Valores Pessoais no Consumo de Cafés em Cápsula

CBR - Consumer Behavior Review

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Valores Pessoais no Consumo de Cafés em Cápsula
 
Creator Teodoro, Alberdan José da Silva
da Silva, Marcos Giovane
Vilas Boas, Luiz Henrique de Barros
Castro, Álvaro Leonel de Oliveira
 
Subject Administração; Marketing; Comportamento do Consumidor
Consumidor; Valores pessoais; Projetivas; Laddering; Café.
 
Description A pesquisa buscou identificar os valores pessoais que orientam o comportamento dos consumidores de cafés em cápsulas, e discuti-los sob às perspectivas da teoria de valores pessoais. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, a qual utilizou-se das técnicas projetivas, conclusão de frase e foto-elicitação, em conjunto à técnica de entrevista em profundidade Laddering. Para análise dos dados e resultados, foi utilizado o software LadderUX. Os resultados identificaram os valores: benevolência de cuidado, autodireção por ação, realização, segurança pessoal e hedonismo; como relevantes diante do consumo de café em cápsulas. Ademais, o uso das técnicas projetivas e a Laddering foram eficazes para identificar os atributos considerados positivos pelos consumidores. A contribuição teórica se refere a combinação entre as teorias cadeia meios-fim e valores pessoais. Metodologicamente, a contribuição se refere a combinação entre as técnicas projetivas e a técnica Laddering. Quanto as implicações gerenciais, o estudo fornece orientações para a construção de estratégias de marketing para a comercialização do produto. E, socialmente, identificou-se a busca dos consumidores em atender estágios finais de existência por meio do consumo, por consequência, os relacionamentos com a marca a fim de usufruir e atender seus valores e crenças.
 
Publisher Universidade Federal de Pernambuco
 
Contributor Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - FAPEMIG
 
Date 2021-05-01
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Artigo Avaliado pelos Pares
Pesquisa Qualitativa
 
Format application/pdf
 
Identifier https://periodicos.ufpe.br/revistas/cbr/article/view/249263
10.51359/2526-7884.2021.249263
 
Source CBR - Consumer Behavior Review; v. 5, n. 2 (2021): maio-agosto; 288-306
2526-7884
 
