Física da microgravidade na sala de aula utilizando um Clinostato: uma revisão bibliográfica sistemática

Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Física da microgravidade na sala de aula utilizando um Clinostato: uma revisão bibliográfica sistemática
 
Creator Sales, Leonardo Amadeu de
Rodrigues, Rayssa Souza Lima
Otoya, Victor José Vasquez
Tuyarot, Diana Esther
 
Description Este trabalho é motivado pelo estudo dos conceitos de microgravidade e sua ocorrência no espaço, bem como poderia ser experimentada na superfície terrestre. O objetivo principal é explicar a física envolvida no fenômeno, em sala de aula, utilizando um Clinostato. Para sustentar o estudo foi realizada uma análise sistemática da literatura para elencar os artigos que tratem do tema e assim ter um panorama que facilite a compreensão do mesmo, e como poderia ser inserido em sala de aula. Para a análise foi utilizada a metodologia baseada em etapas, e as buscas foram realizadas em quatro plataformas: Periódicos CAPES; Google Acadêmico; Scielo e ERIC (Education Resources Information Center). Os descritores utilizados foram Microgravidade, Física, Clinostato e Ensino, em português e em inglês com abrangência de publicação entre 1995 e 2020. Os artigos encontrados foram analisados quanto ao tema de interesse no título e no abstract e foi realizada a leitura completa dos artigos selecionados. Poucos artigos foram encontrados voltados para o tema, isso chama a atenção em relação à atualidade do mesmo e à potencialidade para tratá-lo em caráter interdisciplinar.  Palavras chave: Formação de professores, Clinostato, novas metodologias, microgravidade simulada, tecnologia espacial.
 
Publisher Unidade Acadêmica de Ciências Exatas e da Natureza/CFP/UFCG
 
Contributor
 
Date 2021-09-15
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier https://cfp.revistas.ufcg.edu.br/cfp/index.php/RPECEN/article/view/1784
10.29215/pecen.v5i0.1784
 
Source Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza; v. 5 (2021): Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza; e1784
2526-8236
10.29215/pecen.v5i0
 
