Pandemic and pandemonium: an analysis on the displacements of false information in Covid-19 times

Ámbitos. Revista Internacional de Comunicación

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Pandemic and pandemonium: an analysis on the displacements of false information in Covid-19 times
A pandemia e o pandemônio: uma análise sobre os desdobramentos de informações falsas em tempos de Covid-19
A pandemia e o pandemônio: uma análise sobre os desdobramentos de informações falsas em tempos de Covid-19
 
Creator Cordeiro Manfrin, Bianca
Mastella, Veronice
 
Subject disinformation
disinfodemic
Covid-19
journalistic ethics
desinformação
desinfodemia
Covid-19
deontologia jornalística
Desinfodemia
Covid-19
Deontologia Jornalística
Educação Midiática
 
Description This article discuss the communicational fragility in the era of disinformation in a humanitarian crisis, in this case, the global pandemic of Covid-19. The study was developed through news content analysis that reports the circulation of untrue or manipulated information about the coronavirus and that caused negative developments in the period from March to December 2020. For that, communicational concepts, deontological principles, contexts and social reflections are approached to better understand the problem. The analysis carried out in this study focused on three specific episodes: (1) the death of more than 700 people in Iran from drinking adulterated alcohol due to the rumor that the substance was the cure for the Covid-19; (2) the increase in cases of ingestion and intoxication by cleaning products in the USA after President Donald Trump suggested that the possible substances be a possible treatment for coronavirus; (3) and the omission of data on SARS-CoV-2 by China at the beginning of the pandemic. Both episodes served to illustrate the dangers of disinformation, the types of disinformation that exist and the long-term damage that false information can cause. With this, the study reinforces the importance of the verified information, as well as the relevance of journalism in the current times and, thus, it intends to contribute to its re-signification.
Keywords: Disinfodemic. Covid-19. Journalistic Ethics. Media Education
O presente artigo discute a fragilidade comunicacional na era da desinformação em uma crise humanitária, neste caso, a pandemia global da Covid-19. O estudo foi desenvolvido por meio de análise de conteúdo de notícias que relatam a circulação de informações inverídicas ou manipuladas sobre o coronavírus e que causaram desdobramentos negativos no período de março a dezembro de 2020. Para tanto, foram abordados conceitos comunicacionais, princípios deontológicos, contextos e reflexões sociais para melhor compreensão da problemática. A análise realizada neste estudo centrou-se em três episódios específicos: (1) a morte de mais de 700 pessoas no Irã por ingestão de álcool adulterado em decorrência do boato que a substância era a cura para a Covid-19; (2) o aumento de casos de ingestão e intoxicação por produtos de limpeza nos EUA após o presidente Donald Trump sugerir que as substâncias poderiam ser um possível tratamento para o coronavírus; (3) e a omissão de dados sobre o SARS-CoV-2 pela China no início da pandemia. Ambos os episódios serviram para ilustrar os perigos da desinformação, os tipos de desinformação existentes e a produção de danos a longo prazo que uma informação falsa pode causar. Com isso, o estudo reforça a importância de informações verificadas, bem como a pertinência do jornalismo nos tempos atuais e, assim, tem como pretensão contribuir para sua ressignificação.
Palabras chave: Desinfodemia. COVID-19. Ética Periodística. Educación en Medios.
O presente artigo tem como objetivo discutir a fragilidade comunicacional na era da desinformação em uma crise humanitária, no caso, a pandemia global de Covid-19. Uma reflexão e desenvolvimento a partir da análise sobre três episódios de circulação de conteúdo falso e / ou manipulado, seus desdobramentos durante uma pandemia e a importância da informação verificada para auxiliar ou combater a propagação de vírus. Portanto, são abordados conceitos de comunicação, princípios deontológicos, contextos e reflexões sociais para a compreensão do problema. A análise realizada neste estudo centrou-se em três exemplos: o pompa de que o consumo de álcool adulterado foi uma cura para a Covid-19 que levou mais de 700 pessoas à morte em nenhum momento; o aumento nos casos nos Estados Unidos de ingestão e intoxicação por produtos de limpeza doméstica após as sugestões de Trump sobre as substâncias que podem ser possíveis para o tratamento do coronavírus; A omissão de dados sobre o SARS-CoV-2 na China não deu início à pandemia. Ambos os episódios servirão de base para a divulgação de perigos de desinformação, tipos existentes de desinformação e reprodução de danos de longo prazo que informações falsas podem causar. Com isso, ou estudo busca reforçar a importância da educação para a mídia, voltada para a capacitação cívica, construção do pensamento crítico e promoção da cidadania, bem como, pela relevância do jornalismo, também contribuímos para a sua ressignificação. A omissão de dados sobre o SARS-CoV-2 na China não deu início à pandemia. Ambos os episódios servirão de base para a divulgação de perigos de desinformação, tipos existentes de desinformação e reprodução de danos de longo prazo que informações falsas podem causar. Com isso, ou estudo busca reforçar a importância da educação para a mídia, voltada para a capacitação cívica, construção do pensamento crítico e promoção da cidadania, bem como, pela relevância do jornalismo, também contribuímos para a sua ressignificação. A omissão de dados sobre o SARS-CoV-2 na China não deu início à pandemia. Ambos os episódios servirão de base para a divulgação de perigos de desinformação, tipos existentes de desinformação e reprodução de danos de longo prazo que informações falsas podem causar. Com isso, ou estudo busca reforçar a importância da educação para a mídia, voltada para a capacitação cívica, construção do pensamento crítico e promoção da cidadania, bem como, pela relevância do jornalismo, também contribuímos para a sua ressignificação.
Palavras-Chave: Desinfodemia. Covid-19. Deontologia jornalística. Educação midiática.                                       
 
Publisher Editorial Universidad de Sevilla (España)
 
Date 2021-04-15
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
 
Format application/pdf
 
Identifier https://revistascientificas.us.es/index.php/Ambitos/article/view/14930
10.12795/Ambitos.2021.i52.04
 
Source Ámbitos. Revista Internacional de Comunicación; No. 52 (2021): Spring Edition; 52-70
Ámbitos. Revista Internacional de Comunicación; Núm. 52 (2021): Edición Primavera; 52-70
1988-5733
1139-1979
10.12795/10.12795/Ambitos.2021.i52
 
Language spa
 
Relation https://revistascientificas.us.es/index.php/Ambitos/article/view/14930/13802
 
Rights Derechos de autor 2021 Ámbitos. Revista Internacional de Comunicación
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library