Physical-chemical and microbiological characterization of hunting meat of birds and reptiles in the province of uige and when cubango

RAC: revista angolana de ciências

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Physical-chemical and microbiological characterization of hunting meat of birds and reptiles in the province of uige and when cubango
Caracterización físico-química y microbiológica de carne de caza de aves y réptiles en las provincia del uíge y cuando-cubango
Caracterização físico-química e microbiológica de carne de caça de aves e répteis nas províncias do Uíge e Cuando–Cubango
 
Creator Mateus, Pedro Nicolau Daniel
 
Subject Meat
hunting
microbiology
chicken d'angola
snake
Carne
caça
microbiologia
galinha d´angola
Jibóia
 
Description The present work dealt with the hunting meat of hen d'angola, partridge and hickory in the provinces of Uíge and Cuando-Cubango. The objectives were to analyze the physical-chemical characteristics, the microbiological analyzes and the commercialization circuit of the game meat of bonnets, partridges and pythons, consumed in Angola. Physicochemical constituents such as fat, proteins, moisture, ash, dry matter and pH were studied as well as microbiological indicators related to Salmonella sp, Total coliforms, Escherichia coli and Staphylococcus aureus. In the collected samples, three samples were analyzed for each species with three replicates and the result was characterized by the fact that the hull meat presented the lowest fat percentage (13.26) and humidity (13.28) (126,55 Kcal), while the partridge in all samples was characterized by a positive test of total coliforms and Escherichia coli, and the majority of game meat consumed in Angola was that of hen d'angola. After analyzing the variance (ANOVA test F), the means were compared and compared by the Turkey HSD test at 5% in the statistical program Excel Supplement, Analysis ToolPak-VBA.
O presente trabalho tratou da carne de caça de galinha d´angola, perdiz e jibóia nas províncias do Uíge e Cuando-Cubango. Os objectivos foram analisar a característica físico-química, as análises microbiológicas e o circuito de comercialização da carne de caça de capotas, perdiz e jibóia, consumida em Angola. Estudou-se constituintes físico-químico como: gordura, proteínas, humidade, cinza, matéria-seca e pH assim como indicadores microbiológicas relacionado à Salmonella sp, Coliformes totais, Escherichia coli e Estafilococus Áureus. Nas amostras colectadas analisou-se três amostras para cada espécie com três repetições e o resultado foi caracterizado pela carne de caça de jibóia apresentar a menor % de gordura (13,26) e humidade (13,28) na galinha d´angola notou-se elevada quantidade de energia (126,55 Kcal) enquanto que a perdiz em todas amostras caracterizou-se com exame positivo de coliformes totais e Escherichia coli e a maior parte de carne de caça consumida em Angola foi a da galinha d´angola. Tendo submetidos a análise de variância (ANOVA teste F) avaliadas as médias e comparadas pelo teste Turkey HSD a 5% no programa estatístico Suplemento do Excel, Analysis ToolPak–VBA.
 
Publisher Associação Multidisciplinar de Investigação Científica
 
Date 2019-06-05
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
 
Format text/html
application/pdf
 
Identifier http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac/article/view/15
 
Source RAC: Angolan Journal of Science; Vol 1 No 1 (2019): Janeiro - Junho; 136-170
RAC: Revista Angolana de Ciencias; Vol. 1 Núm. 1 (2019): Janeiro - Junho; 136-170
RAC: Revista Angolana de Ciências; v. 1 n. 1 (2019): Janeiro - Junho; 136-170
2664-259X
 
