Anthropometric epidemiological profile and children accompanied by leaders of ministry of child / Perfil antropométrico e epidemiológico das crianças acompanhadas pelos líderes da pastoral da criança / Perfil epidemiológico antropométricas y niños...

Revista de Enfermagem da UFPI

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Anthropometric epidemiological profile and children accompanied by leaders of ministry of child / Perfil antropométrico e epidemiológico das crianças acompanhadas pelos líderes da pastoral da criança / Perfil epidemiológico antropométricas y niños...
 
Creator Teotônio, Rafaela Vieira
Sousa, Luana Savana Nascimento de
Lima, Luisa Helena de Oliveira; Universidade Federal do Piauí
Oliveira, Edina Araújo Rodrigues; Universidade Federal do Piauí
Figueiredo, Iolanda Gonçalves de Alencar; Universidade Federal do Piauí
Cruz, Tereza Maria Gomes Arrais da
 
Subject Desenvolvimento infantil. Epidemiologia. Intervenção.
 
Description Objetivo: Investigar o perfil antropométrico e epidemiológico das crianças acompanhadas pela Pastoral da Criança do município de Santa Cruz do Piauí. Metodologia: Estudo descritivo e transversal, realizado com 126 crianças, cadastradas na Pastoral da Criança, no período de agosto a setembro de 2013. Para a coleta de dados, utilizou-se um formulário estruturado. Resultados: Dos pesquisados, 50% do sexo masculino e 50% do sexo feminino, com faixa etária média de 36 meses, 53,2% eram de cor parda, 48,4% estudavam, e 89,7% foram amamentadas. Perfil antropométrico com peso de 14.733,33g e estatura de 92,37cm. 89,7% com as vacinas em dia. Com relação aos dois últimos meses, 12,7% das crianças apresentaram diarreia e 7,1% ingeriram soro caseiro. Condições socioeconômicas dos pais/responsáveis, com média de 670 reais, 72,2% não trabalhavam, 79,4% casado/união consensual e 33,3% não concluíram ensino fundamental. Quantidade de pessoas por casa, 39,7% habitadas por 4 pessoas, e 8,8% com 7 ou mais pessoas. Quanto aos aspectos culturais 67,5% acreditavam em superstição quando o filho adoecia e 78,6% faziam remédio caseiro. 68,3% classificaram o trabalho da pastoral como, bom e 23,8% muito bom. Conclusão: As atividades desenvolvidas pelos líderes daPastoral da Criança contribuíram significativamente para crescimento saudável das crianças. 
 
Publisher Revista de Enfermagem da UFPI
 
Date 2016-06-16
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
 
Format application/pdf
 
Identifier http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/2944
 
Source Revista de Enfermagem da UFPI; v. 4, n. 4 (2015); 41-48
 
Language por
 
Relation http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/2944/pdf
http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/downloadSuppFile/2944/626
 
Rights Os conteúdos deste periódico de acesso aberto em versão eletrônica estão licenciados sob os termos de uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 não adaptada.
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library