A pandemia de COVID-19 e os efeitos do discurso obscurantista instaurado nas redes sociais digitais

Ecolinguística: Revista brasileira de ecologia e linguagem

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title A pandemia de COVID-19 e os efeitos do discurso obscurantista instaurado nas redes sociais digitais
 
Creator Nowogrodzki da Silva, Anderson
 
Subject Ecolinguística; Discurso obscurantista; Redes sociais digitais; Pandemia; Fake news.
 
Description O presente artigo tem por objetivo discutir os efeitos da disseminação do discurso obscurantista no Brasil durante a pandemia de COVID-19, além de enfatizar suas implicações e reflexos para o discurso científico e para a sua legitimidade social. Observou-se que as redes sociais digitais (WhatsApp, Facebook, Instagram, Twitter etc.) se tornaram ambientes virtuais em que se proliferam em grande escala e com extrema velocidade enunciados que possibilitam constituir e reafirmar as identidades dos usuários. Tomou forma, desse modo, um sistema em que o que se diz importa menos do que o modo como o dizer reitera a face criada para o usuário. A interação comunicativa virtual pressupõe que se compartilhe com velocidade, já que as informações não cessam em se atualizar, e as redes sociais virtuais propiciam um ambiente confortável para que se leiam apenas textos curtos (sem ser necessário procurar fontes ou fazer uma leitura crítica) e para que se possa compartilhá-los com apenas um toque, que é condicionado pela imagem de si que se busca criar para a audiência invisível com quem se está conectado. Abre-se espaço, assim, para a reprodução massiva de enunciados que não compactuam com fatos (as chamadas Fake News). A democratização dos ambientes virtuais aliada ao cenário político-social instaurado no Brasil em 2020 possibilitou a emergência de um forte negacionismo científico, sustentado pela difusão das Fake News, já que uma série de perspectivas discursivas que permeiam a atualidade se alicerçam na oposição ao discurso científico. Partindo da perspectiva da Linguística Ecossistêmica e da Análise do Discurso Ecossistêmica, propostas por Couto (2013), Couto, Couto & Borges (2015) e Couto & Fernandes (2021), e dos princípios da interação comunicativa virtual proposta por Nowogrodzki da Silva (2018), observa-se que o discurso obscurantista virtual e sua legitimação feita por figuras públicas, tendo por base fake news ou a distorção dos fatos, estabeleceram e disseminaram valores de verdade que se opõem ao que já era tido como axioma pela ciência. Deslegitima-se o discurso científico a fim de exaltar elementos ideológicos que perpassam identidades, como o conservadorismo, a moralidade cristã, a ideologia neoliberal, o nacionalismo e a idolatria da força militar na condução do Estado. Para clarificar essas relações, analisam-se enunciados compartilhados via redes sociais digitais diversas que reproduzam o discurso obscurantista, buscando entender o impacto que causam nos diversos âmbitos da sociedade durante um momento calamitoso, como a pandemia de COVID-19, no Brasil.
 
Publisher Programa de Pós-Graduação em Linguística (UnB-PPGL)
 
Date 2021-08-17
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
 
Format application/pdf
 
Identifier https://periodicos.unb.br/index.php/erbel/article/view/39371
 
Source Ecolinguística: Revista brasileira de ecologia e linguagem (ECO-REBEL); Vol. 7 No. 2 (2021); 46-65
Ecolinguística: Revista brasileira de ecologia e linguagem (ECO-REBEL); v. 7 n. 2 (2021); 46-65
2447-7052
 
Language por
 
Relation https://periodicos.unb.br/index.php/erbel/article/view/39371/30641
 
Rights http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library