A “arte arcaica” de Ariano Suassuna: a arte rupestre na contemporaneidade

CLIO: Revista de Pesquisa Histórica

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title A “arte arcaica” de Ariano Suassuna: a arte rupestre na contemporaneidade
 
Creator Nascimento, Marcélia Marques
 
Subject Arqueologia, Arte, Antropologia
Movimento armorial, Arte rupestre, Decolonidade
 
Description A arte rupestre foi inscrita contemporaneamente na obra de Ariano Suassuna, notadamente nas artes plásticas e literatura. Para tanto serão analisadas obras literárias e iluminogravuras onde se constata a forte influência da arte rupestre. A inserção da estética rupestre no Movimento Armorial tinha a expectativa de revelar e ressaltar a arte de populações pretéritas quando das influências na expressão da arte brasileira. A arte popular e a arte rupestre insurgem no imaginário de alguns armorialistas diante do reconhecimento dessa arte brasileira que desafia a supremacia da arte erudita, no sentido de inibir hierarquizações e afirmar a relevância aproximativa de ambas. Na expressão da arte rupestre em concomitância com a negritude, numa fala mítica, convocamos Roland Barthes. Na superação do pensamento eurocêntrico, que vislumbramos nas obras apresentadas de Ariano Suassuna, situamos autores tais como Aníbal Quijano, Edgard Lander, Eduardo Restrepo e Alex Rojas.
 
Publisher Universidade Federal de Pernambuco
 
Contributor Alexandre Nóbreva, artista plástico
Romero de Andrade Lima, artista plástico
Carlos Newton, Universidade Federal de Pernambuco
 
Date 2022-01-21
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaclio/article/view/247415
10.22264/clio.issn2525-5649.2021.39.2.16
 
Source CLIO: Revista de Investigación Histórica; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 370-396
CLIO: Historical Research Journal; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 370-396
CLIO: Revista de Pesquisa Histórica; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 370-396
2525-5649
0102-4736
 
