Distance teacher education (EAD) and specific learning disorder with impaired reading, dyslexia

EaD & Tecnologias Digitais na Educação

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Distance teacher education (EAD) and specific learning disorder with impaired reading, dyslexia
Formação de professores a distância (EAD) e o transtorno específico da aprendizagem com prejuízo na leitura, a dislexia
 
Creator Santos, Elisiana Pain dos
Gubert, Antonio
Pereira, Cristina Folster
 
Subject Dyslexia. Learning. Distance education.
Dislexia. Aprendizagem. Educação a distância.
 
Description Dyslexia began to be discussed in education recently and according to the Brazilian Association of Dyslexia (2019) about 15% of students in the period of literacy problems and impaired reading, diagnostic diagnosis. The teacher is the first professional to identify reading and writing difficulties, as he is responsible for the literacy process. For this reason, there is a need to train qualified teachers to observe the difficulties and be able to devise strategies to reduce them. The research subjects were 11 academics who completed a distance pedagogy course, who freely answered an online questionnaire through the Google Forms platform. An analysis of the information derived in an exploratory qualitative way, making a parallel between the answers and the materials already published. Thus, we sought to understand the reality of a small sample of the region, not with regard to distance education and knowledge about learning disorders. The results showed that the notes of the pedagogy course address learning disorders, allowing students to get in touch with the theme and prepare for professional performance. Thus, there is a need for specialization courses and continuing education on learning difficulties, so that teachers can obtain more information about and, consequently, develop an assertive work that allows the inclusion of all students.
A dislexia começou a ser discutida na educação recentemente e de acordo com a Associação Brasileira de Dislexia (2019) cerca de 15% dos alunos em período de alfabetização apresentam dificuldades e prejuízos na leitura, recebendo diagnóstico. O professor é o primeiro profissional a identificar dificuldades de leitura e escrita, pois é o responsável pelo processo de alfabetização. Por isso, tem-se a necessidade de formar professores capazes de perceber as dificuldades e conseguir traçar estratégias para diminuí-las. Os sujeitos da pesquisa foram 11 acadêmicos concluintes de um curso de pedagogia a distância, que de livre e espontânea vontade responderam um questionário online através da plataforma Google Forms. A análise das informações obtidas ocorreu de modo qualitativo exploratório, fazendo um paralelo entre as respostas e os materiais já publicados. Sendo assim, buscou-se compreender a realidade de uma pequena amostra da região, no que diz respeito ao ensino EaD e o conhecimento sobre transtornos de aprendizagem. Os resultados demonstraram que as grades do curso de pedagogia abordam os transtornos de aprendizagem, permitindo aos acadêmicos o contato com o tema e a preparação para a atuação profissional. Dessa forma, tem-se a necessidade de cursos de especialização e de formação continuada sobre as dificuldades de aprendizagem, para que os professores possam obter maiores informações sobre e, consequentemente desenvolver um trabalho assertivo e que possibilite a inclusão de todos os educandos.
 
Publisher Editora da UFGD
 
Contributor

 
Date 2020-12-11
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Artigo Avaliado pelos Pares
 
Format application/pdf
 
Identifier https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/ead/article/view/12783
10.30612/eadtde.v8i10.12783
 
Source EaD & Tecnologias Digitais na Educação; v. 8, n. 10 (2020); 5-18
2318-4051
 
