A necropolítica da “guerra”: tecnologias de governo, “homicídios” e “tráfico de drogas” na região metropolitana do Rio de Janeiro

Abya-yala: Revista sobre Acesso à Justiça e Direitos nas Américas

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title A necropolítica da “guerra”: tecnologias de governo, “homicídios” e “tráfico de drogas” na região metropolitana do Rio de Janeiro
 
Creator Medeiros, Flavia
 
Subject Antropologia
Necropolítica; Homicidios; Tráfico de Drogas; Muerte
 
Description A partir de uma etnografia sobre técnicas e moralidades na investigação de “homicídios” na região metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil, apresentarei como a gestão e a gerência de mortos vítimas de “mortes matadas” se dá no âmbito de um divisão de homicídios da polícia civil na região metropolitana do Rio de Janeiro. Pela análise dos processos de investigação e tratamento institucional de mortes, pretendo demonstrar como se constroem “homicídios” cujos mortos são vinculados ao comércio varejista de substâncias psicoativas ilícitas, o “tráfico de drogas”. Meu objetivo é demonstrar que tais processos eram orientados por uma tecnologia de governo, gerida pelas técnicas e moralidades do policiais que construíam “homicídios” em documentos investigativos de mortes. Essas eram consideradas resultado de uma “guerra”, na qual eles, policiais civis, se reconheciam como parte.            Na descrição etnográfica, situo sujeitos, coisas e fatos para discutir como esses “homicídios” construídos nas “linhas de investigação” expressavam o exercício de um poder político sobre a morte e os mortos, exercido sob uma forma particular de gestão de corpos, com tecnologias de governo de uma necropolítica, vinculada à submissão de certas vidas aos controles que se manifestam na ausência dos mortos e na presença da morte. 
 
Publisher Abya-yala: Journal on Access to Justice and Rights in the Americas
Abya Yala: revista sobre acesso a la justicia y derechos en las Américas
Abya-yala: Revista sobre Acesso à Justiça e Direitos nas Américas
 
Contributor
 
Date 2018-02-23
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion


Método etnográfico

 
Format application/pdf
 
Identifier http://periodicos.unb.br/index.php/abya/article/view/27905
 
Source Abya-yala: Journal on Access to Justice and Rights in the Americas; v. 1, n. 3 (2017): Justicia, violencia, Legalidades y Poder: Miradas Latinoamericanas Multidisciplinarias
Abya Yala: revista sobre acesso a la justicia y derechos en las Américas; v. 1, n. 3 (2017): Justicia, violencia, Legalidades y Poder: Miradas Latinoamericanas Multidisciplinarias
Abya-yala: Revista sobre Acesso à Justiça e Direitos nas Américas; v. 1, n. 3 (2017): Justicia, violencia, Legalidades y Poder: Miradas Latinoamericanas Multidisciplinarias
2526-6675
 
Language spa
 
Relation http://periodicos.unb.br/index.php/abya/article/view/27905/20444
/*ref*/ALVES, Jaime Amparo. Topografias da violência: necropoder e governamentalidade espacial em São Paulo. Revista do Departamento de Geografia – USP, Volume 22. 2011 - pp. 108-134. BECKER, Howard S. Outsiders. Estudos de sociologia do desvio. Rio de Janeiro: Zahar, (1963) 2008. BOURDIEU, Pierre. A economia de trocas lingüísticas: O que falar quer dizer. São Paulo: EdUSP, 2008. BRASIL. Código Penal. 39. ed. São Paulo: Saraiva, (1940) 2001. EILBAUM, Lucia. "O bairro fala": conflitos, moralidades e justiça no conurbano bonaerense. São Paulo: Editora Hucitec, 2012. EILBAUM, Lucía e MEDEIROS, Flavia. Quando existe ‘violência policial’? Direitos, moralidades e ordem pública no Rio de Janeiro. Revista DILEMAS UFRJ, Volume 8 - no 3. JUL/AGO/SET 2015 - pp. 407-428 . GRAEBER, David. The utopia of rules. On Technology, Stupidity, and the Secret Joys of Bureaucracy. Brooklyn and London: Melville House. 2015 KANT DE LIMA, Roberto. Ensaios de Antropologia e de Direito. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008 ________. Sensibilidades jurídicas, saber e poder: bases culturais de alguns aspectos do direito brasileiro em uma perspectiva comparada. Anuário Antropológico/2009 - no 2. 2010 - pp. 25-51 INGOLD, Tim. Society, Nature and the Concept of Technology. Archaeological Review from Cambridge 9, 1990 - pp. 5-17 MAUSS, Marcel. Les techniques du corps. In: Sociologie et anthropologie. 2d ed. Paris: Presses Universitaires de France, (1936) 1960 - pp. 363-386. MBEMBE, Achille. Necropolitics. Public Culture, Volume 15 - no. 1. 2003 - pp.11-40. MEDEIROS, Flavia. “Matar o morto”: uma etnografia do Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro. Niterói: EdUFF, 2016a. ________. “Linhas de investigação”: uma etnografia das técnicas e moralidades sobre homicídios na Polícia Civil da Região Metropolitana do Rio de Janeiro”. Tese de Doutorado. Niterói: Programa de Pós Graduação em Antropologia, Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, Universidade Federal Fluminense, 2016b. MISSE, Michel; GRILLO, Carolina Christoph; TEIXEIRA, Cesar Pinheiro e NERI, Natasha Elbas. Quando a polícia mata: Homicídios por ‘autos de resistência’ no Rio de Janeiro (2001-2011). Rio de Janeiro: Booklink, 2013 .
/*ref*/PEIRANO, Mariza. De que serve um documento? In: Moacir Palmeira & César Barreira (orgs.). Política no Brasil. Visões de antropólogos. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2006, pp. 13-37.
/*ref*/RODRIGUES, Thiago. Narcotráfico, uma guerra na guerra. 2. ed. São Paulo: Desatino, 2012.
/*ref*/SOUZA LIMA, Antônio Carlos de (org.). Gestar e Gerir: estudos para uma antropologia da administração pública no Brasil. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002.
/*ref*/THACKER, Eugene. Necrologies or the Death of the Body Politic. In: Beyond Biopolitics. CLOUGH and WILSE (orgs). Durham and London: Duke University Press. 2011, pp. 139-162
/*ref*/WEBER, Max. Economy and Society: An Outline of Interpretive Sociology. Edited by Guenther Roth and Claus Wittich. 2. vols. Berkeley: University of California Press, 1978.
 
Rights Direitos autorais 2018 Abya-yala: Revista sobre Acesso à Justiça e Direitos nas Américas
http://creativecommons.org/licenses/by/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library