O protagonismo dos bacharéis em Direito: a atuação dos irmãos Villela Tavares e o discurso político e jurídico em Pernambuco (1836-1858)

CLIO: Revista de Pesquisa Histórica

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title O protagonismo dos bacharéis em Direito: a atuação dos irmãos Villela Tavares e o discurso político e jurídico em Pernambuco (1836-1858)
 
Creator do Nascimento, Alexsandro Ribeiro
 
Subject História
Bacharéis, Justiça, Pernambuco, Villela Tavares
 
Description O presente trabalho tem o objetivo de discutir a movimentação política dos magistrados em Pernambuco através da atuação dos irmãos Joaquim Villela de Castro Tavares e Jerônimo Villela Tavares. O período analisado, entre 1836 e 1858, vai desde o começo do exercício público dos dois personagens relatados até a morte de Joaquim Villela. Através do método prosopográfico usamos o Arquivo da Faculdade de Direito do Recife, além de alguns periódicos como fontes para examinar em quais locais estes bacharéis mais atuavam e os maiores campos de concentração jurídica e política. É pela relação estreita dos principais poderes do Império que se pode entender o funcionamento e os percalços da administração pública do país.
 
Publisher Universidade Federal de Pernambuco
 
Contributor
 
Date 2022-01-21
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaclio/article/view/245344
10.22264/clio.issn2525-5649.2021.39.2.21
 
Source CLIO: Revista de Investigación Histórica; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 489-509
CLIO: Historical Research Journal; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 489-509
CLIO: Revista de Pesquisa Histórica; v. 39, n. 2 (2021): Jul-Dez. Dossiê: Didática da História e o ensino de História: questões contemporâneas; 489-509
2525-5649
0102-4736
 
