Life Written in Bytes . The Superinformacional and New Technologies Company : Will the End of Privacy and Human Dignity ?

Revista de Direito, Governança e Novas Tecnologias

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Life Written in Bytes . The Superinformacional and New Technologies Company : Will the End of Privacy and Human Dignity ?
A Vida Escrita em Bytes. A Sociedade Superinformacional e as Novas Tecnologias: Será o Fim da Privacidade e da Dignidade Humana?
 
Creator Rodrigues Fermentão, Cleide Aparecida Gomes
Silveira e Silva, Ricardo da
 
Subject Human dignity, Exhibition, Virtual environment
Dignidade da pessoa humana, Exposição, Ambiente virtual
 
Description Recent technologies have changed the way media of the human being, which shall establish direct contact with many people anywhere in the world. Allied to this fact, there is a virtualization increasing the human person, culminating in an immersion in the virtual world, which ultimately creates an increasing dependence on technology in order to exist socially. This transformation in the world of concepts makes the virtual pass to have direct impact in the real world. Attracted by the glitter and glamor of virtual network, the person finds no limits to their self-promotion. The private life is increasingly exposed to an undetermined number of people. So the person who is exposed in the virtual media in search of acceptance, forgets that it is not only stripping of his clothes or his privacy, but mainly is stripped of his dignity. The frantic search for some "tanned" finds no limit on common sense, coisificando the person and transforming it into mere virtual profile. The human person is in this state, the total lack of dignity, without realizing it, it becomes an object on display. The internet is a stage conducive to the spectacle of the self virtual, making it fertile ground for the indignity. The history of civilization dating back to fighting and winning the dignity of the human person, however, the time in which we live watch a reverse movement. Contemporaneously it is no longer the state or private to be constant threat to human dignity. Those who, seduced by the possibility of becoming the personality of the time, voluntarily abdicate their dignity in a process whose reversibility is questionable. The legislation can not keep up the speed of the transformations occurred in the virtual world and this mismatch can leave unprotected person especially in relation to their rights to intimacy, privacy and human dignity itself.
As recentes tecnologias alteraram a forma de comunicação social do ser humano, que passa a estabelecer contato direto com diversas pessoas em qualquer lugar do mundo. Aliado a esse fato, tem-se uma virtualização cada vez maior da pessoa humana, culminando em uma imersão no mundo virtual, que acaba por criar uma dependência cada vez maior da tecnologia para poder existir socialmente. Essa transformação no mundo dos conceitos faz com que o virtual passe a ter repercussão direta no mundo real. Atraído pelo brilho e o fascínio da rede virtual, a pessoa não encontra limites para a sua autopromoção. A vida privada é cada vez mais exposta para um número indeterminado de pessoas. Assim, a pessoa que se expõe nos meios virtuais em busca de aceitação, esquece-se que não está somente se desnudando de suas vestes ou de sua intimidade, mas, principalmente, está se despindo de sua dignidade. A busca desenfreada por algumas curtidas não encontra limite no bom senso, coisificando a pessoa e transformando-a em mero perfil virtual. A pessoa humana encontra, neste estado, a total falta de dignidade, sem que se perceba, torna-se um objeto em exposição. A internet é um palco propício para a espetacularização do eu virtual, o que faz dela um campo fértil para a indignidade. A história da civilização remonta a luta e a conquista da dignidade da pessoa humana, todavia, a época em que se vive assiste um movimento inverso. Contemporaneamente não é mais o estado ou o particular a constituir ameaça constante a dignidade humana. Aqueles que, seduzidos pela possibilidade de se tornarem a personalidade do momento, voluntariamente abdicam da sua dignidade em um processo cuja reversibilidade é questionável. A legislação não consegue acompanhar a velocidade das transformações ocorridas no mundo virtual e esse descompasso pode deixar a pessoa desprotegida principalmente em relação aos seus direitos à intimidade, privacidade e a própria dignidade humana. 
 
Publisher Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Direito (CONPEDI)
 
Contributor

 
Date 2015-12-06
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion
Artigo Avaliado pelos Pares
 
Format application/pdf
 
Identifier http://indexlaw.org/index.php/revistadgnt/article/view/51
10.21902/2526-0049/2015.v1i1.51
 
Source Revista de Direito, Governança e Novas Tecnologias; v. 1, n. 1 (2015): JANEIRO-DEZEMRBO; 140-163
2526-0049
2526-0049
 
Language por
 
Relation http://indexlaw.org/index.php/revistadgnt/article/view/51/80
 
Rights Direitos autorais 2016 Revista de Direito, Governança e Novas Tecnologias
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library