Acesso trans-hepático para hemodiálise: avanço ou retrocesso? / Transhepatic access for hemodialysis: progress or regression?

Revista Ciências em Saúde

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Acesso trans-hepático para hemodiálise: avanço ou retrocesso? / Transhepatic access for hemodialysis: progress or regression?
 
Creator Moreira, Ricardo Wagner da Costa
 
Subject Ciências da Saúde; Hemodiálise
 
Description Em 2014, segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia em seu Inquérito Brasileiro de Diálise Crônica, 112.004 pacientes necessitavam de diálise crônica no país, número que representa um aumento de 20.000 pacientes em relação aos quatro anos anteriores. Desse total de pacientes, 91,4% fazem tratamento por hemodiálise e 8,6% por diálise peritoneal. Outro dado importante é que 29,0% dos pacientes estão em fila de espera por um transplante renal.1Para os pacientes que estão em hemodiálise, esta terapia necessita o acesso ao sistema vascular do paciente. O acesso vascular pode ser através do uso de cateteres venosos ou da criação de uma comunicação entre o sistema arterial e o venoso, nomeadamente a fístula arteriovenosa. No caso da fístula arteriovenosa, uma artéria e uma veia periférica de calibre adequado são escolhidas e uma comunicação entre as duas é criada cirurgicamente. No caso dos cateteres venosos, um cateter é inserido em uma veia de grosso calibre. Posteriormente, através de uma das vias, o sangue venoso é retirado pela máquina de hemodiálise e, após passar por filtração na máquina, é devolvido para a circulação venosa. As veias nas quais de rotina é possível inserir um cateter para hemodiálise são as veias jugulares internas, subclávias e femorais.2
 
Publisher AISI/FMIt/HE
 
Contributor
 
Date 2018-03-14
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion


Editorial
 
Format application/pdf
 
Identifier http://200.216.240.50/rcsfmit/ojs-2.3.3-3/index.php/rcsfmit_zero/article/view/738
10.21876/rcsfmit.v8i1.738
 
Source Revista Ciências em Saúde (Health Sciences Journal); v. 8, n. 1 (2018): Janeiro a Março de 2018; 1-2
REVISTA CIÊNCIAS EM SAÚDE; v. 8, n. 1 (2018): Janeiro a Março de 2018; 1-2
2236-3785
10.21876/rcsfmit.v8i1
 
Language por
 
Relation http://200.216.240.50/rcsfmit/ojs-2.3.3-3/index.php/rcsfmit_zero/article/view/738/412
 
Rights Direitos autorais 2018 REVISTA CIÊNCIAS EM SAÚDE
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library