Gestão curricular baseada em resultados e standards e seus efeitos na avaliação institucional

Laplage em Revista [Laplage in Review]

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Gestão curricular baseada em resultados e standards e seus efeitos na avaliação institucional
 
Creator Maia, Ila Beatriz
Pacheco, José Augusto
 
Subject Educação
Políticas educativas e curriculares. Políticas de avaliação. Avaliação institucional. Standards. Efeitos.
Gestão Escolar
 
Description Falar de avaliação institucional exige um olhar global, orientado quer pelas políticas educativas e curriculares, com a análise de referenciais e abordagens que dão solidez à argumentação de ideias em torno da gestão do currículo, quer pelas políticas de avaliação, reconhecidas na accountability escolar, na avaliação de escolas, sobretudo na sua componente externa, e nos efeitos que esta tem nas escolas e nos seus atores. Neste artigo, escrito tendo em conta a realidade brasileira e portuguesa, são ainda referenciadas as organizações transnacionais, e sobretudo a noção de competência transdisciplinar, que funciona cada vez mais como standards de aprendizagens básicas, e é apresentada, no âmbito de um projeto de investigação em curso, em Portugal, uma tipologia de efeitos da avaliação externa, cuja análise exige uma abordagem contextual e uma discussão do papel central da autoavaliação.
 
Publisher UFSCAR - Campus Sorocaba
 
Contributor FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto PTDC/CED-EDG/30410/2017 e dos projetos UID/CED/1661/2013 e UID/CED/ 1661/2016 CIEd - Centro de Investigação em Educação, Instituto de Educação, Universidade do Minho.
 
Date 2019-12-20
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion


 
Format application/pdf
 
Identifier http://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/775
10.24115/S2446-622020195especial775p.18-30
 
Source Laplage em Revista; v. 5 (2019): SEPT/DEC (ESPECIAL) - PRÁXIS E ABORDAGENS DE GESTÃO ESCOLAR: PRÁTICAS INCLUSIVAS, PLURAIS E COMPLEXAS; p.18-30
2446-6220
10.24115/S2446-622020195especial
 