Language por
 
Relation https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaclio/article/view/247415/40460
/*ref*/ALBERTI, Benjamin; FOWLES Severin.; HOLBRAAD, Martin; MARSHALL, Yvonne.; WITMORE, Christopher. “Worlds Otherwise” Archaeology, Anthropology, and Ontological Difference. Current Anthropology, v. 52, n.6, p. 896-912, 2011.
/*ref*/ALBERTI, Benjamin. Archaeologies of Ontology. Annual Review Antropology, v.45, p. 163-79, 2016.
/*ref*/ANDRADE LIMA, R. Romero de Andrade Lima. Depoimento [abril de 2019] Entrevista Marcélia Marques. Recife: 2019.
/*ref*/BARTHES, Roland. Mitologias.Tradução: Rita Buongermino e Pedro de Souza. 11ª edição. Rio de Janeiro:Bertrand Brasil, 2001.
/*ref*/BERNARDINO-COSTA, Joaze. GROSFOGUEL, Ramon. Decolonidade e Perspectiva Negra. Revista Sociedade e Estado, v. 31, n. 1, p. 15-24, 2016.
/*ref*/BOGOST, Ian. Alien phenomenology: or What it´s like to be a thing. 1ª edição. Minneapolis: University of Minessota Press, 2012.
/*ref*/CADERNOS DE LITERATURA BRASILEIRA. Ariano Suassuna. Instituto Moreira Sales, n. 10. Rio de Janeiro, 2000.
/*ref*/DELEUZE, Gilles; GUATARRI, Félix. Mil Platôs: Capitalismo e Esquizofrenia.Vol. 2. Tradução: Ana Lúcia de Oliveira; Lúcia Cláudia Lobo. 1ª Edição. São Paulo: Editora 34, 1995.
/*ref*/ECO, Umberto. Tratado Geral de Semiótica. Tradução: Antônio de Pádua Danesi e Gilson Cesar Cardoso de Souza. 4ª Edição. São Paulo: Perspectiva, 2002.
/*ref*/HEIDEGGER, Martin. A origem da obra de arte. Tradução: Maria da Conceição Costa. 1ª Edição. Lisboa: Edições 70, 2018.
/*ref*/HOLBRAAD, Martin; PEDERSEN, Morten Axel. The Ontological Turn: An Anthropological Exposition. 1ª Edição. Cambridge: Cambridge University Press, 2017.
/*ref*/MARQUES, Marcélia. Pedra que te quero palavra: arqueologia, semiose e discursividade. 1ª Edição. Curitiba: Editora Prisma, 2016.
/*ref*/MARTIN, Gabriela. Pré-história do Nordeste do Brasil. 3ª Edição. Recife: Editora Universitária da UFPE, 1999.
/*ref*/MATA, Inocência. Estudos Pós-coloniais: desconstruindo genealogias eurocêntricas. Civitas, Porto Alegre, v. 14. n. 1, p. 27-42. 2014.
/*ref*/MIGNOLO, Walter. A colonidade de cabo a rabo: hemisfério ocidental no horizonte conceitual da modernidade. LANDER, E. (ed.). A colonidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais.Buenos Aires: CLACSO. Perspectivas latino-americanas, 2005.
/*ref*/NEWTON JÚNIOR, Carlos. O Pai, o Exílio e o Reino: a poesia armorial de Ariano Suassuna. 1ª Edição.Recife: Editora UFPE, 1999.
/*ref*/NEWTON JÚNIOR, Carlos. Ariano Suassuna: vida e obra em almanaque. 1ª Edição. Recife:Caixa Econômica Federal, 2014.
/*ref*/NIETZSCHE, Friedrich.A gaia ciência.Tradução: Luis Diaz Marín. 1ª Edição. São Paulo:Companhia das Letras, 2001.
/*ref*/PEIRCE, Charles Sanders.Semiótica. Tradução: José Teixeira Coelho Neto. 3ª Edição. São Paulo:Perspectiva,2005.
/*ref*/PESSIS, Ane-Marie; MARTIN, Gabriela. Arte Pré-histórica do Brasil: da técnica ao objeto. In: BARCINSKI, Fabiana Werneck (ed.). Sobre a arte brasileira: da Pré-história aos anos 1960. 1ª Edição.São Paulo: Martins Fontes, 2014.
/*ref*/QUINJANO, Aníbal. Colonidade do Poder, eurocentrismo e América Latina. LANDER, Edgardo (ed). A colonidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Buenos Aires: CLACSO. Perspectivas latino-americanas, 2005.
/*ref*/RESTREPO, Eduardo; ROJAS, Axel. Inflexión decolonial: fuentes, conceptos y cuestionamientos. Cauca: Editorial Unversidad del Cauca, 2010.
/*ref*/SANTOS, Idelette Muzart Fonseca dos. Em demanda da poética popular: Ariano Suassuna e o Movimento Armorial.2ª Edição. Campinas: Editora da Unicamp, 2009.
/*ref*/SIMÕES, Ester Suassuna. O Universo Emblemático das Iluminogravuras de Ariano Suassuna. Revista Investigações, Recife, v. 30, n. 1, p. 120-156, 2017.
/*ref*/SUASSUNA, Ariano. O livro dos Ferros: uma heráldica sertaneja. 1ª Edição.Recife: Guariba Editora, 1974.
/*ref*/SUASSUNA, Ariano. O Movimento Armorial. 1ª Edição. Recife:Editora Universitária, 1974.
/*ref*/SUASSUNA, Ariano. Iniciação à estética. 7ª Edição.Rio de Janeiro: José Olympio, 2005.
/*ref*/SUASSUNA, Ariano. Almanaque Armorial/Ariano Suassuna: seleção, organização e prefácio Carlos Newton Júnior. 1ª Edição. Rio de Janeiro: José Olympio, 2008.
/*ref*/SUASSUNA, Ariano. Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta. 1ª Edição.Rio de Janeiro: José Olympio, 2014.
/*ref*/SUASSUNA, Ariano. Romance de Dom Pantero no Palco dos Pecadores: O Jumento Sedutor, livro 1. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2017a.
/*ref*/SUASSUNA, Ariano. Romance de Dom Pantero no Palco dos Pecadores: O Palhaço Tetrafônico, livro 2. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2017b.
/*ref*/SUASSUNA, Dantas. Dantas Suassuna. Depoimento [abril 2019] Entrevista Marcélia Marques. Recife: 2019.
/*ref*/TAVARES, Bráulio. ABC de Ariano Suassuna. 1ª Edição. Rio de Janeiro: José Olympio, 2007.
/*ref*/VALLE, Francisco Beltrão do. As Relações entre o Designer e o Armorial de Suassuna. Dissertação de Mestrado. Universidade do Estado do Rio de Janeiro. 2008.
 
Coverage


 
Rights Direitos autorais 2022 .
https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library