Language por
 
Relation http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac/article/view/15/89
http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac/article/view/15/11
http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac/article/view/15/21
http://publicacoes.scientia.co.ao/ojs2/index.php/rac/article/view/15/181
/*ref*/Cristas, A. S. A. (2013). Capacidade de retenção de água e de gordura de diferentes concentrados proteicos usados em produtos cárneos emulsificados. Acedido em Outubro 16, 2013 em https://www.repository.utl.pt/bitstream/10400.5/5322/1/TESE_AnaSofiaCristas.pdf.
/*ref*/Diário da República (2015). Órgão Oficial da República de Angola. I. Série – Nº90 de 18 de Junho de 2015. Decreto Presidencial lei nº 137/15. Programa Dirigida à Produção de Carne Bovina. P 2586
/*ref*/Dias, J. (2012). A importância da actividade da água nos alimentos. Acedido em Novembro 19, 2013 em http://www.hipersuper.pt/2006/12/08/A_import_ncia_da_actividade_da_/.
/*ref*/Dias, J.; Fevereiro, F. M.; Leitao, A.; Vieira, C. M. (2011). Carne. Acedido em Março 19, 2013 em http://sitiodopicapauangolano.wordpress.com/2011/11/21/as-aves-de-angola/.
/*ref*/Digital, L. M. (2009). Benefícios da rã. Acedido em Junho 09,2013 em http://www.ranasul.com.br/beneficios.php.
/*ref*/Diniz, A. C. (2006). Características Mesológicas de Angola. Descrição e caracterização dos solos e da vegetação das zonas agrícolas angolanas. 2ª Edição. Lisboa pp 22-77
/*ref*/Feijó, G.L. D. (1999). Qualidade da carne bovina. Acedido em Outubro 10, 2015 em http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/qualidadecarnebovinawx5eo006u55t1jcnus5.pdf.
/*ref*/FAO (2004). Relatório nacional obre a situação dos recursos zoogenéticos para a alimentação e a agricultura. Acedido em Outubro 24, 2016 em ftp://ftp.fao.org/docrep/fao/011/a1250f/annexes/CountryReports/Angola_P.pdf
/*ref*/Fernandes, R. P. P. (2012). Capacidade de retenção de água em carnes. Acedido em Outubro 16, 2013 em http://www.portaleducacao.com.br/artigos/capacidadederetencaodeaguacraemcarnes
/*ref*/Fogolin, F. (2013). Como identificar carne estragada. Acedido em Novembro 19, 2013 em http://www.ehow.com.br/identificar-carne-estragada-como_15132/.
/*ref*/Galdos, A. (2015). Tecnologia dos Alimentos. Acedido em Dezembro 10, 2015 em http://pt.slideshare.net/dervoz/tecnologia-de-carnes.
/*ref*/Gallo, S. B. (2006). Importância do pH sobre a qualidade da carne. Acedido em Novembro 19, 2013 em http://www.farmpoint.com.br/qualidade/importancia-do-ph-sobre-carne-329n.aspx.
/*ref*/Gonçalves, V. (2015). Criação de jacarés. Acedido Julho 15, 2015 em http://www.novonegocio.com.br/criacoes/criacao-de-jacares-2/.
/*ref*/Guidugli, W. (2013). Carnes exóticas e de caça. Acedido em Janeiro 28, 2014 em http://chefsnainternet.blogspot.com/2013/01/carnede-caca.html.
/*ref*/Hesse, C. (2011). Red-necked Francolin (Francolinus afer). Acedido em Novembro 03, 2015 em http://ibc.lynxeds.com/species/red-necked-francolin-francolinus-afer.
/*ref*/Hoelz, D. (2007). Jiboia. Acedido em Junho 09, 2013 em http://www.zoonit.org.br/ani_rep_jiboia.htm.
/*ref*/Júnior, M. N. S. (2012). Determinação Do Teor De Cinzas. Acedido em Novembro 19, 2013 em http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Determina-Do-Teor-De-Cinzas/612626.html.
/*ref*/LOPES, A. S. (2011). Os répteis de Angola. Acedido em Novembro 19, 2013 emhttp://sitiodopicapauangolano.wordpress.com/2011/12/06/os-repteis-de-angola/.
