A ditadura militar e o bipartidarismo: casuísmos e um simulacro de democracia

CLIO: Revista de Pesquisa Histórica

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title A ditadura militar e o bipartidarismo: casuísmos e um simulacro de democracia
 
Creator Batistella, Alessandro
 
Subject História
Ditadura militar, Bipartidarismo, Casuísmo, Autoritarismo
 
Description A ditadura militar de Segurança Nacional implantada no Brasil em 1964 procurou legitimar-se por meio de um contraditório arcabouço jurídico-institucional que, apesar da aparência de legalidade, impôs um sistema de censura, vigilância e repressão baseado no Terrorismo de Estado. Ao hipertrofiar os poderes dos generais-presidentes e restringir a autonomia do Legislativo e do Judiciário, o regime procurou camuflar a ditadura, inclusive criando um simulacro de democracia, caracterizado por um sistema político bipartidário artificial, por inúmeros casuísmos, pelas eleições indiretas e o jogo de cartas marcadas, pelas cassações de políticos dissidentes e oposicionistas e pelo fechamento temporário do Congresso em três oportunidades. Dessa forma, o objetivo desse artigo é analisar as contradições do simulacro de democracia criado pela ditadura militar.
 
Publisher Universidade Federal de Pernambuco
 
Contributor
 
Date 2022-01-21
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaclio/article/view/247342
10.22264/clio.issn2525-5649.2021.39.2.12
 
Source CLIO: Revista de Investigación Histórica; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 256-293
CLIO: Historical Research Journal; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 256-293
CLIO: Revista de Pesquisa Histórica; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 256-293
2525-5649
0102-4736
 
Language por
 
Relation https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaclio/article/view/247342/40456
/*ref*/ALVES, Márcio Moreira. Torturas e torturados. Rio de Janeiro: Idade Nova, 1966.
/*ref*/AZEVEDO, Débora B. de; RABAT, Márcio Nuno. Parlamento mutilado: deputados federais cassados pela ditadura de 1964. Brasília: Câmara dos Deputados, 2012.
/*ref*/BONASSO, Miguel. Prefácio. In: PIETERSE, Jan et al. Terrorismo de Estado. El papel internacional de EEUU. Navarra: Txalaparta, 1990.
/*ref*/BORGES, Nilson. A Doutrina de Segurança Nacional e os governos militares. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (Orgs.). O Brasil republicano: o tempo da ditadura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003, v. 4, p. 13-42.
/*ref*/BRASIL. Relatório da Comissão Nacional da Verdade. Brasília: CNV, 2014.
/*ref*/CHAGAS, Carlos. A guerra das estrelas (1964-1984): os bastidores das sucessões presidenciais. 4. ed. Porto Alegre: L&PM, 1985.
/*ref*/CHIRIO, Maud. A política nos quarteis: revoltas e protestos de oficiais na ditadura militar brasileira. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.
/*ref*/CODATO, Adriano Nervo. O golpe de 1964 e o regime de 1968: aspectos conjunturais e variáveis históricas. História: Questões & Debates. Curitiba, n. 40, 2004, p. 11-36.
/*ref*/CODATO, Adriano Nervo. Uma história política da transição brasileira: da ditadura militar à democracia. Revista de Sociologia e Política. Curitiba, n. 25, nov. 2005, p. 83-106.
/*ref*/COMISSÃO DE FAMILIARES DE MORTOS E DESAPARECIDOS POLÍTICOS et. al. Dossiê dos mortos e desaparecidos políticos a partir de 1964. Recife: Companhia Editora de Pernambuco, 1995.
/*ref*/DELGADO, Márcio de Paiva. A Frente Ampla de oposição ao regime militar (1966-1968). Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.
/*ref*/FERNANDES, Ananda Simões. A reformulação da Doutrina de Segurança Nacional pela Escola Superior de Guerra no Brasil: a geopolítica de Golbery do Couto e Silva. Antítese. Londrina, v. 2, n. 4, 2009, p. 831-856.
/*ref*/FICO, Carlos. Reinventando o otimismo: ditadura, propaganda e imaginário social no Brasil. Rio de Janeiro: FGV, 1997.
/*ref*/FICO, Carlos. Espionagem, polícia política, censura e propaganda: os pilares básicos da repressão. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (Orgs.). O Brasil republicano: o tempo da ditadura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003, v. 4, p. 167-206.
/*ref*/FICO, Carlos. Versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 24, n. 47, 2004, p. 29-60.
/*ref*/FICO, Carlos. O golpe de 1964: momentos decisivos. Rio de Janeiro: FGV, 2014.
/*ref*/FICO, Carlos. História do Brasil contemporâneo: da morte de Vargas aos dias atuais. São Paulo: Contexto, 2015.
/*ref*/GRINBERG, Lucia. Partido político ou bode expiatório: um estudo sobre a Aliança Renovadora Nacional (Arena), 1965-1979. Rio de Janeiro: Mauad X, 2009.
/*ref*/HOBSBAWM, Eric. Sobre história. São Paulo: Cia das Letras, 1998.
/*ref*/KINZO, Maria D’Alva Gil. Oposição e autoritarismo: gênese e trajetória do MDB (1966-1979). São Paulo: Vértice, 1988.
/*ref*/MARTINS FILHO, João Roberto. O palácio e a caserna: a dinâmica militar das crises políticas na ditadura (1964-1969). São Carlos: EDUFSCar, 1995.
/*ref*/MARTINS FILHO, João Roberto. A educação dos golpistas: cultura militar, influência francesa e golpe de 1964. Paper apresentado no Internacional Symposium “The cultures dictatoryship: Historical reflections on the Brazilian golpe of 1964”. Maryland, University of Maryland, 2004.
/*ref*/MOTTA, Rodrigo Patto Sá. O MDB e as esquerdas. In: FERREIRA, Jorge; REIS, Daniel Aarão (Orgs.). As esquerdas no Brasil: revolução e democracia (1964-...). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007, v. 3, p. 283-303.
/*ref*/MOTTA, Rodrigo Patto Sá. Introdução à história dos partidos políticos brasileiros. 2. ed. Belo Horizonte: UFMG, 2008.
/*ref*/MOTTA, Rodrigo Patto Sá. Sobre as origens e motivações do Ato Institucional 5. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 38, n. 79, 2018, p. 195-216.
/*ref*/NAPOLITANO, Marcos. 1964: história do regime militar brasileiro. São Paulo: Contexto, 2014.
/*ref*/PADRÓS, Enrique Serra. Terrorismo de Estado: reflexões a partir das experiências das Ditaduras de Segurança Nacional. In: GALLO, Carlos Arthur; RUBERT, Silvania (Orgs.). Entre a memória e o esquecimento: estudos sobre os 50 anos do golpe civil-militar no Brasil. Porto Alegre: Deriva, 2014, p. 13-36.
/*ref*/PALMEIRA, André Franklin. O Partido do Brasil: uma história do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (1980-2016). Tese (Doutorado em História Social) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2017.
/*ref*/SILVA, Francisco Carlos Teixeira da. Crise da ditadura militar e o processo de abertura política no Brasil, 1974-1985. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia de Almeida Neves (Orgs.). O Brasil republicano: o tempo da ditadura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003, v. 4, p. 243-282.
/*ref*/SKIDMORE, Thomas. Brasil: de Castelo a Tancredo. 4. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.
 
Coverage


 
Rights Direitos autorais 2022 .
https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library