Language por
 
Relation https://periodicos.ufpe.br/revistas/cbr/article/view/249263/38220
/*ref*/Associação Brasileira da Industria de Café [ABIC]. (2019). Cápsula/Histórico. Recuperado em 10 de dezembro de <http://abic.com.br/certificacao/capsula/historico/>. Associação Brasileira da Industria de Café [ABIC]. Euromonitor Consulting. (2015). Tendências do mercado de cafés em 2017. Encafé, 1-42. Recuperado em 10 dezembro de <https://www.abic.com.br/wp-content/uploads/2020/01/Euromonitor_Coffe-Market-Trends-in-Brazil_-Encafe.pdf>. Associação Brasileira da Industria de Café [ABIC] (2017). Euromonitor Consulting. Tendências do mercado de cafés em 2017. Encafé, São Paulo, p. 1-42, novembro de 2017. Recuperado em: <https://www.abic.com.br/wp-content/uploads/2020/01/Euromonitor_Coffe-Market-Trends-in-Brazil_-Encafe.pdf>. Almeida, S. O., Brasil, V. S., Espartel, L. B., & Callegaro, F. (2015). Limites Éticos e Contribuições para a Sociedade: uma análise das implicações da aproximação entre neurociência e comportamento do consumidor. Revista Economia & Gestão, 11(40), 87-116. Brümmer, N., & Zander, K. (2020). Drivers of organic food choice in Germany—the case of young adults. Organic Agriculture, 10(1), 57-64. Cardoso Sobrinho, C. A. C., Vilas Boas, L. H. de B., Martins, A., & Coelho, G. (2010). Uma comparação entre as técnicas hard e soft laddering aplicadas à percepção de valor de acadêmicos de administração em relação a uma instituição de ensino superior na cidade de Rio Verde-GO. Innovation & Management Review, 7(4), 113-136. Castro, Á. L. de O., Vilas Boas, L. H. de B., & Tonelli, D. F. (2018). Valores Pessoais, Cadeia Meios-Fim, Identidade e Comportamento de Consumo em Alimentos: Uma Revisão Bibliométrica. Revista Brasileira de Marketing, 17(6), 771-787. Castro, A. L. O., Vilas Boas, L. H. De B., Rezende, D. C., & Pimenta, M. L. (2019). Behind the wine glass: values that guide consumption in Minas Gerais - Brazil. British Food Journal, 121, 2477-2489. Chema, S. K., Marks, L. A., Parcell, J. L., & Bredahl, M. (2006). Marketing biotech soybeans with functional health attributes. Canadian Journal of Agricultural Economics/Revue canadienne d'agroeconomie, 54(4), 685-703. Conceição, J. C. P. R. da., Ellery Junior, R. G. de., & Conceição, P. H. Z. da. (2017). Cadeia agroindustrial do café no Brasil: uma análise do período recente. Radar, 53, 25-29. Donoghue, S. (2000). Projective techniques in consumer research. Journal of Consumer Sciences, 28, 47-53. Eccles, J. S., & Wigfield, A. (2002). Motivational beliefs, values, and goals. Annual Review of Psychology, 53(1), 109-132. Gallotti, M. E. R., Pereira, E., Pinheiro, V., Paulino, S., Peralta, P., & Câmara, V. B. (2017). Cápsula de café: uma análise com base em teoria da inovação buscando agregar valor à balança comercial brasileira. Cadernos de Prospecção, 10(2), 137. Gandia, R. M., Sugano, J. Y., Vilas Boas, L. H. de B., & Mesquita, D. L. (2018). Beverage capsule consumption: A laddering study. British Food Journal, 120(6), 1250-1263. Guerra, I. C. (2006). Pesquisa qualitativa e análise de conteúdo: sentidos e formas de uso. Estoril: Principia. Guimarães, E. R. (2016). Terceira onda do café – base conceitual e aplicações. Dissertação de mestrado em Administração, Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG, Brasil. Guimarães, E. R., Leme, P. H. M. V., Rezende, D. C. de., Pereira, S. P., & Santos, A. C. dos. (2019). The brand new Brazilian specialty coffee market. Journal of Food Products Marketing, 25(1), 49-71. Gutman, J. (1982). A means-end chain model based on consumer categorization processes. Journal of marketing, 46(2), 60-72. Ha, J., & Jang, S. C. (2013). Attributes, consequences, and consumer values: A means-end chain approach across restaurant segments. International Journal of Contemporary Hospitality Management, 25, 383-409. Ikeda, A. A., Campomar, M. C., & Chamie, B. C. (2014). Laddering: revelando a coleta e interpretação dos dados. Revista Brasileira de Marketing, 13(4), 49-66. Janghorban, R., Roudsari, R. L., & Taghipour, A. (2014). Skype interviewing: The new generation of online synchronous interview in qualitative research. International Journal of Qualitative Studies on Health and Well-being, 9(1), 24152. Kahle, L. R., Poulos, B., & Sukhdial, A. (1988). Changes in social values