/*ref*/Meldau, D. C. (2010). Galinha d´angola. Acedido em Maio 14, 2013 em http://www.infoescola.com/aves/galinha-angola/.
/*ref*/Moro, M. E. G.; Ariki, J.; Souza, P. A.; Souza, H. A.; Moraes, V. B.; Vargas, F. C. (2006). Rendimento de carcaça e composição da perdiz nativa (Rhynchotus rufescens). Acedido em Novembro 03, 2015 em http://www.scielo.br/pdf/cr/v36n1/a40v36n1.pdf
/*ref*/Mourão, R. M. F. (2009). Caça de Subsistência. Acedido em Novembro 19, 2013 emhttp://ecobrasil.org.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=340&sid=59.
/*ref*/NBSAP (2006). Estratégia e Plano de Acção Nacionais para a Biodiversidade. Primeiro Relatório Nacional para a Conferência das Partes da Convenção da Diversidade Biológica. Luanda–Angola. Projecto 00011125. Acedido em Maio 14, 2013 em httpwww.cbd.intdocworldaoao-nr-01-pt.pdf.
/*ref*/Nora, V. & Guimarães, C. (2013). A Caça Amadora e a Conservação da Natureza. Acedido em Outubro 30, 2013 em http://www.savageadventures.com.br/article&id=61%3Acaca&catid=48&Itemid=59.
/*ref*/Oliveira, A. (2005). Processamento da carne. Acedido em Outubro 23, 2016 em http://www.industriarural.com.br/processamento-de-carnee-conservacao-da-carne/
/*ref*/Oliveira, F. (2013). Maciez da carne. Acedido em Janeiro 28, 2014 em http://www.ebah.com.br/content/ABAAAe6xsAF/maciez-carne?part=2.
/*ref*/Oliveira, V.; Machinsk, T. G.; Silva, Y. L.; Araújo, J. S.; Schneiders, J. L.(2012). Variabilidade da composição química-física e microbiológica de farinhas de carne. Acedido em Maio 14, 2013 em httpconferencias.utfpr.edu.brocsindex.phpsicite2012paperviewFile35447.
/*ref*/Pacievitch, T. (2013). Jibóia. Acedido em Novembro 17, 2013 em http://www.infoescola.com/repteis/jiboia/.
/*ref*/Pereira, A. S. C. & Lopes, M. R. F. (2008). Atributos da qualidade da carne. Acedido em Novembro 17, 2013 em http://www.beefpoint.com.br/qualidade-da-carne/atributos-de-qualidade-da-carne-43075/.
/*ref*/Pinto, A. A. R. (1983). Ornitologia de Angola. Volume I. lisboa pp 90-131
/*ref*/Pitarello, A. S.; Moreira V. S.; Coalho, M. R. (2012). Principais características físico-químicas da carne de capivara, espécie silvestre com grande potencial de exploração zootécnica. Acedidos em Maio 14, 2013 em httpfio.edu.brcicanais2010_ix_cicpdf09VET31VET.pdf.
/*ref*/Resolução-RDC (2001). Regulamento técnico sobre padrões microbiológicos para alimentos. Resolução-RDC nº 12, de 2 de janeiro. Acedido em Maio 02, 2016 em http://www.abic.com.br//media/CONS_leg_resolucao12-01.pdf
/*ref*/Ribeiro, C. G. (2012). Hábitos e características da galinha d´angola. Acedido Maio 14, 2013 em http://www.cpt.com.br/artigos/habitos-e-caracteristicas-da-galinha-da-angola.
/*ref*/Rocha, A. (2013). Produção de defumados. Acedido em Outubro 23, 2016 em http://www.portalagropecuario.com.br/producao-de-defumados-de-alimentos/
/*ref*/Roça, R. O. (2013). Propriedades da carne. Acedido Novembro 19, 2013 em http://br.docsity.com/pt-docs/ext/Propriedades_da_carne_-Apostilas_-_Veterinaria.
/*ref*/Sakall, S. E. (2003). Zoogeografia: regiões e sua fauna. Acedido em Dezembro 21, 2013 em http://www.girafamania.com.br/girafas/girafas_subs.html.
/*ref*/Sé, F. S. (2013). Propriedades da carne. Acedido Novembro 19, 2013 em http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAx3wAD/propriedades-carne.