Language por
 
Relation http://www.laplageemrevista.ufscar.br/index.php/lpg/article/view/775/1002
/*ref*/ABRANTES, P. (Coord.). Avaliação externa das escolas – proposta de modelo para o 3.º ciclo de avaliação. Lisboa: Ministério da Educação, 2018. BALL, S. Intellectuals or Technicians? The urgent role of theory in educational studies. British Journal of Educational Studies, v.33, p.255-271, 1995. BARREIRA, C.; BIDARRA, M. G.; VAZ-REBELO, M. P. (Orgs.). Estudos sobre avaliação externa de escolas. Porto: Porto Editora, 2016. BONAMINO, A.; SOUSA, S.Z. Três gerações de avaliação da educação básica no Brasil: interfaces com o currículo da/na escola. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.38, n.2, p.373-388, 2012. BRUNER, J. S. Para uma teoria da educação. Lisboa: Relógio D’Água, 1966/1999. CASTELLS, M. A era da informação: economia, sociedade e cultura. Vol I - A sociedade em rede. 3. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2000. CHARLOT, B. Da relação com o saber às práticas educativas. São Paulo: Cortez Editora, 2013. CONSELHO EUROPEU. Para uma Europa da inovação e do conhecimento. Parlamento Europeu, Lisboa, 2000. Disponível em: <http://www.europarl.europa.eu/summits/lis1_pt.htm>. Acesso em 1 nov. 2019 DELORS, J. Educação um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. São Paulo: Cortez Editora, 1998. EHREN, M. C.; VISSCHER, A. J. Towards a theory on the impact of schools inspection. British Journal of Educational Studies, v.54, n.1, p. 51-72, 2006. doi: 10.1111/j.1467-8527.2006.00333.x EUROPEANCOMISSION/EACEA/EURYDICE. Garantia da Qualidade na Educação: Políticas e Abordagens à Avaliação das Escolas na Europa. Luxemburgo: Serviço de Publicações da União Europeia, 2015. FULLAN, Q.; MCEACHEN, J. Deep learning. Engage the world change the world. Thousand Oaks, California: Corwin, 2018. GOODLAD, J. I.; SU, Z. Organization of the Curriculum. In JACKSON, P. (Ed), Handbook of Research on Curriculum. New York: Macmillan Publishing Company, 1992, p. 327-344. GOODSON, I. As políticas de currículo e de escolarização. Petrópolis: Editora Vozes, 2008. GUERREIRO, H.L. A avaliação externa de escolas em Portugal. Da sustentabilidade no presente, aos desafios no futuro. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio Educación, v.13, n.4, p.131-147, 2015. HANBERGER, A. Evaluation in local school governance: a framework for analysis. Education Inquiry, v.7, n.3, p.217-236, 2016. doi: 10.3402/edui.v7.29914 HOLLOWAY, J.; BRASS, J. Making accountable teachers: the terrors and pleasures of performativity. Journal of Education Policy, v.33, n.3, p.61-382, 2018. doi: 10.1080/02680939.2017.1372636 HOPMANN, S. T. No child, no school, no state left behind: schooling in the age of accountability. Journal of Curriculum Studies, v.40, n.4, p.417-456, 2008. doi: 10.1080/00220270801989818 LAPOUJADE, D. William James, a construção da experiência. São Paulo: N-1 edições, 2017. LESSARD, C.; CARPENTIER, A. Políticas educativas. A aplicação na prática. Petrópolis: Editora Vozes, 2016. LEWIS, S. Governing schooling through ‘what works’:the OECD’s PISA for Schools. Journal of Education Policy, v.32, n.3, p.281-302, 2017. doi: 10.1080/02680939.2016.1252855. MAIA, I.B. Globalização e políticas de accountability: um estudo exploratório no contexto da Avaliação Externa das Escolas. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação, área de especialização Desenvolvimento Curricular e Avaliação). Universidade do Minho, Braga, 2019. MAROY, C.; VOISIN, A. As transformações recentes das políticas de accountability na educação: desafios e incidências das ferramentas de ação pública. Educação & Sociedade, v.34, n.124, p.881-901, 2013. MONS, N. Effets théoriques et réels de politiques d’évaluation standardisée. Revue Française de Pédagogie, v.169, p.99-140, 2009. NUSSBAUM, M.C. Sem fins lucrativos. Porque precisa a democracia das humanidades. Lisboa: Edições 70, 2019. OECD. The future of education and skills, Eduaction, 2030. Paris: OECD, 2018. OEI. Programa 2019/20. Madrid: OEI, 2019 PACHECO, J.A. Conhecimento, currículo e educação. Porto: Porto Editora, 2014. PACHECO, J.A. Currículo e gestão escolar no contexto das políticas educacionais. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v.27, n.3, p.377-390, 2011. PACHECO, J.A. Currículo e gestão: perspetivas de integração em tempos de accountability. Revista de Estudos Curriculares, v. 8, n. 1, p. 35-50, 2017. PACHECO, J.A. Para uma teoria curricular de mercado. In PACHECO, J.A.; ROLDÃO, M. C.; ESTRELA, M.T. (Org.), Estudos de currículo, Porto: Porto Editora, 2018, p. 57-88. PACHECO, J.A. Políticas curriculares. Referenciais para análise. Porto Alegre: Artes Médicas. Porto: Porto Editora, 2003. PACHECO, J.A.; SEABRA, F.; MORGADO, J.C. Avaliação externa. Para a referencialização de um quadro teórico sobre o impacto e efeitos nas escolas do ensino não superior. In PACHECO, J.A. (Org.), Avaliação externa de escolas: quadro teórico/conceptual, Porto: Porto Editora, 2014, p. 15-55. PACHECO, J.A; SOUSA, J. O (pós) crítico na desconstrução curricular. Revista Tempos e Espaços em Educação, Sergipe, v.9, n.18, p.65-74, 2016. doi:10.20952/revtee.2016vl9iss17pp 65-74. PENNINCKX, M. Effects and side effects if school inspections: a general framework. Studies in Educational Evaluation, v.52, p.1-11, 2017. doi:10.1016/j.stueduc.2016.06.006 PÉREZ GÓMEZ, A. Educarse en la era digital. Madrid: Morata, 2012. PINAR, W.F. Educational experience as lived: knowledge, history, alterity. The selected works of William F. Pinar. New York: Routledge, 2015. PINAR, W.F. O que é a teoria curricular? Porto: Porto Editora, 2007. RIZVI, F.; LINGARD, B. Políticas educativas en un mundo globalizado. Madrid: Morata, 2013. SANTOS, S.M. Análise comparativa dos processos europeus para a avaliação e cerificação de sistemas internos de garantia da qualidade. Lisboa: A3ES, 2011. SAUNDERS, L. Who or what is school 'Self'-Evaluation for?, School Effectiveness and School Improvement, v.10, n.4, p.414-429, 1999. SETLALENTOA, W.N. School self evaluation: how involved are educators in the process?. International Journal of Educational Sciences, v.7, n.3, p.535.533, 2014. doi: 10.1080/09751122.2014.11890214 SILVA, F.C.; FILHA, C.X. (Orgs.). Conhecimentos em disputa na base nacional curricular comum. Campo Grande: Editora Oeste, 2019. SLOBODIAN, Q. Globalists. The end of empire and the birth of neoliberalism. Cambridge, Massachusetts: Harvard University Press, 2018. SOBRINHO, J.D. Avaliação e transformações da educação superior brasileira (1995-2009): do Provão ao Sinaes. Avaliação, Campinas e Sorocaba, v.15, n.1, p.195-224, 2010. SOBRINHO, J.D. Educação superior, globalização e democratização: o debate ético-político. In LEITE, D. (Org.), Avaliação participativa e qualidade: os atores locais em foco Porto Alegre: Sulina, 2009, p.33-55, 2009. SOUSA, S.Z. Concepções de qualidade da educação básica forjadas por meio de avaliações em larga escala. Avaliação, v.19, n.2, p.407-420, 2014. SUGURE, C. (2016). Curriculum development and school leadership: unattainable responsibility or realistic ambition. In WYSE, D.; HAYWARD, L.; PANDYA, J. (Ed.), The Sage handbook of curriculum, pedagogy and assessment. London: Sage Publications, 2016, p. 997-1104. TAUBMAN, P. Teaching by numbers. New York: Routledge, 2009. TAYLOR, F. The principles of scientific management. New York, 1911. TYLER, R. Basic principles of curriculum and instruction. Chicago: The Chicago Univsersity Press, 1949. YOUNG, M. Overcoming the crisis in curriculum theory. A knowledge-based approach. Journal of Curriculum Studies, v. 45, n. 2, p.101-118, 2013.
 
Coverage Portugal
Século XXI

 
Rights Direitos autorais 2019 Laplage em Revista
https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library