Clima organizacional no setor público: uma análise na Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins em 2017

Revista Sítio Novo

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Clima organizacional no setor público: uma análise na Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins em 2017
 
Creator Lima, Danielle Félix Delmondes Figueiredo
Silva, Raphael Alves Vieira da
Silva, Gilberto Soares da
 
Description O diagnóstico do clima organizacional é importante para averiguar o nível de favorabilidade do trabalhador em relação ao ambiente organizacional. O presente estudo se faz necessário para mensurar como os servidores percebem sua realidade no ambiente de trabalho e mensurar o grau de satisfação no ambiente público e identificar os pontos críticos apontados por eles, abrindo espaço para que a instituição promova mecanismos de melhorias.  Com base no relatório analítico e técnico de pesquisa do clima organizacional, foram identificados onze fatores, subdivididos em duas dimensões, a saber: a dimensão organização institucional (carga de trabalho, infraestrutura e condições de trabalho, clareza organizacional e padrão de desempenho); e a dimensão psicossocial (liderança, comprometimento organizacional, trabalho em equipe, reconhecimento do mérito, qualificação profissional, comunicação e qualidade de vida). O estudo se deu por meio de pesquisas bibliográficas, documentais e com base em dados secundários originários da pesquisa realizada pela Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins (SEFAZ) em 2017. O tipo de abordagem foi de caráter qualitativo e quantitativo e os dados foram coletados por meio de questionários contendo 49 perguntas de aspectos psicossocial e relativos à dimensão organização institucional, e por meio dos quais foi possível verificar que dos 819 servidores da SEFAZ, 92% são efetivos. Como resultados, foi possível perceber que os pontos mais críticos são: qualidade de vida e qualificação profissional, que atingiram as médias de favorabilidade de 35,40% e 45,14%, respectivamente, abaixo da média considerada aceitável pela SEFAZ, que é superior a 60%. Quanto aos fatores infraestrutura e condições de trabalho e o de comunicação, as médias de favorabilidade foram de 56,16% e 59,40%, respectivamente, considerados como regular.Termos para indexação: Clima organizacional, ambiente de trabalho, gestão pública, satisfação profissional.
 
Publisher Revista Sítio Novo
 
Contributor
 
Date 2018-12-20
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/119
 
Source Revista Sítio Novo; v. 2, n. 2: jul./dez. 2018; 5-25
2594-7036
 
Language por
 
Relation http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/119/78
http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/downloadSuppFile/119/102
 
Rights Direitos autorais 2018 REVISTA SÍTIO NOVO
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library