121, 2003.
/*ref*/COMISSÃO DE FERTILIDADE DO SOLO - CFSRS/SC. Manual de adubação e calagem para os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 10. ed. Porto Alegre, SBCS - NRS/UFRGS, 2004. 400p.
/*ref*/Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro, Embrapa Solos, 2006. 306p.
/*ref*/FADIGAS, F.S.; SOBRINHO, N.M.B.A.; MAZUR, N.; ANJOS, L.H.C. FREIXO, A.A. Concentrações naturais de metais pesados em algumas classes de solos brasileiros. Bragantia, v. 61, p.151-159, 2002.
/*ref*/INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS-IAC. http://www.iac.sp.gov.br/solossp/pdf/Latossolos.pdf . Acessado em 10 de maio de 2018.
/*ref*/FAO. Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura. Ano Internacional dos Solos – fao.org/soils – 2015.
/*ref*/MINEROPAR – MINERAIS DO PARANÁ. Atlas Comentado da Geologia e dos Recursos Minerais do Estado do Paraná. Secretaria da Indústria, do Comércio e do Turismo/MINEROPAR, Curitiba, 2001. 125p.
/*ref*/PELOZATO, M. Valores de referência de cádmio, cobre, manganês e zinco para solos de Santa Catarina. Dissertação (Mestrado) 70 p. – Centro de Ciências Agroveterinárias / UDESC 2008.
/*ref*/TEDESCO, M. J.et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre: UFRGS, 1995. 174p.
 
Rights Direitos autorais 2018 REALIZAÇÃO
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library