“Ainda somos olhados de lado”: experiências de integração e discriminação de estudantes brasileiros/as em portugal

Laplage em Revista [Laplage in Review]

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title “Ainda somos olhados de lado”: experiências de integração e discriminação de estudantes brasileiros/as em portugal
 
Creator Santos, Hugo Miguel Ramos dos
 
Subject Educação
Ensino superior. Mobilidade internacional. Discriminação. Brasil. Portugal.
Educação superior
 
Description Num contexto global contemporâneo, marcado pelo aumento da mobilidade e migração, o número de estudantes de mobilidade internacional nas universidades em Portugal não tem parado de aumentar, em particular, de estudantes brasileiros/as. Contudo, ainda é escassa o conhecimento sobre as suas experiências no Ensino Superior em Portugal. Com recurso metodológico a 12 entrevistas a estudantes brasileiros/as de mobilidade (Mestrado e Doutoramento), com diferentes idades e em distintas Faculdades portuguesas, explora-se as diferentes experiências de acolhimento, integração e discriminação. Os resultados indicam que, se por um lado, a sua estadia tende a ser considerada positiva, contribuindo para a sua experiência formativa e intercultural, por outro lado, não deixam de ser contados episódios velados de discriminação, sendo especialmente problemático a questionabilidade do estatuto epistémico dos seus saberes.
 
Publisher UFSCAR - Campus Sorocaba
 
Contributor
 
Date 2020-02-22
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion


 
Format application/pdf
 
Identifier http://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/722
10.24115/S2446-6220202061722p.75-90
 
Source Laplage em Revista; v. 6, n. 1 (2020): JAN./APRIL - EDUCAÇÃO SUPERIOR E DIVERSIDADES: CONTEXTOS NO BRASIL E EM PORTUGAL; p.75-90
2446-6220
10.24115/S2446-6220202061
 