Language por
 
Relation https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaclio/article/view/245344/40465
/*ref*/ABREU, Wilame Gomes de. Dos fundamentos à teoria da convenção em Jean-Jacques Rousseau. Tese. Doutorado. Universidade de Goiás. Faculdade de Filosofia (Fafil), Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Goiânia. 2019.
/*ref*/ADORNO, Sérgio. Os Aprendizes do poder. Rio de Janeiro. Paz e Terra. 1988.
/*ref*/ANTUNES, Álvaro Araújo. As paralelas e o infinito: uma sondagem historiográfica acerca da História da Justiça na América Portuguesa. Revista de História São Paulo, Nº 169, p. 21-52, julho / dezembro 2013.
/*ref*/BALANDIER. George. O poder em cena. Brasília. UNB. 1982
/*ref*/BARROS, José D’ Assunção. Sobre a Feitura da Micro-História. OPSIS, vol. 7, nº 9, jul-dez 2007.
/*ref*/BATISTA, Dimas José. A administração da justiça e o controle da criminalidade no Médio Sertão do São Francisco, 1830-1880. Tese (doutorado). São Paulo: Universidade de São Paulo, Programa de pós-graduação em História, 2006.
/*ref*/BEVILÁQUA, Clóvis. História da Faculdade de Direito do Recife. Recife: EdUFPE, 2012.
/*ref*/BICALHO, Maria Fernanda. “Elites coloniais: a nobreza da terra e o governo das conquistas. História e historiografia”. In: MONTEIRO, Nuno G. F. et alli (org.). Optma Pars. Elites Ibero-Americanas do Antigo Regime. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais, 2005.
/*ref*/BOBBIO, Norberto. MATTEUCCI, Nicola. PASQUINO. Dicionário de política. Brasília: Editora. Universidade de Brasília, 1 la ed., 1998. Vol. 1.
/*ref*/CADENA, Paulo Henrique Fontes. Ou há de ser Cavalcanti, Ou há de ser Cavalgado. Trajetórias políticas dos Cavalcanti de Albuquerque. (Pernambuco, 1801 – 1844). Recife: Ed. UFPE, 2013.
/*ref*/CADENA, Paulo Henrique Fontes. O vice-rei: Pedro de Araújo Lima e a governança do Brasil no século XIX. Tese (doutorado). UFPE. 2018.
/*ref*/CARVALHO, José Murilo de. A construção da ordem: a elite política imperial. Rio de Janeiro: Campos. 1980.
/*ref*/CARVALHO, Marcus J. M. de. Os nomes da revolução: lideranças populares na Insurreição Praieira, Recife, 1848-1849. Revista Brasileira de História, vol. 23, nº 45, p.209-238, jul. 2003.
/*ref*/COLEÇÃO DAS LEIS IMPÉRIO DO BRASIL 1835. Rio de Janeiro. Tipografia Nacional. 1864.
/*ref*/COLEÇÃO DE LEIS DO IMPÉRIO DO BRASIL 1841 E 1871. Disponível em http://bd.camara.gov.br/bd/handle/bdcamara/18299/browse?type=title
/*ref*/COLEÇÃO DE LEIS DO IMPÉRIO DO BRASIL DE 1831. Rio de Janeiro: Tipografia Nacional, 1878.
/*ref*/DOLHNIKOFF, Mirian. O pacto imperial: origens do federalismo no Brasil do século XIX. São Paulo: Globo. 2005.
/*ref*/FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE. Arquivo. Livro de certidões de idade (1836 - 1839).
/*ref*/FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE. Anais da Assembleia Legislativa Provincial de Pernambuco. Primeira Sessão de 1846. Pernambuco. Tipografia da província. 1889.
/*ref*/FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE. Arquivo. Lista geral dos bacharéis e doutores (1828 - 1931).
/*ref*/FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE. Arquivo. Livro de certidões de idade (1829 - 1831).
/*ref*/FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE. Arquivo. Livro de certidões de idade (1832 – 1835).
/*ref*/FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE. Arquivo. Livro de registro de diplomas de bacharéis e doutores (1833 - 1925).
/*ref*/FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE. Arquivo. Livro de registro de matrículas do 3º ano (1830 - 1868).
/*ref*/FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE. Projeto Memória Acadêmica. Disponível em: https://www.ufpe.br/memoriafdr/biografias
/*ref*/FERLINI, Vera Lúcia Amaral (orgs.) Modos de Governar. Ideias e Práticas Políticas no Império Português – séculos XVI a XIX. São Paulo. Almeida, 2005.
/*ref*/FREYRE, Gilberto. Sobrados e Mucambos. Rio de Janeiro: Editora Record, 1990.
/*ref*/FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL. A União. Recife. Disponível em: http://memoria.bn.br/hdb/uf.aspx
/*ref*/FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL. Diário de Pernambuco. Recife. Disponível em: http://memoria.bn.br/hdb/uf.aspx
/*ref*/FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL. O Liberal Pernambucano. Recife. Disponível em: http://memoria.bn.br/hdb/uf.aspx
/*ref*/FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL.. O Atheneu Pernambucano. Recife. Disponível em: http://memoria.bn.br/hdb/uf.aspx
/*ref*/FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL.. Folhinha do Almanak Administrativo, Mercantil, Industrial e Agrícola. Disponível em: http://memoria.bn.br/hdb/uf.aspx
/*ref*/GINZBURG, Carlo. Relações de força: história, retórica, prova. São Paulo. Companhia das Letras. 2002.
/*ref*/GOUVÊA, Maria de Fátima S. “Redes governativas portuguesas e centralidades régias no mundo português, c. 1680-1640”. In: FRAGOSO, João & GOUVÊA, Maria de Fátima S. Na Trama das Redes. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.
/*ref*/HEINZ, Flávio M. (org). Por outra história das elites. FVG editora. Rio de Janeiro. 2006;
/*ref*/HEINZ, Flávio. Por outra história das elites. Rio de Janeiro: FGV, 2006
/*ref*/HESPANHA, Antônio Manuel. Da Iustitia à disciplina: textos, poder e política penal no Antigo Regime” Justiça e litigiosidade: História e prospectiva, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1993.
/*ref*/HESPANHA, Antônio Manuel. Governo, elites e competência social: sugestões para um entendimento renovado da história das elites. In BICALHO, Maria Fernanda. IRUROZQUI, Marta. “Presentación. La institucionalización del Estado en América Latina. Justicia y violência política en la primera mitad del siglo XIX”. In: Revista Complutense de Historia de América. 2011, vol. 37.
/*ref*/MARSON, Izabel Andrade. O império do progresso: A revolução praieira. São Paulo: Brasiliense, 1987;
/*ref*/MELO, Jerônimo Martiniano Figueira de. Autos do inquérito da Revolução Praieira. Brasília: Senado Federal: Univ. de Brasília, 1979.
/*ref*/NABUCO, Joaquim. Um Estadista do Império. Volumes I e II. Rio de Janeiro: Topbooks, 1997.
/*ref*/NASCIMENTO, Alexsandro Ribeiro de. “Sob o Império da Lei: a atuação dos juízes municipais na comarca do Recife (1841-1850)”. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife. 2014.
/*ref*/NEQUETE, Lenine. O poder Judiciário no Brasil a partir da Independência. Brasília: Superior Tribunal Federal. 2000. V. 2.
/*ref*/QUINTAS, Amaro. O Sentido Social da Revolução Praieira. Recife: Ed. Massangana, 1982.
/*ref*/SILVA, Mozart Linhares da. O Império dos bacharéis: o pensamento jurídico e a organização do Estado-Nação no Brasil. Curitiba: Juruá, 2004.
/*ref*/SLEMIAN, Andréa. Sob o império das leis: Constituição e unidade nacional na formação do Brasil (1822-1834). Tese. História. USP. São Paulo. 2016.
/*ref*/SODRÉ, Elaine Leonara de Vargas. Brasil Imperial: O poder do Estado exercido através da administração judiciária. Anais do X Encontro Estadual de História. Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. 2010.
/*ref*/SOUZA, Laura de Mello. O Sol e a sombra: política e administração da América Portuguesa do século XVIII. São Paulo. Companhia das Letras. 2016 .
/*ref*/SPINOSA. Vanessa. “Da simples abnegação de cidadãos: serviço público e o judiciário oitocentista”. In: II Encontro Internacional da Sociedade Brasileira do Oitocentos, Londrina-PR, 2017.
/*ref*/SPINOSA. Vanessa. A lei dos homens: formação jurídica e cultura política no brasil império. Passagens. Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica, Rio de Janeiro: vol. 3, no.3, setembro-dezembro 2011, p. 486-502
/*ref*/SPINOSA. Vanessa. Vocação para a justiça: o serviço público como missão cidadã (Brasil-1840-1889). Tesis Doctoral. Universidade de Salamanca. Salamanca. 2016.
/*ref*/TAVARES, Jeronymo Vilella de Castro. Compendio de Direito Publico Eclesiastico para uso nas Faculdades de Direito do Imperio. Rio de Janeiro. B. L. Garnier, Livreiro-Editor. 3 edição. 1882.
/*ref*/TAVARES, Joaquim Villela. Instituições de Direito Público Eclesiástico. Tomo I. Recife. Livreiros Editores. 1856.
/*ref*/VARGAS, Jonas Moreira. Entre a paróquia e a Corte: a elite política do Rio Grande do Sul (1850-1869), Santa Maria: UFSM, 2007.
/*ref*/VEIGA, Gláucio. História das ideias da Faculdade de Direito do Recife. Recife. V. 1. Ed. Universitária, 1980.
 
Coverage


 
Rights Direitos autorais 2022 .
https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library