Language por
 
Relation https://cfp.revistas.ufcg.edu.br/cfp/index.php/RPECEN/article/view/1784/pdf
/*ref*/Albrecht-Buehler G. (1992) The Simulation of Microgravity Conditions on the Ground. American Society for Gravitational and Space Biology Bulletin, 5(2): 3–10.
/*ref*/Alshibli1 K. (2002) Using Space for a Better Foundation on Earth: Mechanics of Granular Materials. Educational Brief. Grades 5-8. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED463178.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/Alshibli2 K. (2002) Using Space for a Better Foundation on Earth: Mechanics of Granular Materials. Educational Brief. Grades 9-12. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED46 3179.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/An S.A., Zhang M., Tillman D.A., Robertson W., Siemssen A. & Paez C.R. (2016) Astronauts in Outer Space Teaching Students Science: Comparing Chinese and American Implementations of Space-to-Earth Virtual Classrooms. European Journal of Science and Mathematics Education, 4(3): 397–412.
/*ref*/Baliscei M.P. & Rodrigues Junior A.A. (2017) Microgravity indoor. Revista Brasileira de Ensino de Física, 39(2): e2502. https://doi.org/10.1590/1806-9126-rbef-2016-0230
/*ref*/Banerjee S., Andring K., Campbell D., Janeski J., Keedy D., Quinn S. & Hoffmeister B. (2008) Orbital Motion of Electrically Charged Spheres in Microgravity. Physics Teacher, 46: 460–464. https://doi.org/10.1119/1.2999060
/*ref*/Borragini E.F. (2016) O ensino de astronomia na formação continuada de professores com ênfase na gravitação universal. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Física, Porto Alegre.
/*ref*/Borragini E.F., Pavani D.B. & Lima Jr. P. (2017) Gravitação Universal em atividades práticas: uma abordagem histórica e cultural, das órbitas dos planetas à ficção científica. Textos de apoio ao professor de Física. Volume 28, Número 1. Porto Alegre: UFRGS. 83 p.
/*ref*/Cappellari F.O., Lifschitz L.A., Brito H.H. & Maglione L.S. (2005) ¿Qué se publica hoy en Iberoamérica? Información Tecnológica, 16(2): 53–60.
/*ref*/Casaburri A.A. & Gardner C.A. (1999) Space Food and Nutrition: An Educator's Guide with Activities in Science and Mathematics. Washington, DC: National Aeronautics and Space Administration.
/*ref*/Chandler D. (1991) Weightlessness and Microgravity. Physics Teacher, 29(5): 312–313.
/*ref*/Chantseva V., Bilova T., Smolikova G., Frolov A. & Medvedev S. (2019) 3D-clinorotation induces specific alterations in metabolite profiles of germinating Brassica napus L. seeds. Communications Biology, 64(1): 55–74. https://doi.org/10.21638/spbu03.2019.107
/*ref*/Colares D.M. (2018) Criação de um minilevitador acústico ultrassônico de baixo custo como produto educacional no ensino de Física. Monografia (Licenciatura em Física). Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências, Fortaleza.
/*ref*/Conforto E.C., Amaral D.C. & da Silva S.L. (2011) Roteiro para revisão bibliográfica sistemática: aplicação no desenvolvimento de produtos e gerenciamento de projetos. 8º Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento de Produto. Porto Alegre: UFRGS.
/*ref*/Dantas F.C., Taveiros F.E.V., Dantas J.B.D. & De Carvalho Z.V. (2018) PD&I Aeroespacial: análise da implementação de uma plataforma hipersônica de lançamento orbital no centro de lançamento da barreira do inferno. Proceeding of ISTI/SIMTEC, 9(1): 446–454. https://doi.org/10.7198/S2318-3403201800010051
/*ref*/da Silva H.C. (2002) Discursos escolares sobre gravitação newtoniana: textos e imagens na física do Ensino Médio. Tese (Programa de Pós-Graduação em Educação). Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas.
/*ref*/da Silva M.F. (2013) O Programa Espacial Brasileiro em perspectiva histórica: do início a 2010. Parcerias Estratégicas, 18(37): 195–208.
/*ref*/da Silva G.B. (2018) Uma análise sobre a ocorrência do termo microgravidade em livros didáticos do 1º ano do ensino médio. Monografia (Curso de Licenciatura em Física). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, Rio Grande do Norte.
/*ref*/da Silva V.B. (2019) Sequência didática para o ensino de microgravidade com utilização de um aparato experimental. Dissertação (Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física). Universidade Federal Rural do Semiárido, Mossoró, Rio Grande do Norte. da Silveira F.L. (2017) Microgravidade é o mesmo que gravidade nula? Centro de Referência para o Ensino de Física. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/novocref/?contact-pergunta=microgravidade-e-o-mesmo-que-gravidade-nula (Acessado em julho/2020).
/*ref*/de Oliveira Alves K. (2013) Desenvolvimento de um clinostato tridimensional com três eixos de rotação que permite a troca de suportes de amostras. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Faculdade de Engenharia, Porto Alegre, Rio Grande do Sul.
/*ref*/Dietlein I., Doi T., Haubold H., Hauslage J., Hemmersbach R., Hoson T., Lammens S., Li Y., Long M., van Loon J.J.W.A., Niu A., Takahashi H., Ochiai M., Osman A. & Steffens H. (2013) Programme on Space Applications: Teacher’s Guide to Plant Experiments in Microgravity. New York: English, Publishing and Library Section, United Nations Office at Vienna. 56 p.
