Sentidos sobre a mediunidade nos candomblés Ketu e Efon

Revista Cultura & Religión

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Sentidos sobre a mediunidade nos candomblés Ketu e Efon
 
Creator Scorsolini-Comin, Fabio
Vilela de Godoy, Helena
Parreira Gaia, Ronan da Silva
 
Subject psicologia; etnopsicologia; estudos sobre mediunidade
Mediunidade; Candomblé; Cultura Afro-Brasileira
 
Description Com as perspectivas socioantropológicas, a mediunidade passou a ser considerada um fenômeno cultural e religioso legítimo, em contraposição ao discurso de patologização transmitido, em grande parte, pelas neurociências. O objetivo deste estudo foi compreender como a mediunidade é concebida por médiuns do candomblé que realizaram a feitura (iniciação) de sete anos. Participaram 17 médiuns das nações Ketu e Efon da cidade de Uberaba-MG (Brasil). A mediunidade foi verbalizada de dois modos distintos: 1) como um dom que não pode ser recusado pelo médium; 2) como uma faculdade que pode ser controlada/recusada pelo médium. Entre os aspectos relacionados às sensações corpóreas da possessão, destacaram movimentos opostos que vão desde a paralisia até a agitação do corpo. Tais sensações foram explicadas em decorrência da energia de cada orixá incorporado, e não pelas características do médium. Discute-se que esses médiuns encontram-se engajados em compartilhar experiências que evoquem fundamentalmente os aspectos positivos relacionados à mediunidade, incorporando, inclusive, uma gramática científica que visa a explicar o fenômeno. Na tentativa de valorizar o candomblé em um cenário de intolerância e racismo, este parece ser um movimento que valoriza a mediunidade e a coloca em uma posição de destaque dentro das expressões das religiões de matriz africana.
 
Publisher Revista Cultura & Religión
Revista Cultura & Religión
Revista Cultura & Religión
 
Contributor Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo – EERP/USP
 
Date 2021-01-02
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

O presente estudo é fruto de uma pesquisa de caráter qualitativo. Em conformidade com a legislação ética para a pesquisa envolvendo seres humanos. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade de origem dos autores.
 
Format application/pdf
 
Identifier http://www.revistaculturayreligion.cl/index.php/culturayreligion/article/view/888
 
Source Revista Cultura & Religión; Vol. 14, Núm. 2 (2020); 36-55
Revista Cultura & Religión; Vol. 14, Núm. 2 (2020); 36-55
Revista Cultura & Religión; Vol. 14, Núm. 2 (2020); 36-55
0718-4727
0718-5472
 
Language por
 
Relation http://www.revistaculturayreligion.cl/index.php/culturayreligion/article/view/888/pdf
http://www.revistaculturayreligion.cl/index.php/culturayreligion/article/downloadSuppFile/888/327
http://www.revistaculturayreligion.cl/index.php/culturayreligion/article/downloadSuppFile/888/328
 
Rights Copyright (c) 2021 Revista Cultura & Religión
http://creativecommons.org/licenses/by/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library