Geopoética do Semiárido brasileiro: a Estação Ecológica do Raso da Catarina em Arquitetura & Canção

Desenvolvimento e Meio Ambiente

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Geopoética do Semiárido brasileiro: a Estação Ecológica do Raso da Catarina em Arquitetura & Canção
Geopoethics of the Brazilian Semiarid: The “Raso da Catarina” Ecological Station in Architecture & Song
 
Creator Carvalho, Francisco Fernando Livino de
Ponciano, Luiza Corral Martins de Oliveira
 
Subject Relações entre sociedade e natureza
geopoética; interpretação ambiental; arquitetura; unidades de conservação

geopoetics; environmental interpretation; architecture; protected areas
 
Description A Geopoética oferece uma abordagem de construção do conhecimento que é ao mesmo tempo científica, filosófica e poética, sendo um campo pertinente para alicerçar novos produtos interpretativos para as unidades de conservação (UC) federais. O estudo preliminar para uma base de apoio à pesquisa na Estação Ecológica do Raso da Catarina (região de Paulo Afonso-BA) ilustra uma postura projetual que se contrapõe à corriqueira tendência arquitetônica de implantação de edificações, que buscam se configurar como uma “marca” na paisagem. Ao contrário, agindo geopoeticamente, desejamos que a edificação venha a se materializar como uma “eclosão” das forças expressivas da Natureza daquele lugar, da paisagem que a receberá, concebendo uma edificação o mais possível integrada ao local. Tal eclosão Geopoética vai além e entrelaça a Arquitetura com poemas e canções, por serem linguagens que se complementam e se retroalimentam na tradução das paisagens do semiárido brasileiro, com o intuito de promover um encantamento social pelas nossas áreas protegidas. Fazer da Arte uma ferramenta de gestão ambiental e estruturar a promoção do encantamento como uma política pública são os caminhos sugeridos aqui para se reconciliar a sociedade contemporânea com os ambientes naturais. 
Geopoetics offers a scientific, philosophical and poetic unified approach to knowledge construction, being a pertinent field to support new interpretative products for federal protected areas (UC) in Brazil. The preliminary study for a research base in the “Raso da Catarina” Ecological Station (Paulo Afonso - BA region) illustrates a design stance that opposes the current architectural trend that leads to the implantation of buildings which seeks to configure themselves as a “brand” in the landscape. On the contrary, acting geopoetically, we want to materialize the building as an “outbreak” of the expressive forces of Nature in that place, the landscape that will receive it, conceiving a building integrated with the place as much as possible . Such a Geopoetics outbreak goes beyond and interweaves Architecture with poems and songs, as languages that complement and nurture themselves as translations of the Brazilian semiarid landscapes, with the aim of promoting a social enchantment for our protected areas. Making Art an environmental management tool and structuring the promotion of enchantment as a public policy are ways suggested here to reconcile contemporary society with the natural environments.
 
Publisher UFPR
 
Contributor Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio

 
Date 2020-12-17
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion



Pesquisa interdisciplinar
 
Format application/pdf
 
Identifier https://revistas.ufpr.br/made/article/view/73073
10.5380/dma.v55i0.73073
 
Source Desenvolvimento e Meio Ambiente; v. 55 (2020)
Desenvolvimento e Meio Ambiente; v. 55 (2020)
2176-9109
1518-952X
10.5380/dma.v55i0
 
Language por
 
Relation https://revistas.ufpr.br/made/article/view/73073/42404
 
Rights Direitos autorais 2020 Desenvolvimento e Meio Ambiente
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library