Atividades do docente a partir da análise de Planos Individuais de Trabalho

Revista Sítio Novo

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Atividades do docente a partir da análise de Planos Individuais de Trabalho
 
Creator Coutinho, Franciane Silva
Oliveira, Brasilina Elisete Reis de
Coutinho, Flaviane Silva
Campos, Luan Moreira
 
Description O Plano Individual Docente passa a ser um instrumento de auxílio obrigatório na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica no controle do desempenho das atividades relativas ao ensino, à pesquisa aplicada, à extensão e à gestão e representação institucional. Dada a limitação da carga horária semanal, o trabalho objetiva identificar a distribuição das atividades dos docentes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Em relação ao método, a pesquisa é quanti-qualitativa, descritiva e utilizou-se de estudo de caso e análise documental. Identificou-se como resultado que as atividades de ensino tiveram grande representatividade no trabalho, seguida da gestão e representação institucional; posteriormente, pesquisa e inovação, e extensão. A qualificação e/ou capacitação foram pouco referenciadas. Dos 120 Planos analisados, 78,33% apresentaram carga horária compatível com o regime de trabalho. A carga horária foi inferior em 7,50% dos planos e superior em 14,17%. O estudo comprovou a indissociabilidade das atividades; no entanto, a análise da distribuição da carga horária entre os docentes torna-se de fundamental importância para se ter planos individuais com atividades mais uniformes dentro dos departamentos.Palavras-chave: Atividade de ensino. Educação profissional e tecnológica. Extensão. Gestão e representação institucional. Pesquisa.
 
Publisher Revista Sítio Novo
 
Contributor
 
Date 2020-01-06
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/311
 
Source Revista Sítio Novo; v. 4, n. 1: jan./mar. 2020; 62-76
2594-7036
 
Language por
 
Relation http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/311/116
http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/downloadSuppFile/311/208
/*ref*/BRASIL. Portaria no 17, de 11 de maio de 2016. Estabelece as diretrizes gerais para a regulamentação das atividades docentes, no âmbito da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 91, p. 50-51, 13 mai. 2016.
/*ref*/CARLOTTO, M. S.; CÂMARA, S. G. Preditores da Síndrome de Burnout em professores. Psicol. Esc. Educ. [online], v.11, n. 1, p. 101-110, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pee/v11n1/v11n1a10.pdf>. Acesso em: 9 jun. 2018.
/*ref*/CARLOTTO, M. S.; PALAZZO, L. dos S. Síndrome de burnout e fatores associados: um estudo epidemiológico com professores. Cad. Saúde Pública [online], v. 22, n. 5, p. 1017-1026, 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csp/v22n5/14.pdf>. Acesso em: 9 jun. 2018.
/*ref*/CASTRO, L. M. C. A universidade, a extensão universitária e a produção de conhecimentos emancipadores. Reunião Anual da ANPEd, 27, Caxambu, 2004. Disponível em: <http://www.anped.org.br/sites/default/files/t1111.pdf>. Acesso em: 12 jun. 2018.
/*ref*/CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R. da. Metodologia científica. 6 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.
/*ref*/CRUZ, R. M. et al. Saúde docente, condições e carga de trabalho. Revista Electrónica de Investigación y Docencia (REID), p. 147-160, 4 jul. 2010. Disponível em: <http://www.ujaen.es/revista/reid/revista/n4/REID4art8.pdf>. Acesso em: 9 jun. 2018.
/*ref*/IF SUDESTE MG – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Resolução CONSU nº 13, de 25 de abril de 2017. Disponível em: <https://www.riopomba.ifsudestemg.edu.br/portal/sites/default/files/arq_paginas/2018-04-12_14-39-16_RESOLUCAO%20CONSU%20N%2013-2017%20-%20Plano%20de%20Trabalho%20Docente.PDF>. Acesso em: 9 jun. 2018.
/*ref*/MALHOTRA, N. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.
/*ref*/MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2011.
/*ref*/MICHEL, M. H. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.
/*ref*/MOITA, F. M. G. da S. C.; ANDRADE, F. C. B. de. Ensino-pesquisa-extensão: um exercício de indissociabilidade na pós-graduação. Revista Brasileira de Educação, v. 14, n. 41, p. 269-393, mai./ago. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n41/v14n41a06.pdf>. Acesso em: 12 jun. 2018.
/*ref*/SANTIAGO, R. V. O trabalho docente no Ensino Básico, Técnico e Tecnológico: o caso do IF Sudeste MG – Campus Rio Pomba. 2015. 179f. Dissertação do Programa de Pós-Graduação em Educação – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2015.
/*ref*/SAVIANI, D. Escola e democracia. São Paulo: Cortez, Autores Associados, 1985. In: Filosofia da educação brasileira. MENDES, D. T. Tendências e correntes da educação no Brasil. 3. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, p. 19-47, 1987.
/*ref*/SCREMIN, G.; ISAIA, S. M. de A. Docência no ensino superior: o papel dos docentes nos cursos de licenciatura. In: XI CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (EDUCERE), 2013, Curitiba. Anais eletrônicos [...]. Curitiba: Pontifícia Universidade Católica do Paraná, 2013. p. 9564- 9577. Disponível em: <https://educere.bruc.com.br/CD2013/pdf/7953_4501.pdf>. Acesso em: 9 jun. 2018.
 
Rights Direitos autorais 2020 Revista Sítio Novo
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library