A educação ambiental no Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins

Revista Sítio Novo

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title A educação ambiental no Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins
 
Creator Moreira, Lucas Lima
Maia, Ana Carolina Resende
 
Description O objetivo deste trabalho foi avaliar e discutir as práticas de Educação Ambiental (EA) aplicadas pelo Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins (Monaf). A coleta e análise dos dados foram realizadas a partir do Plano de Manejo, assim como do relato do Supervisor do Monaf obtido em uma visita à sua sede, orientadas pelas hipóteses e referências teóricas. O Monaf possui em seu Plano de Manejo um Subprograma de EA (SEA) que prevê a realização de diversas atividades, com requisitos e prioridades, para o alcance de resultados e objetivos. O foco principal do Monaf quanto à EA tem sido a comunidade de produtores rurais inseridos no interior da Unidade. Entre as atividades contínuas realizadas pelo Monumento e que promovem a EA, destacam-se as visitas guiadas e as rondas de monitoramento, pois tornam o Monaf conhecido e reduzem práticas ilícitas. Por falta de apoio e parcerias, algumas das atividades acontecem pontualmente, a exemplo da capacitação dos professores locais, e devido à carência de infraestrutura, o Monaf tem realizado poucos eventos em sua sede, mas procura participar dos realizados pela comunidade e escolas, utilizando dos espaços e ocasiões para ministrar palestras, por exemplo. Concluiu-se que a EA exercida pelo Monaf segue uma tendência conservacionista e tem se concentrado na sensibilização dos seus usuários, visando principalmente minimizar os impactos gerados pelo conflito de interesses e atividades no seu interior e entorno. A falta de recursos humanos e financeiros tem proporcionado um alcance tímido e parcial dos objetivos e resultados do SEA.Palavras-chave: Meio ambiente. Plano de manejo. Sustentabilidade. Unidades de conservação.
 