/*ref*/Dittrich W.A. (2014) Drop Tower Physics. Physics Teacher, 52(7): 415–417.
/*ref*/Dos Santos M.A., Russomano T., Forbes B. & Bosquillon C. (2016) Câmara para a difusão de ingredientes ativos, e processo para o cultivo de células em microgravidade ou microgravidade simulada. Patente. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Thais_Russomano2/publication/303913309_Camara_para_a_difusao_de_ingredientes_ativos_e_processo_para_o_cultivo_de_celulas_em_microgravidade_ou_microgravidade_simulada/links/575d216a08aec91374abccc6.pdf (Acesso em: maio/2020).
/*ref*/Dou R., Hogan D., Kossover M., Spuck T. & Young S. (2013) Defusing Diffusion American. Biology Teacher, 75(6): 391–395.
/*ref*/Dutra C.M. & Souza M. (2019) O uso da problematização e do pêndulo simples para o estudo da gravidade. Revista Thema, 16(1): 10–23.
/*ref*/Figueiredo J.M.L. (2005) É tempo de dizer eureka! no ensino de Física. Disponível em: https://arxiv.org/ftp/physics/papers/0503/0503002.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/Galili I. (1995) Interpretation of students' understanding of the concept of weightlessness. Research in Science Education, 25: 51–74.
/*ref*/Hershey D.R. (2005) Time for a Plant Clinostat: effects of light and gravity on plants. Science Activities, 42(1): 30–35. https://doi.org/10.3200/SATS.42.1.30-35
/*ref*/Huijser R.H. (2000) Desktop RPM: New Small Size Microgravity Simulator for the Bioscience Laboratory.FS-MG-R00-017 © Fokker Space. Downloaded form the DESC web site: http://www. desc.med.vu.nl
/*ref*/Kitchenham B. (2004) Procedures for performing systematic reviews. Keele, UK: Keele University. 26 p.
/*ref*/Knechtel C.M. (2008) O lúdico no Ensino de Ciências. Monografia (Programa de Desenvolvimento de Formação Continuada dos Profissionais da Educação do Estado do Paraná). Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Núcleo de Cascavel, Paraná.
/*ref*/LaCombe J.C. & Koss M.B. (2000) The Make-It-Yourself Drop-Tower Microgravity Demonstrator. Physics Teacher, 38(3): 143–146.
/*ref*/Laván D. & Valdivia-Silva J. (2015) Astrobiología: la máquina de microgravedad peruana, INICTEL – UNI. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=bmxvMKoENi0 (Acesso em: maio/2020).
/*ref*/Lima M.S. (2008) As Ciências Espaciais, o saber e o fazer docente no ensino fundamental. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte.
/*ref*/Lionheart G., Vandenbrink J.P., Hoeksema J.D. & Kiss J.Z. (2018) Microgravity. Science and Technology, 30: 491–502.
/*ref*/Macau E.E.N. (2007) Chegamos à Lua (p. 75-122). In: Almeida P.A.F.B. & Winter O.C. (Orgs). A conquista do Espaço: do Sputnik à Missão Centenário. São Paulo: Editora Livraria da Física. 221 p.
/*ref*/Matthews K.R., Motiwala S.A., Edberg D.L. & García-Llama E. (2012) Flight Mechanics Experiment Onboard NASA's Zero Gravity Aircraft. Journal of Technology and Science Education, 2(1): 4–12.
/*ref*/Mendes T. & Cucchieri A. (2006) Numerical Simulation of N-vector Spin Models in a Magnetic Field. Brazilian Journal of Physics, 36(3): 648–651.
/*ref*/Mohler R.R.J. (1997) Space Shuttle Experiments Take Flight. Science and Children, 35(3): 26–30.
/*ref*/Morais V.D. (2015) O uso filmes cinematográficos no Ensino de Física: uma proposta metodológica. Monografia (Graduação em Licenciatura em Física). Faculdade de Educação e Meio Ambiente, Ariquemes, Rondônia.
/*ref*/Moura F.P. (2017) Utilização de um livro paradidático no processo de ensino e aprendizagem de conceitos de física. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física). Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, Rio Grande do Norte.
/*ref*/NASA1 – National Aeronautics and Space Administration. (2003) Wireless Drop Tower for Microgravity Demonstrations. Educational Brief. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fullte xt/ED479516.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/NASA2 – National Aeronautics and Space Administration. (2003) Science in a Box: An Educator Guide with NASA Glovebox Activities in Science, Math, and Technology. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED479519.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/NASA3 – National Aeronautics and Space Administration. (2000) A NASA Recipe for Protein Crystallography. Educational Brief. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED481752.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/NASA4 – National Aeronautics and Space Administration. (1999) Microgravity: Fall into Mathematics. Educational Brief. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED460852.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/NASA5 – National Aeronautics and Space Administration. Langley Research Center. (2002) Measurement, Ratios, and Graphing: Who Added the "Micro" to Gravity? An Educator Guide with Activities in Mathematics, Science, and Technology. NASA CONNECT[TM]. EG-2002-10-14-LaRC Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED472181.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/Novelo L. (2016) Aperfeiçoamento do Clinostato 3D e seu uso no estudo dos efeitos da microgravidade em sementes de milho. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Faculdade de Engenharia, Porto Alegre, Rio Grande do Sul.
