A EDUCAÇÃO DO CAMPO E O FIM DAS POLÍTICAS PÚBLICAS COMO AS CONHECEMOS: questões para reflexões de futuro

ScientiCO : Computer Science and Informatics Journal

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title A EDUCAÇÃO DO CAMPO E O FIM DAS POLÍTICAS PÚBLICAS COMO AS CONHECEMOS: questões para reflexões de futuro
 
Creator Santos, Clarice Aparecida
 
Subject Educação; Políticas Públicas
Educação do campo; Políticas públicas; Empresariamento; Resistência

 
Description O presente ensaio propõe-se a analisar a Educação do Campo no seu triplo signo – Campo – Educação – Políticas Públicas, com ênfase no processo de institucionalização de políticas públicas num contexto histórico de abertura na construção da democracia como regime que institui direitos, em relação ao contexto atual de regressividade nas políticas educacionais. O projeto de empresariamento da educação em todos os níveis impõe um conjunto de medidas visando o encolhimento dos espaços de luta dos/as trabalhadores/as, especialmente dos 3camponeses, indígenas e quilombolas e elimina os mecanismos garantidores das condições de acesso e permanência ao ensino público e gratuito por estas populações. Apresenta ainda um conjunto de questões para reflexão dos/as educadores/as e movimentos sociais populares na perspectiva da resistência ativa e ampliação do espaço público.Palavras-chave: Educação do campo. Políticas públicas. Empresariamento. Resistência.FIELD EDUCATION AND THE END OF PUBLIC POLICIES AS WE KNOW IT: questions for future reflectionsAbstractThis essay proposes to analyze Field Education in its triple sign - Field - Education - Public Policies, with emphasis on the process of institutionalization of public policies in a historical context of openness in the construction of democracy as a regime that establishes rights, in relation to the current context of regressivity in educational policies. The project of entrepreneurship of education at all levels imposes a set of measures aimed at shrinking the spaces of struggle ofworkers, especiallypeasants, indigenous and quilombolas and eliminates the mechanisms guaranteeing the conditions of access andpermanence to public education and free by these populations. It also presents a set of questions for the reflection of educators and popular social movements in the perspective of active resistance and expansion of the public space.Keywords: Field education. Public policies. Entrepreneurship. Resistance.
 
Publisher Universidade Federal do Maranhão
 
Contributor
 
Date 2019-12-23
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion


 
Format application/pdf
 
Identifier http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rppublica/article/view/13068
10.18764/2178-2865.v23n2p501-513
 
Source Revista de Políticas Públicas; v. 23, n. 2 (2019): REFORMAS REGRESSIVAS E POLÍTICAS PÚBLICAS: afirmação do direito à educação como desafio contemporâneo; 501-513
2178-2865
 
Language por
 
Relation http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rppublica/article/view/13068/7219
 
Coverage


 
Rights Direitos autorais 2019 Revista de Políticas Públicas
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library