Publisher Revista Sítio Novo
 
Contributor Hermísio Alecrim Aires, Naturatins
 
Date 2020-01-06
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/366
 
Source Revista Sítio Novo; v. 4, n. 1: jan./mar. 2020; 217-231
2594-7036
 
Language por
 
Relation http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/366/129
http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/downloadSuppFile/366/250
/*ref*/ARAUJO, A. N. Educação Ambiental e Interdisciplinaridade: Um Olhar sobre as Escolas de Planaltina-DF. Monografia. Orientador: Philippe Pomier Layrargues. Faculdade UnB Planaltina, Universidade de Brasília. Brasília – DF, 2014.
/*ref*/BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.
/*ref*/BIANCONI, M. L.; CARUSO, F. Educação não formal. Cienc. Cult., São Paulo, v. 57, n. 4, Oct./Dec. 2005. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?pid=S000967252005000400013&script=sci_arttext. Acesso em: 01 mai. 19.
/*ref*/BRASIL. Lei nº 9795 (1999). Política Nacional de Educação Ambiental. Brasília, DF: Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9795.htm. Acesso em: 30 mar. 2019.
/*ref*/BRASIL. Lei 9.985, de 18 de julho de 2000. Sistema Nacional de Unidades de Conservação. Brasília, Disponível em: http://www.planalto.gov.br/CCivil_03/LEIS/L998 5.htm. Acesso em: 03 abr. 2019.
/*ref*/CAPRETZ, R.; ROHN, R. Lower Permian stems as fluvial paleocurrent indicators of the Parnaíba Basin, northern Brazil. Journal Of South American Earth Sciences, [s.l.], v. 45, p.69-82, ago. 2013.
/*ref*/COSTANTIN, A. M. Análise da influência do Monumento Natural das Arvores Fossilizadas do Tocantins (MNAFTO) sobre a população local. 2017. Monografia (Doutorado) – Curso de Ambiente e Desenvolvimento, Universidade do Vale do Taquari - Univates, Lajeado, 29 jun. 2017. Disponível em: http://hdl.handle.net/10737/1725. Acesso em: 04 jun. 2019.
/*ref*/DIAS-BRITO, D.; ROHN; R.; CASTRO, J.C.; DIAS, R.R. & RÖSSLER, R. Floresta Petrificada do Tocantins Setentrional - O mais Exuberante e importante registro Florístico Tropical-Subtropical Permiano no Hemisfério Sul. In: Winge,M.; Schobbenhaus, C.; Berbert-Born, M.; Queiroz, E.T.; Campos, D.A.; Souza, C.R.G.; Fernandes, A.C.S. (Eds.) Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil. 2007. Disponível em: http://sigep.cprm.gov.br/sitio104/sitio104.pdf. Acesso em: 04 jun. 2019.
/*ref*/IBAMA (Ed.). Educação Ambiental: As Grandes Diretrizes da Conferência de Tbilisi. Brasília: Ibama, 1997. 154 p. Disponível em: https://www.ibama.gov.br/sophia/cnia/livros/educacaoambientalasgrandesdiretrizesdaconferenciadetblisidigital.pdf. Acesso em: 29 mar. 2019.
/*ref*/JACOBI, P. Educação Ambiental, Cidadania e Sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 118, p.189-205, mar. 2003. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/533. Acesso em: 09 abr. 2019.
/*ref*/KRIPKA, R. M. L.; SCHELLER, M.; BONOTTO, D. de L. La investigación documental sobre la investigación cualitativa: conceptos y caracterización. Revista de Investigaciones Unad, [s.l.], v. 14, n. 2, p.55-73, 24 nov. 2015.
/*ref*/MACHADO, C. A.; SOUZA, B. P. de. Potencial paisagístico na unidade de conservação Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins (Monaf), Município de Filadélfia (TO). Caminhos de Geografia, [s.l.], v. 19, n. 68, p.250-265, 19 dez. 2018.
/*ref*/MENDES, L.; NUNES, D. de F.; PIRES, E. F. Avaliação do conhecimento paleontológico com intervenção em escolas de ensino médio: um estudo de caso no Estado do Tocantins. Holos, [s.l.], v. 8, p.384-396, 13 jan. 2016.
/*ref*/MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE (Org.). Recomendações de Tbilisi. Disponível em: http://www.mma.gov.br/informma/item/8065-recomenda%C3%A7%C3%B5es-de-tbilisi. Acesso em: 30 mar. 2019.
/*ref*/MONAF (Naturatins). Sistema de Gestão de Unidades de Conservação do Tocantins (Gesto). Tocantins, 2019. Software web.
/*ref*/MONAF (Naturatins). [Sem título]. 2015. 4 fotografias.
/*ref*/MONAF (Naturatins). Mapa de localização do Monumento Natural das Árvores Fossilizadas. Palmas, 2017. 1 mapa. Escala 1:950.000.
/*ref*/NEREGATO, R. Esfenóitas do monumento natural das árvores fossilizadas do Tocantins, Bacia do Parnaíba (Permiano, Brasil). 2012. 189 f. Tese - (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro, 2012. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/102860. Acesso em: 04 jun. 2019
/*ref*/NEVE, N. M. et al. Educação Ambiental em Unidades de Conservação em Alegre-ES. Revista Práxis, [s.l.], v. 7, n. 13, p.33-46, 26 fev. 2016. http://dx.doi.org/10.25119/praxis-7-13-689.
/*ref*/OLIVEIRA, M. P. Análise dos métodos de sensibilização dos programas de educação ambiental de três unidades de conservação do Distrito Federal. Dissertação de Mestrado em Engenharia Florestal, Publicação PPG EFL.DM-269/2016, Departamento de Engenharia Florestal, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 99 p, 2016.
/*ref*/QUEIROZ, E. D. de; GUIMARÃES, M. O trabalho de campo em unidades de conservação como ambiente educativo e estratégia pedagógica fundamental para uma formação diferenciada em educação ambiental. Revista de Políticas Públicas, [s.l.], v. 20, p.421-425, 9 jan. 2017.
/*ref*/RAYNAUT, C.; ZANONI, M.; LANA, P. da C. O desenvolvimento sustentável regional: o que proteger? Quem desenvolver?. Desenvolvimento e Meio Ambiente, [s.l.], v. 47, p.275-289, 26 out. 2018.
/*ref*/RODRIGUES, L.; CAMPANHÃO, L. M. B.; BERNARDI, Y. R. Tendências político-pedagógicas de educação ambiental em unidades de conservação: o caso dos parques estaduais de São Paulo. Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, v. 13, n. 1, p.192-212, 2018.
/*ref*/RÖSSLER, R. Two remarkable Permian petrified forests: correlation, comparison and significance. Geological Society, London, Special Publications, [s.l.], v. 265, n. 1, p.39-63, 2006.
/*ref*/SOUZA, W.; AGUIAR, R. G. Propondo novos saberes com a Educação Ambiental no entorno de uma unidade de conservação no sudoeste da Amazônia Ocidental. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROECOLOGIA, 10., 2017, Brasília. Cadernos de Agroecologia - Anais do VI CLAA, X CBA e V SEMDF. Rio de Janeiro: Aba-agroecologia, 2018. v. 13, p. 8 - 14.
/*ref*/TAVARES, T. M. V. et al. Monumento natural das árvores fossilizadas do Tocantins: contribuições e desafios. Desafios - Revista Interdisciplinar da Universidade Federal do Tocantins, [s.l.], v. 3, n. 2, p.51-64, 2016.
/*ref*/TOCANTINS. Naturatins. Secretaria do Planejamento e Meio Ambiente (Org.). Plano de Manejo. Palmas: Consórcio Oikos / Mrs, 2005. Disponível em: http://gesto.to.gov.br/uc/44/zoneamento/. Acesso em: 10 abr. 2019.
/*ref*/TOLEDO, R. F. de; PELICIONI, M. C. F. A educação ambiental nos parques estaduais paulistas no âmbito das recomendações de Tbilisi. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 1, n. 2, p.57-64, 2006.
/*ref*/VALENTI, M. W. et al. Educação ambiental em unidades de conservação: políticas públicas e a prática educativa. Educação em Revista, [s.l.], v. 28, n. 1, p.267-288, mar. 2012.
/*ref*/VALENTI, M. W.; IARED, V. G.; OLIVEIRA, H. T. de. Potencial das atividades de uso público do Núcleo Picinguaba do Parque Estadual da Serra do Mar (SP) para uma educação ambiental crítica. Ciência & Educação (bauru), [s.l.], v. 21, n. 3, p.709-724, set. 2015.
 
Rights Direitos autorais 2020 Revista Sítio Novo
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library