Language por
 
Relation http://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/722/1021
/*ref*/AMADO, J.; FERREIRA, S. A entrevista na investigação em educação. In: AMADO, J. (Coord.). Manual de investigação qualitativa em educação. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2014. p. 207-232. BOURDIEU, P. Compreender. In: BOURDIEU, P. (Coord.). A miséria do mundo. Petropólis: Editora Vozes, 1997. p. 693-732. BOURDIEU, P. Para uma Sociologia da Ciência. Lisboa: Edições 70, 2001. BRAUN, V.; CLARKE, V. Using thematic analysis in Psychology. Qualitative Research in Psychology, v. 3, n. 2, 2006. p. 77-10. Disponível em: https://psycnet.apa.org/record/2006-06991-002. Acesso em: 10. out. 2019. BRITO da SILVA, S. S.; SCHILTZ, A. A relação entre os imigrantes brasileiros e os portugueses – a construção de imagens recíprocas. In: MALHEIROS, J. (Coord.). A imigração brasileira em Portugal. Lisboa: Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, p. 155-170, 2007. FONSECA, M. L.; ESTEVES, A.; IORIO, J. Mobilidade internacional de estudantes do ensino superior. Os alunos universitários brasileiros em Portugal. In: PEIXOTO, J.; PADILLA, B.; MARQUES, J. C.; GÓIS, P. (Eds.). Vagas atlânticas. Migrações entre Brasil e Portugal no início do século XXI. Lisboa: Editora Mundos Sociais, 2015. p. 135-157. Disponível em: http://www.mundossociais.com/temps/livros/06_16_15_30_vagasatlanticasfftindiceintroducao.pdf. Acesso em: 10. out. 2019. FONSECA, M. L.; PEREIRA, S.; IORIO, J. C. International mobility of brazilian students to Portugal: the role of the brazilian government and university strategies in Portugal. In: DOMÍNGUEZ-MUJICA, J. (Eds.). Human mobility: An issue of multidisciplinary research. Springer, 2016. p. 265-284. Disponível em: https://link.springer.com/chapter/10.1007/978-981-10-0050-8_14. Acesso em: 10. out. 2019. FRANÇA, T.; ALVES, E.; PADILLA, B. Portuguese policies fostering international student mobility: a colonial legacy or a new strategy? Globalisation, Societies and Education, 2018. p. 1-14. Disponível em: https://repositorio.ul.pt/handle/10451/38943. Acesso em: 10. out. 2019. FRANÇA, T.; PADILLA, B. Epistemologias feministas e mobilidade científica: contribuições para o debate. Configurações, 12, 2013. p. 1-13. Disponível em: https://journals.openedition.org/configuracoes/2203. Acesso em: 10. out. 2019. FRANÇA, T.; PADILLA, B. Imigração brasileira para Portugal: entre o surgimento e a construção midiática de uma nova vaga. Cadernos de Estudos Sociais, v. 33, n., 2, 2018. p. 1-30. Disponível em: https://periodicos.fundaj.gov.br/CAD/article/view/1773. Acesso em: 10. out. 2019. IORIO, J.; FONSECA, M. L. Estudantes brasileiros no Ensino Superior português: construção do projeto migratório e intenções de mobilidade futura. Finisterra, LIII, 109, 2018. p. 3‑20. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/finisterra/article/view/14556. Acesso em: 10. out. 2019. MACHADO, I. Reflexões sobre as identidades brasileiras em Portugal. In: MALHEIROS, J. (Coord.), A imigração brasileira em Portugal. Lisboa: Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, 2007, p. 1711-189. Disponível em: https://www.om.acm.gov.pt/documents/58428/179693/1_ImigrBrasileira.pdf/7d926056-f322-427a-8393-73fb1848da37. Acesso em: 20. fev. 2020. MENEZES, I.; COELHO, M.; AMORIM, J. P., GOMES, I., Pais, S. C.; COIMBRA, J. L. Inovação e compromisso social universitário: A universidade "e o chão que ela pisa". In: VILLA SÁNCHEZ, A. (Eds.). Tendencias actuales de las transformaciones de las universidades en una nueva sociedad digital. Vigo: Foro Internacional de Innovación Universitaria. 2018. p. 395-407. NADA, C. I.; ARAÚJO, H. C. When you welcome students without borders, you need a mentality without borders: Internationalisation of higher education: Evidence from Portugal. Studies in Higher Education. 2018. p. 1-14. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/03075079.2018.1458219. Acesso em: 10. out. 2019. OECD. International Migration Outlook: Paris: OECD Publishing, 2013. Disponível em: https://www.oecd-ilibrary.org/social-issues-migration-health/international-migration-outlook-2013_migr_outlook-2013-en. Acesso em: 10. out. 2019. PADILLA, B. A imigrante brasileira em Portugal: considerando o género na análise. In: MALHEIROS, Jorge (Coord.), A imigração brasileira em Portugal. Lisboa: Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, 2007, p. 113-134. Disponível em: https://www.om.acm.gov.pt/documents/58428/179693/1_ImigrBrasileira.pdf/7d926056-f322-427a-8393-73fb1848da37. Acesso em: 10. out. 2019. PADILLA, B. Migraciones y cambios: trayectorias, identidades y transformaciones de inmigrantes brasileños en Portugal. Revista PerCursos. Florianópolis, v. 15, n. 28, 2014. p. 06-41. Disponível em: http://www.periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724215282014006/3119. Acesso em: 10. out. 2019. PADILLA, B.; FRANÇA, T. Mobilidade científica e imigração qualificada: situando o debate. In: Forum Sociológico, vol. 27, 2015. Disponível em: http://sociologico.revues.org/1323 2015. Acesso em: 23 mai. 2019. PEREIRA, M. do M. Activismo na "academia sem paredes": (Im)possibilidades de intervenção política em tempos de performatividade e precariedade. LES: Journal of Lesbian Issues, v. 3, n. 1, 2011. p. 3-13. Disponível em: http://eprints.whiterose.ac.uk/43437/2/Pereira%2C2011-LES.pdf. Acesso em: 10. out. 2019. PEREIRA, M. do M. Power, knowledge and feminist scholarship. An ethnographic of academia. London, & New York: Routledge, 2015. SANTOS, B. S. Epistemologias do Sul. Coimbra: Coleção CES, 2009. SANTOS, H.; SILVA, S. M. da; MACEDO, E.; MENEZES, I. Diversidade sexual no discurso de professores: os perigos liberais da hiper-humanização, privatização e heteronormalização. In: MACEDO, E.; MENEZES, I. (Eds.). Currículo, política e cultura: Conversas entre Brasil e Portugal. Curitiba: Editora CRV, 2019. p. 269-288. SOUZA, E. J.; IORIO, J. A construção midiática do “eldorado” lusitano a partir dos novos fluxos migratórios de brasileiros para Portugal. Século XXI: Revista de Ciências Sociais, v.8, no 1, 2018. p.312-340. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/seculoxxi/article/view/35676.. Acesso em: 10. out. 2019. STOER, S.; MAGALHÃES, A. «A diferença somos nós». A gestão da mudança social e as políticas educativas e sociais. Porto: Edições Afrontamento, 2005.
/*ref*/TONIN, E. C.; AMORIM, J. P.; MENEZES, I. Os candidatos adultos não tradicionais - “maiores de 23” - e a equidade de acesso à educação superior em Portugal. Revista Brasileira de Ensino Superior, v.2, no3, 2016. p. 18-30. Disponível em: https://seer.imed.edu.br/index.php/REBES/article/view/1425/996. Acesso em: 10. out. 2019. TORRES, F. P. Vivências no ensino superior: a experiência da mentoria na FPCEUP. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação) – Universidade do Porto, Portugal, 2016. Disponível em: https://sigarra.up.pt/flup/pt/pub_geral.pub_view?pi_pub_base_id=170292&pi_pub_r1_id=. Acesso em: 10. out. 2019.
 
Coverage Portugal. Europa
Século XXI

 
Rights Direitos autorais 2020 Laplage em Revista
https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library