Language por
 
Relation https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/ead/article/view/12783/6523
/*ref*/ABD - Associação Brasileira de Dislexia. Informações estatísticas: Disléxicos avaliados na ABD entre os anos de 2013 e 2018. Disponível em: http://www.dislexia.org.br/wpcontent/ uploads/2017/10/Estat%C3%ADsticas-Disl%C3%A9xicos-avaliados-entre-2013- e-2018-ABD.pdf. Acesso em out 2019.
/*ref*/ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância. Censo EAD.BR: relatório analítico da aprendizagem a distância no Brasil 2018. Curitiba: InterSaberes, 2019. Disponível em: http://abed.org.br/arquivos/CENSO_DIGITAL_EAD_2018_PORTUGUES.pdf. Acesso em mar 2020.
/*ref*/AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. DSM-5 Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. Porto Alegre : ARTMED, 2014, 5. ed.
/*ref*/BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei número 9394, 20 de dezembro de 1996. Brasília, Brasil, 1996.
/*ref*/BRASIL. Decreto nº 5.622 de 19 de dezembro de 2005. Brasília, Brasil, 2005.
/*ref*/BRASIL, Presidência da República, Casa Civil, & Subchefia para Assuntos Jurídico. (2013). Lei nº 12.796, de 4 de abril de 2013. Brasília, Brasil, 2013.
/*ref*/DIAS, Cláudia Augusto. GRUPO FOCAL: Técnica de coleta de dados em pesquisas qualitativas. 2000. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/ view/330. Acesso em out 2019.
/*ref*/FAGUNDES, TCPC. Pedagogia: escolha marcada pelo gênero. 2001. Tese de Doutorado. Tese (Doutorado em Educação)–Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia. Salvador. Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/pffe/ publicacao/5331/rdt6_18.pdf. Acesso em jun 2020.
/*ref*/FARRELL, Michael. Dislexia e outras dificuldades de aprendizagem específicas: guia do professor. Porto Alegre: Artmed, 2008.
/*ref*/GATTI, Bernardete Angelina et al. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: UNESCO, 2019.
/*ref*/GATTI, Bernardete A. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP, n. 100, p. 33-46, 2014.Disponível em: http://www.periodicos.usp.br/revusp/article/view/76164. Acesso em mar 2020.
/*ref*/GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.
/*ref*/MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO; INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS – MEC. Censo do professor, 2007: perfil dos docentes de educação básica. Brasília, 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/estudoprofessor. pdf. Acesso em jun 2020.
/*ref*/LAJOLO, Mariana. EAD: Mais de 1,5 milhão estuda a distância no Brasil. Jun. 2018. Disponível em: https://veja.abril.com.br/educacao/ead-15-milhao-de-pessoas-estuda-adistancia- no-brasil/. Acesso em mar 2020.
/*ref*/MOREIRA, Marco Antonio. Teorias da aprendizagem. São Paulo: EPU, 1999.
/*ref*/NUNES, Terezinha; BUARQUE, Lair; BRYANT, Peter. Dificuldades de aprendizagem da leitura: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1997.
/*ref*/PALANGANA, Isilda Campaner. Desenvolvimento e aprendizagem em Piaget e Vygotsky: A relevância do social. 3 ed. São Paulo: Summus, 2001.
/*ref*/SALVARI, Lucia de Fátima Carvalho; DIAS, Cristina Maria de Souza Brito. Os problemas de aprendizagem e o papel da família: uma análise a partir da clínica. Rev. Estudos em Psicologia. Jun - Set. Campinas, 2006.
/*ref*/SARAIVA, Terezinha. Educação a distância no Brasil: lições da história. Em aberto, v. 16, n. 70, 2008.
/*ref*/SILVA, Ana Maria; OLIVEIRA, Marta Regina Furlan de. A relevância da formação continuada do (a) professor (a) de educação infantil para uma prática reflexiva. IN: III Jornada de didática: Desafios para a docência e II Seminário de pesquisa CEMAD, 2014.
/*ref*/TEIXEIRA, Sirlândia Reis de Oliveira; MARTINS, Solange. Dislexia na educação infantil: intervenção com jogos, brinquedos e brincadeiras. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2012.
/*ref*/XENÍCILA, Ana Maria. A psicopedagogia e o fracasso escolar. Rev. ABRAPA. 1. ed. 2019. Disponível em: https://www.abrapabr.org.br/revistas/revista_abrapa_e1.pdf. Acesso em out 2019.
 
Rights Direitos autorais 2020 EaD & Tecnologias Digitais na Educação
https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library