Experience and needs of parents from premature neonates hospitalized in a neonatal intensive care unit / Vivência e necessidade de pais de neonatos prematuros internados em unidade de terapia intensiva neonatal / Vivencia y necesidad de padres de recién-nacidos prematuros hospitalizados en unidad de cuidados intensivos neonatales

Revista de Enfermagem da UFPI

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Experience and needs of parents from premature neonates hospitalized in a neonatal intensive care unit / Vivência e necessidade de pais de neonatos prematuros internados em unidade de terapia intensiva neonatal / Vivencia y necesidad de padres de recién-nacidos prematuros hospitalizados en unidad de cuidados intensivos neonatales
 
Creator da Silva, Patrick Leonardo Nogueira
Barbosa, Shirley Lusmar
da Rocha, Rogério Gonçalves
Ferreira, Tadeu Nunes
 
Description Objetivos: identificar a vivência e necessidade dos pais de neonatos prematuros internados em uma unidade de terapia intensiva neonatal. Metodologia: trata-se de um estudo descritivo, exploratório, qualitativo, realizado com 11 pais de neonatos prematuros internados em um hospital universitário do Estado de Minas Gerais. Utilizou-se uma entrevista semiestruturada na qual os depoimentos foram gravados e transcritos na íntegra para posterior categorização. O tratamento dos dados se deu por meio de Análise de Conteúdo. Aprovado pelo Comitê de Ética, parecer nº 1079635 e CAAE nº 44654615.1.0000.5146. Resultados: a aproximação visual e física auxilia na redução da ansiedade e agonia dos pais por notícias de seus filhos internados de modo a contribuir gradativamente em sua recuperação. A linguagem do profissional ao pai quanto ao quadro clínico e aos procedimentos realizados é tida como acessível na maior parte das vezes. O contato físico é restrito, porém é enfatizada pelos pais a necessidade de pegar e senti-los no colo. Os deslocamentos advindos de barreiras geográficas são descritas pelos pais como um fator dificultador para estar com seus filhos dentro do ambiente hospitalar. Conclusão: evidenciou-se dificuldade dos pais diante da hospitalização dos recém-nascidos prematuros relacionados às restrições físicas, clínicas, materiais e geográficas.Descritores: Recém-Nascido Prematuro. Unidades de Terapia Intensiva Neonatal. Humanização da Assistência. Enfermagem.
 
Publisher Universidade Federal do Piauí
 
Contributor
 
Date 2018-05-13
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/6667
10.26694/2238-7234.7115-19
 
Source Revista de Enfermagem da UFPI; v. 7, n. 1 (2018); 15-19
2238-7234
 
Language por
 
Relation http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/6667/pdf
http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/downloadSuppFile/6667/1455
 
Rights Direitos autorais 2018 Revista de Enfermagem da UFPI
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library