BENEFÍCIOS DA ADIÇÃO DA VIRGINIAMICINA AO DESENVOLVIMENTO DE PEIXES DE CULTIVO E AO MEIO AMBIENTE: UMA REVISÃO

Revista Ciência e Saúde Animal

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title BENEFÍCIOS DA ADIÇÃO DA VIRGINIAMICINA AO DESENVOLVIMENTO DE PEIXES DE CULTIVO E AO MEIO AMBIENTE: UMA REVISÃO
 
Creator Dantas Filho, Jerônimo Vieira
Cavali, Jucilene
Nóbrega, Beatriz Andrade
Porto, Marlos Oliveira
 
Subject Ciências Agrárias; Aquicultura
Antibiótico;Arapaima gigas; Piscicultura; Fisiologia de peixes
Piscicultura
 
Description O objetivo com esse trabalho é discutir sobre os benefícios ao desenvolvimento e melhoria do sistema fisiológico de peixes com a inclusão de virginiamicina na dieta, mais especificamente o pirarucu Arapaima gigas (Schinz, 1822), não potencializando a toxicidade ao ecossistema aquático. O manuscrito de revisão bibliográfica aborda os temas: Potencial Emprego da Virginiamicina na Piscicultura, Relevância Socioeconômica e Ambiental, O pirarucu, (Arapaima gigas) e sua produção em Rondônia, Variáveis Hematológicas e Fisiológicas em Resposta ao Estresse de Cultivo e o Efeito da Virginiamicina na Fisiologia dos Peixes. A virginiamicina pode ser recomendada para piscicultura, sobretudo na engorda do pirarucu, por contribuir com a eficiência produtiva e sustentabilidade do sistema de cultivo. E também, quando o aditivo supracitado é administrado com responsabilidade não produz resíduos ao ecossistema aquático, porque é metabolizado pelos peixes, bem como não tem potencial mutagênico e tampouco genotóxico.Sugere-se pesquisas sobre avaliações do uso do aditivo nas fases mais jovens do pirarucu e sob administração mais prolongada para espécies carnívoras, assim como via outros métodos ou veículos de inclusão do aditivo.________________________________________________________Abstract: The aim of this paper is to discuss the benefits to the development and improvement of the physiological system of fish with the inclusion of virginiamycin in the diet, more specifically the Arapaima gigas pirarucu (Schinz, 1822), not enhancing the toxicity to the aquatic ecosystem. The bibliographic review manuscript addresses the themes: Potential Use of Virginiamycin in Fish Farming, Socioeconomic and Environmental Relevance, Pirarucu, (Arapaima gigas) and its Production in Rondonia, Hematological and Physiological Variables in Response to Cultivation Stress and the Effect of Virginiamycin on Fish Physiology. Virginiamycin can be recommended for fish farming, especially in the fattening of pirarucu, as it contributes to the productive efficiency and sustainability of the cultivation system. Also, when the aforementioned additive is administered responsibly, it does not produce residues to the aquatic ecosystem, because it is metabolized by the fish, as well as it has no mutagenic or genotoxic potential. and under longer administration to carnivorous species, as well as via other methods or vehicles of inclusion of the additive. DOI: https://doi.org/10.6084/m9.figshare.11691417.v1 
 
Publisher Centro Universitário ICESP
 
Contributor
 
Date 2020-01-09
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier http://revistas.icesp.br/index.php/CSA/article/view/928
 
Source Revista Ciência e Saúde Animal; v. 2, n. 1 (2020): Métodos contraceptivos em cadelas
2675-0422
 
Language por
 
Relation http://revistas.icesp.br/index.php/CSA/article/view/928/669
 
Rights Direitos autorais 2020 Revista Ciência e Saúde Animal
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library