in the United States during the past decade. Journal of Advertising Research, 28, 35-41. Krishna, A. (2012). An integrative review of sensory marketing: Engaging the senses to affect perception, judgment and behavior. Journal of Consumer Psychology, 22(3), 332-351. Lang, M. & Lemmerer, A. (2018). How and why restaurant patrons value locally sourced foods and ingredients. International Journal of Hospitality Management, 77, 76-88. Lee, J., Sneddon, J., Daly, T., Schwartz, S., Soutar, G., & Louviere, J. (2019). Testing and extending Schwartz refined value theory using a best–worst scaling approach. Assessment, 26(2), 166-180. Maxim, R., Magun, V., & Schwartz, S. (2018). Relations among higher order values around the world. Journal of Cross-Cultural Psychology, 49(8), 1165-1182. Maximino, R. C. (2018). Limiares sensoriais para concentração de café conilon (Coffea canephora) no café arábica (Coffea arabica), perfil sensorial pela análise tempo - intensidade e percepção dos consumidores em relação à bebida. Dissertação de mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre, ES, Brasil. Mello, V., G., Franco, J. O. B., & Pépece, O. M. C. (2020). Abandono de Consumo: Mudanças nos significados de consumo de café na onda dos cafés especiais. Consumer Behavior Review, 4(3), 245-260. Oliveira, T. M. V. de., & Ikeda, A. A. (2004). Usos e limitações do método laddering. RAM. Revista de Administração Mackenzie, 5(1), 198-222. Pimenta, M. L., Piato, E.L., Vilas Boas, L. H. De B., & Moriguchi, S. N. (2012). Flavor and wellbeing: relationship between product's attributes and consumers personal values of regional coffee brands. Brazilian Business Review, 9(3), 119-140. Rokeach, M. (1973). The nature of human values. Free: New York. Rokeach, M. (1989). Stability and Change in American Value Priorities, 1968-1981. American Psychologist, 44(5), 775-784. Reynolds, T. J., & Gutman, J. (1988). Laddering theory, method, analysis, and interpretation. Journal of Advertising Research, 28(1), 11-31. Samoggia, A., & Riedel, B. (2018). Coffee consumption and purchasing behavior review: Insights for further research. Appetite, 129, 70-81. Schwartz S. H. (1992). Universals in the content and structure of values: Theory and empirical tests in 20 countries. Adcances in Experimentel Social Ppsychology, 25(1), 25-65. Schwartz, S. H. (2017). The refined theory of basic values. Values and Behavior, pp. 51-72. Schwartz, S. H., & Butenko, T. (2014). Values and behavior: validating the refined value theory in Russia. European Journal of Social Psychology, 44(7), 799-813. Schwartz, S. H., Cieciuch, J., Vecchione, M., Davidov, E., Fischer, R., Beierlein, C., Ramos, A., Verkasalo, M., Lonnqvist, J. E., Demirutku, K., Dirilen-Gumus, O., & Konty, M. (2012). Refining the theory of basic individual values. Journal of Personality and Social Psychology, 103(4), 663-668. Silva, M. S. M. da. (2017). O valor-gradiente em marcas de café – midiatização da cultura e do desejo a partir de Nespresso e Starbucks. Tese de doutorado em Estudo dos Meios e da Produção Mediática, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil. Solomon, M. R. (2016). O Comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. (11a ed.). Porto Alegre: Bookman Editora. Sresnewsky, K. B. G. B., Veloso, A. R., Ikeda, A. A., & Rocha, R. R. (2018). The use of Photo-elicitation in marketing research. Revista Brasileira de Marketing, 17(6), 839-848. Vilas Boas, L. H. de B. (2005). Comportamento do consumidor de produtos orgânicos – uma análise na perspectiva da Teoria da Cadeia de Meios e Fins. Tese de doutorado em Administração, Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG, Brasil. Vilas Boas, L. H. de B., Sette, R. de Souza, & Brito, M. J. de. (2006). Comportamento do consumidor de produtos orgânicos: uma aplicação da teoria da cadeia de meios e fins. Organizações Rurais & Agroindustriais, 8(1), 25-39. Vinuto, J. (2014). A amostragem em bola de neve na pesquisa qualitativa: um debate em aberto. Temáticas, 22(44), 203-220. Walker, B. A., & Olson, J. C. (1991). Means-end chains: Connecting products with self. Journal of Business Research, 22(2), 111-118.
 
Rights Direitos autorais 2021 CBR - Consumer Behavior Review
http://creativecommons.org/licenses/by/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library