/*ref*/Selecta S.A. (2014). Método Kjeldahl. Abrera (Barcelona). Acedido em Dezembro 10, 2015 em http://www.selecta.com/aplicaciones/metodo-kjeldahl/
/*ref*/Silva , C. M. N. (2014). Consumo de proteína de origem animal em comunidades do lago Piratuba - Amapá – Brasil. Acedido em Outubro 23, 2016 em http://www2.unifap.br/cambientais/files/2014/08/consumo-de-prote-de-origem.pdf
/*ref*/Silva, I. (2007). Higiene alimentar. Código de boas práticas. Boas práticas de higiene e boas práticas de fabrico. Saúde Pública. Acedido Outubro 16, 2013 em http://www.saudepublica.web.pt/HigieneAlimentar_BoasPraticas/AnexoMercadorias.htm.
/*ref*/Silva, K.; Almeida, M.; Pacheco, P.; Sussurana, O.; Collares, F. (2004). Zonas Zoogeográficas Mundiais. Acedido em Dezembro 21, 2013 em http://pt.slideshare.net/kelton/zonas-zoogeograficas-mundiais#.
/*ref*/Silva, P.; Monteiro, L.; Bolivar, V.; Layna, J.; Santos, N.; Madeira, C. (2015). Carne de cobra. Acedido em Novembro 12, 2015 em http://www.i-legumes.net/beneficios-saude/beneficios-da-carne-de-cobra/
/*ref*/Silveira, R. & Marioni, B. (2013). Caça, manejo, ciência e cadeia produtiva de jacarés na Amazônia. Acedido em Novembro 07, 2013 em http://www.mendeley.com/ca%C3%A7a-jacar%C3%AAs-na-amaz%C3%B4nia/.
/*ref*/Soares, L. A. S. & Siewerdt, F. (2005). Aves e Ovos. Acedido em Maio 14, 2013 em httpbiblioteca.unibh.brbibliotecavirtual94062.pdf.
/*ref*/Souza, B. C. S.; Santos, G. A.; Campos, R. M. L. (2014) . Carne de jacaré. Acedido em Outubro 23, 2016 em http://www.nutritime.com.br/arquivos_internos/artigos/ARTIGO277.pdf
/*ref*/Tiago T. (2010). Preparo de aves. Acedido em Junho 22, 2015 em http://thiagogastronomia.blogspot.com/2010/04/preparo-de-aves.html
/*ref*/Tonetti, C. R.; Nicoleti, J. F.; Ströher, G. L. (2009). Determinação físico-química da carne de frango. Acedido em Maio 14, 2013 em htmlhttprevistaseletronicas.pucrs.brojsindex.phpfzvaarticleviewFile31165206.
/*ref*/Trinca, C. & Ferrari, S. (2004). Caça em assentamento rural na Amazônia mato-grossense. Acedido em Maio 14, 2013 em htt://pwww.anppas.org.brencontro_anualencontro2GTGT02GTCristiano.pdf.
/*ref*/Varallo, M (2010). Valor nutricional da carne. Acedido em Dezembro 10, 2015 em http://www.sociedadevegana.org/a-carne&catid=18:textosfundamentais&Itemid=15.
/*ref*/Venturini, K. S.; Sarcinelli, M. F.; Silva, L. C. (2007). Características da Carne de Frango. Acedido em Maio 14, 2013 em httpwww.agais.comtelomcb01307_caracteristicas_carnefrango.pdf.
/*ref*/Viega, S. (2013). Como identificar se a carne esta estragada. Acedido em Novembro 19, 2013 em http://comida.umcomo.com.br/identificar-se-a-carne-esta-estragada-48.html.
/*ref*/Vliet, N. V.; Quiceno, M. P; Antia, D. C. Yagüe, B. (2014). Carne de caça e segurança alimentar. Acedido em Outubro 23, 2016 em http://www.cifor.org/publications/pdf_files/Books/BVanVliet1401P.pdf
/*ref*/Xavier, K. (2009). Galinha-d'angola se diferencia de outras aves por ser mais saborosa. Acedido em Maio 14, 2013 em http://www1.folha.uol.com.br/folha/comida/ult10005u552153.shtml.
/*ref*/Zeola, N.M.B.L.; Souza, P.A.; Souza, H.B.A.; Sobrinho, A.G.S.; Barbosa, J.C. (2007). Capacidade de retenção de água e maciez da carne de cordeiro maturada. Acedido em Novembro 19, 2013 em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010209352007000400036&script=sci_arttext
 
Rights Direitos de Autor (c) 2019 Pedro Nicolau Daniel Mateus
https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library