Mental Health First Aid: Contribution of the program to increase mental health literacy in higher education students

Revista Portuguesa de Investigação Comportamental e Social

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Mental Health First Aid: Contribution of the program to increase mental health literacy in higher education students
Primeira Ajuda em Saúde Mental: Contributo do programa para o incremento da literacia em saúde mental dos estudantes do ensino superior
 
Creator Loureiro, Luís Manuel
Rosa, Amorim
Frajuca, Marina
Cunha, Sandrina
Correia, Susana
Morgado, Tânia
Costa, Lúcia
 
Subject Primeira ajuda
Literacia em saúde mental
Depressão
Ensino superior
Estudo quase-experimental
First aid
Mental health literacy
Depression
Higher education
Quasi-experimental study
 
Description Objective: The present study aims to evaluate the contribution in terms of the Mental Health First Aid program's effectiveness in mental health literacy about depression, based on a sample of nursing students when entering and integrating into the course. Method: A pre-experimental design with a single group design, pre- and post-intervention assessment was used. The program lasted one day (9 hours). The study sample consisted of 100 students from the 1st year of the Nursing course (in the integration to the course), having been selected in a simple random way using the software random.org. The average age was 18.54 years (SD = 2.00 years). For data collection, we used the Mental Health Literacy Assessment Questionnaire, applied to depression, the short version of the Beliefs about Mental Illnesses Inventory, and the Personal Stigma Assessment Scale. We calculated summary statistics, McNemar and Student's t-tests for paired groups, and measures of effect size, the g, and d, respectively. Results: An increase in mental health literacy was observed with the recognition of depression and communication strategies for providing first aid (p < .05), specifically in the adequacy and usefulness of valuing symptoms and not expressing judgments, as well as a reduction in stigmatizing attitudes about disorders and patients (p < 0.05). Conclusions: Despite the limitations related to the design used, namely the lack of a control group, the results indicate that the frequency of the program contributes to increase mental health literacy about depression and reduce the stigma associated with mental health problems.
Objetivo: O presente estudo tem como objetivo avaliar o contributo em termos da efetividade do programa de Primeira Ajuda em Saúde Mental na literacia em saúde mental acerca da depressão, a partir de uma amostra de estudantes de Enfermagem aquando do ingresso e integração ao curso. Métodos: Utilizou-se um desenho pré-experimental com grupo único, avaliação pré e pós intervenção. O Programa teve a duração de um dia (9 horas). A amostra do estudo foi constituída por 100 estudantes do 1.º ano do curso de Enfermagem (na integração ao curso), tendo sido selecionados de modo aleatório simples com recurso ao softwarerandom.org. A média das idades foi de 18,54 anos (DP = 2,00 anos). Como instrumentos de colheita de dados foram utilizados o Questionário de Avaliação da Literacia em Saúde Mental, aplicado à depressão, a versão breve do
Inventário de Crenças acerca das Doenças Mentais e a
Escala de Avaliação do Estigma Pessoal. Recorreu-se às estatísticas resumo, aos testes de McNemar e t de Student para grupos emparelhados e, como medidas de tamanho de efeito, o g e o d respetivamente. Resultados: Observou-se com a intervenção um incremento da literacia em saúde mental ao nível do reconhecimento da depressão e estratégias comunicacionais de prestação de primeira ajuda (p < 0,05), especificamente na adequação e utilidade de valorizar sintomas e não expressar julgamentos, assim como uma redução das atitudes estigmatizantes acerca das doenças e doentes (p < 0,05). Conclusões: Apesar das limitações relacionadas com o desenho utilizado, nomeadamente a não existência de grupo de controlo, os resultados indicam que a frequência do programa contribui para aumentar a literacia em saúde mental e reduzir o estigma associado aos problemas de saúde mental.
 
Publisher Instituto Superior Miguel Torga
 
Date 2020-11-29
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
 
Format application/pdf
text/html
text/xml
 
Identifier https://rpics.ismt.pt/index.php/ISMT/article/view/184
10.31211/rpics.2020.6.2.184
 
Source Portuguese Journal of Behavioral and Social Research; Vol. 6 No. 2 (2020): November; 24-38
Revista Portuguesa de Investigação Comportamental e Social; Vol. 6 N.º 2 (2020): Novembro; 24-38
2183-4938
 
Language por
 
Relation https://rpics.ismt.pt/index.php/ISMT/article/view/184/418
https://rpics.ismt.pt/index.php/ISMT/article/view/184/419
https://rpics.ismt.pt/index.php/ISMT/article/view/184/434
 
Rights Direitos de Autor (c) 2020 Luís Manuel Loureiro, Amorim Rosa, Marina Frajuca, Sandrina Cunha, Susana Correia, Tânia Morgado, Lúcia Costa
http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library