/*ref*/Passoni S., Mayer N., Colman J., Brinatti A.M., Rutz da Silva S.L. & Borges da Silva J. (2011) Vamos viajar ao espaço? Revista Conexão UEPG, 7(2); 162–167.
/*ref*/Pesquero L.C. (2015) Proposta de um minicurso de Astronomia para alunos do Ensino Fundamental II. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Exatas). Universidade Federal de São Carlos, Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia, São Carlos, São Paulo.
/*ref*/Programa Profundiza Andaluzia (2016) proyecto “Germinación y crecimiento de plantas en microgravedad simulada” realizado por alumnos y alumnas de 3º y 4º ESO del IES “Mª Victoria Atencia” de Santa Rosalía – Maqueda (Málaga). Plantas en Gravedad Simulada. Disponível em https://plantasenmicrogravedad.wordpress.com/2015/05/23/nuevas-versiones-de-clinostato/(Acessado em: abril/2020).
/*ref*/Rafferty J.P. (2007) Julius von Sachs. German Botanist. Encyclopaedia Britannica. Disponível em https://www.britannica.com/biography/Julius-von-Sachs#ref34694 (Acessado em: abril/2020).
/*ref*/Reis N.T.O. & Garcia N.M.D. (2006) Educação espacial no Ensino Fundamental: uma proposta de trabalho com o princípio da ação e reação. Revista Brasileira de Ensino de Física, 28(3): 361–371.
/*ref*/Ribeiro R.J. & Galera J.M.B. (2009) Jogos epistêmicos para educação. In: I Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia. 1356 p.
/*ref*/Rodrigues M.C.S. (2019) A ABP como estratégia didática e a astronomia como contexto no ensino da quantidade de movimento. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, Sergipe.
/*ref*/Rodrigues E.V., Zimmermann E., & Hartmann Â.M. (2012) Lei da gravitação universal e os satélites: uma abordagem histórico-temática usando multimídia. Ciência & Educação, 18(3): 503–525. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-73132012000300002
/*ref*/Rogers M.J.B., Vogt G.L. & Wargo M.J. (1997) Microgravity: A Teacher’s Guide with Activities in Science, Mathematics, and Technology. Washington, DC: National Aeronautics Space Administration. 168 p.
/*ref*/Rogers M.J.B. & Wargo M.J. (1998) The Microgravity Demonstrator. NASA EG-1998-12-49-MSFC. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED448051.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/Saba M., Silva B.B. & de Paula P.R.J. (2000) Microgravidade em Sala de Aula. Física na Escola, 1(1): 15–17.
/*ref*/Sausen T.M. (1999) A Educação Espacial na América Latina e a Posição do Brasil no Contexto Regional. Cooperação internacional na área espacial. Parcerias Estratégicas, 7: 151–164.
/*ref*/Schappe R. & Barbosa C. (2017) A Simple, Inexpensive Acoustic Levitation Apparatus. Physics Teacher, 55(1): 6-7.
/*ref*/Secco R.A. & Sukara R.E. (2016) Indoor Microgravity Survey. Physics Teacher, 54(4): 213–215.
/*ref*/Sousa R. (2015) Construção de um experimento para o ensino de microgravidade com uso de vídeos. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte.
/*ref*/Temiz B.K. & Yavuz A. (2014) Students’ misconceptions about Newton's second law in outer space. European Journal of Physics, 35(4): 045004. http://dx.doi.org/10.1088/0143-0807/35/4/045004
/*ref*/Tenório T., de Melo L.R. & Tenorio A. (2014) Séries televisivas de investigação criminal e o ensino de ciências: Uma proposta educacional. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, 13(1): 73–96.
/*ref*/Vasconcelos F.E.O. & Marranghello G.F. (2015) A Astronomia e o Ensino Médio politécnico (p. 107-163). In: Marranghello G.F. & Lindemann R.H. (Orgs). Ensino de Ciências na Região da Campanha. Volume 1. São Leopoldo: Editora Oikos.
/*ref*/Vogt G.L. & Wargo M.J. (1992) Microgravity: A Teacher's Guide with Activities. Secondary Level. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED360178.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/Vogt G.L. & Wargo M.J. (1995) Microgravity: Teacher's Guide with Activities for Physical Science. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED406237.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/Vreeland P. (2002) Investigating Microgravity. Science Teacher, 69(7): 36–40.
/*ref*/Wasiliew C.E., Souza J.A.V., Scolari L.M., Ramos L.A.M. & Rizzatti M.R. (2002) Experiências clássicas com situação de microgravidade. Parte I, II e III. Salão de iniciação Científica. Livro de resumos. Porto Alegre: UFRGS.
/*ref*/Williams P.H. (1997) Teachers and Students Investigating Plants in Space. A Teacher's Guide with Activities for Life Sciences. Grades 6-12. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/E D406233.pdf (Acessado em: maio/2020).
/*ref*/Zhang Y., Richards S.E., Richards J.T. & Levine H.G. (2016) The Use of Microgravity Simulators for Space Research ISS R&D San Diego. Disponível em: https://ntrs.nasa.gov/archive/nasa/casi. ntrs.nasa.gov/20160013279.pdf (Acessado em: abril/2020).
 
Rights Direitos autorais 2021 Autor e Revista mantêm os direitos da publicação
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library