Different patterns of Burnout evidenced in Intensive Care Units in a public hospital / Diferentes padrões de Burnout evidenciados em Unidades de Terapia Intensiva em um hospital público / Diferentes patrones de Burnout evidenciados en Unidades de Terapia Intensiva en un hospital público

Revista de Enfermagem da UFPI

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Different patterns of Burnout evidenced in Intensive Care Units in a public hospital / Diferentes padrões de Burnout evidenciados em Unidades de Terapia Intensiva em um hospital público / Diferentes patrones de Burnout evidenciados en Unidades de Terapia Intensiva en un hospital público
 
Creator Tyll, Milene de Andrade Gouvêa
Nogueira, Maicon de Araujo
Vandenberghe, Luc
 
Description Objetivo: identificar a vulnerabilidade à Síndrome de Burnout e relacionar com o perfil sociodemográfico e a avaliação da situação do trabalho dos profissionais de saúde que atuam em Unidades de Terapia Intensiva.  Metodologia: Estudo prospectivo, transversal, com abordagem quantitativa, que para sua realização foi aplicado dois instrumentos, direcionados aos profissionais de saúde que atuam nas Uti’s adulto, pediátrica, neonatal e coronariana, totalizando uma amostra de 60 indivíduos. Resultados: a maioria (83,3%) eram mulheres, com (53,3%) variando entre uma faixa etária de 34 a 43 anos, (75%) com companheiro e (31,7%) sem filhos. (23,3%) atuam na unidade coronariana, (26,7%) na unidade de terapia intensiva adulto, (26,7%) na neonatal e (23,3%) na pediátrica. O fator desumanização foi estatisticamente significativo, com uma média de 1,45. (13,3%) dos profissionais estudados encontram-se no escore mais Alto para a Síndrome de Burnout, e a cobrança por parte da chefia mostrou-se estatisticamente significativa em relação à Síndrome. Conclusão: há existência de sofrimento no trabalho, favorecendo ao desenvolverem da síndrome de Burnout, porém, ainda é evidenciado um cuidar humanizado. Consideramos relevante uma maior atenção e envolvimento dos gestores para que promovam um programa de atenção à saúde do trabalhador, estimulando a qualidade de vida no trabalho.Descritores: Terapia Intensiva. Estresse Ocupacional. Saúde do Trabalhador. Burnout.
 
Publisher Universidade Federal do Piauí
 
Contributor Não se aplica. Estudo auto financiado.
 
Date 2019-01-09
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/7413
10.26694/2238-7234.7448-55
 
Source Revista de Enfermagem da UFPI; v. 7, n. 4 (2018); 48-55
2238-7234
 
Language por
 
Relation http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/7413/pdf
http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/downloadSuppFile/7413/1689
http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/downloadSuppFile/7413/1690
 
Rights Direitos autorais 2019 Revista de Enfermagem da UFPI
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library