Análise da Intenção de uso de Fintechs a partir da Adaptação do Modelo UTAUT2

CBR - Consumer Behavior Review

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Análise da Intenção de uso de Fintechs a partir da Adaptação do Modelo UTAUT2
 
Creator Batista, Karen
Araújo, Marley Rosana Melo de
Lima, Lucas Gabriel Bezerra
Martins, Ingrid de Matos
 
Subject Comportamento do Consumidor
Fintechs; Intenção de Uso; Regressão Múltipla.
 
Description Esse estudo teve como objetivo analisar a intenção de uso de fintechs por meio de variáveis propostas por Venkatesh, Tong e Xu (2012) e Slade et al. (2015). Para tanto, foi realizado um survey, com uma amostra não probabilística de 106 respondentes. Os dados foram analisados por meio de testes como correlação de Pearson e Spearman, teste T e regressão múltipla padrão, no software SPSS, versão 20. Como resultados, apenas a expectativa de desempenho, valor de preço e hábito afetaram a intenção de uso de fintech. Desse modo, cabe às empresas de fintech investir no aprimoramento das suas funcionalidades, a fim de aumentar a expectativa de desempenho, melhorar o custo-benefício e influenciar hábito de utilizar fintech, investindo em ações de marketing, dando incentivos aos consumidores e gerenciando o seu relacionamento com esses.
 
Publisher Universidade Federal de Pernambuco
 
Contributor CAPES
 
Date 2021-01-01
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Artigo Avaliado pelos Pares
Pesquisa quantitativa
 
Format application/pdf
 
Identifier https://periodicos.ufpe.br/revistas/cbr/article/view/245815
10.51359/2526-7884.2021.245815
 
Source CBR - Consumer Behavior Review; v. 5, n. 1 (2021): janeiro-abril; 77-88
2526-7884
 
Language por
 
Relation https://periodicos.ufpe.br/revistas/cbr/article/view/245815/37454
/*ref*/Araujo, M. V. (2018). Investimento em tecnologia nas instituições financeiras e a influência das fintechs. Dissertação (Mestrado em Economia) – Fundação Getúlio Vargas – FGV. Arner, D. W., Barberis, J., & Buckley, R. P. (2015). The evolution of Fintech: A new post-crisis paradigm. Geo. J. Int'l L., 47, 1271. Banco Mundial (2018). Financial inclusion on the rise, but gaps remain. Recuperado de: https://www.worldbank.org/en/news/press-release/2018/04/19/financial-inclusion-on-the-rise-but-gaps-remain-global-findex-database-shows. Baganzi, R., & Lau, A. K. (2017). Examining trust and risk in mobile money acceptance in Uganda. Sustainability, 9(12), 2233. Ciab Febraban (2017). Bancos x Fintechs ou Bancos e Fintechs? Recuperado de: http://www.ciab.org.br/publicacoes/edicao/66/bancos-x-fintechs-ou-bancos-e-fintechs Cernev, A. K. (2010). Mobile banking no brasil: Eventos Críticos, Trajetória e Cenários Esperados, São Paulo-SP. Chihimi, K. A. (2018). Fintech & The Banking Industry: Disruption or Evolution?. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão Internacional) – Fundação Getúlio Vargas – FGV, São Paulo. Conexão Fintech (2017). O que é Fintech? Recuperado de: http://conexaofintech.com.br/fintech/o-que-e-fintech/ Davis, F. D. (1989). Perceived usefulness, perceived ease of use, and user acceptance of information technology. MIS quarterly, 319-340. Ferreira, C. A., Junior, P. S. P., Silva, S. W., & Portugal, N. S. (2017). Novas evoluções do mercado de crédito: Uma análise sobre as Fintechs. Anais do VI SINGEP, São Paulo – SP. Finnovation (2018). O que é Fintech. Recuperado de: http://finnovation.com.br/ Guidi, C. E. G. (2018). Análise da segmentação aplicada à aquisição de clientes no setor de crédito pessoal. Dissertação (Mestrado em Gestão para a Competitividade) – Fundação Getúlio Vargas – FGV. Likert, R. (1932). A technique for the measurement of attitudes. Archives of psychology. Lisboa, E., & Mendonça, A. V. B. F. (2017). As vantagens e desvantagens de ser um clientr Nubank. XXVIII ENANGRAD. Brasília. Marcon, R. (2018). O centro de serviços compartilhados na instituição financeira digital: Uma análise das fintechs e do impacto nas atuais estruturas de bankoffice. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Negócios) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS. Ministério da Fazenda (2016). Cartilha de promoção à concorrência. 2016. Recuperado de: http://www.fazenda.gov.br/centrais-de-conteudos/publicacoes/cartilhas/arquivos/cartilha-promocao-a-concorrencia.pdf Miranda, M. B. (2011). O Monopólio e o Oligopólio. Revista Virtual Direito Brasil. V. 5 – nº 2, 2011. Narteh, B., Mahmoud, M. A., & Amoh, S. (2017). Customer behavioural intentions towards mobile money services adoption in Ghana. The Service Industries Journal, 37(7-8), 426-447. Osei-Assibey, E. (2015). What drives behavioral intention of mobile money adoption? The case of ancient susu saving operations in Ghana. International Journal of Social Economics. Rodrigues, L. A. (2012). Tecnologia voltada para o cliente. Revista CIAB FEBRABAN. Sanches, C., Meireles, M., & Sordi, J. O. (2011). Análise Qualitativa Por Meio da Lógica Paraconsistente: Método de Interpretação e Síntese de Informação obtida Por Escalas Likert. Anais do III Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade, João Pessoa-PB. Senyo, P. K., & Osabutey, E. L. (2020). Unearthing antecedents to financial inclusion through FinTech innovations. Technovation, 98, 102155. Slade, E. L., Dwivedi, Y. K., Piercy, N. C., & Williams, M. D. (2015). Modeling consumers’ adoption intentions of remote mobile payments in the United Kingdom: extending UTAUT with innovativeness, risk, and trust. Psychology & Marketing, 32(8), 860-873. Venkatesh, V., Thong, J. Y., & Xu, X. (2012). Consumer acceptance and use of information technology: extending the unified theory of acceptance and use of technology. MIS quarterly, 157-178. Zeltser, T., Maçada, A., & Mallmann, G. (2017). Efeitos da Qualidade da Informação e da Qualidade do Serviço da Informação no Uso de Serviços de Fintech. SEMEAD XX-Anais.
 
Rights Direitos autorais 2021 CBR - Consumer Behavior Review
http://creativecommons.org/licenses/by/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library