A implementação do Decreto n.º 9.991/2019 e seus possíveis impactos no serviço público federal

Revista Sítio Novo

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title A implementação do Decreto n.º 9.991/2019 e seus possíveis impactos no serviço público federal
 
Creator de Moura, Tiago
Vanni, Carolina Salvão
Azeredo, Abel Dionízio
 
Subject Administração pública. Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas. Serviço público.
 
Description Diante de uma iminente reforma administrativa no setor público federal e após a publicação do Decreto n.º 9.991, de 28 de agosto de 2019, que dispõe sobre a Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas da administração pública federal direta, autárquica e fundacional e regulamenta dispositivos da Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990, quanto a licenças e afastamentos para ações de desenvolvimento, o presente artigo visa analisar os possíveis impactos no serviço público federal. O objetivo principal é analisar e expor os resultados derivados das alterações na legislação e os impactos para os servidores e para os usuários dos serviços públicos, este será atingido por meio de estudos das legislações que tratam sobre o assunto e artigos, diga-se de passagem, escassos.
 
Publisher Instituto Federal do Tocantins - IFTO
 
Contributor
 
Date 2020-07-01
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/536
10.47236/2594-7036.2020.v4.i3.18-29p
 
Source Revista Sítio Novo; v. 4, n. 3: jul./set. 2020; 18-29
2594-7036
10.47236/2594-7036.2020.v4.i3
 
Language por
 
Relation http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/536/202
http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/downloadSuppFile/536/395
/*ref*/BRASIL. [Constituição (1934)]. Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil (de 16 de julho de 1934). Rio de Janeiro, RJ: 1934. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao34.htm. Acesso em: 7 jan. 2020.
/*ref*/BRASIL. Lei n.º 284, de 28 de outubro de 1936. Reajusta os quadros e os vencimentos do funcionalismo público civil da União e estabelece diversas providências. Rio de Janeiro, RJ: 1936. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/1930-1949/L284.htm. Acesso em: 7 jan. 2020.
/*ref*/BRASIL. Decreto-Lei n.º 5.937, de 28 de outubro de 1943. Cria, junto ao Departamento Administrativo do Serviço Público, o Conselho de Administração de Pessoal. Rio de Janeiro, RJ: 1943. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-5937-28-outubro-1943-415998-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 7 jan. 2020.
/*ref*/BRASIL. Decreto-Lei n.º 200, de 25 de fevereiro de 1967. Dispõe sôbre a organização da Administração Federal, estabelece diretrizes para a Reforma Administrativa e dá outras providências. Brasília, DF: 1967. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8112cons.htm. Acesso em: 7 jan. 2020.
/*ref*/BRASIL. Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Brasília, DF: 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8112cons.htm. Acesso em: 7 jan. 2020.
/*ref*/BRASIL. Decreto n.º 5.707, de 23 de fevereiro de 2006. Institui a política e as diretrizes para o desenvolvimento de pessoal da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, e regulamenta dispositivos da Lei de 11 de dezembro de 1990. Brasília, DF: 2006. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Decreto/D5707.htm. Acesso em: 13 nov. 2019.
/*ref*/BRASIL. Decreto n.º 9.991, de 28 de agosto de 2019. Dispõe sobre a Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, e regulamenta dispositivos da Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990, quanto a licenças e afastamentos para ações de desenvolvimento. Brasília, DF: 2019a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/decreto/D9991.htm. Acesso em: 13 nov. 2019.
/*ref*/BRASIL. Ministério da Economia. Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital. Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal. Instrução Normativa n. º 201, de 11 de setembro de 2019. Dispõe sobre os critérios e procedimentos específicos para a implementação da Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas, de que trata o Decreto n.º 9.991, de 28 de agosto de 2019, pelos órgãos integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal - SIPEC. Brasília, DF: 2019. Disponível em: http://www.in.gov.br/web/dou/-/instrucao-normativa-n-201-de-11-de-setembro-de-2019-215812638. Acesso em: 13 nov. 2019.
/*ref*/BRASIL. Presidência da República. Câmara da Reforma do Estado. Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado. Brasília, DF: Presidência da República, 1995. Disponível em: http://www.bresserpereira.org.br/documents/mare/planodiretor/planodiretor.pdf. Acesso em: 19 nov. 2019.
/*ref*/CAMPELO, Graham Stephan Bentzen. Administração Pública no Brasil: ciclos entre patrimonialismo, burocracia e gerencialismo, uma simbiose de modelos. Ci. & Tróp., Recife, v.34, n. 2, p. 297-324, 2010. Disponível em: https://periodicos.fundaj.gov.br/CIC/article/viewFile/871/592. Acesso em: 19 nov. 2019.
/*ref*/CARDOSO, Silvya Priscilla de Queiroz Cerqueira. Capacitação dos técnicos administrativos com base na gestão de pessoas por competências: o caso do IF Sertão-PE. 160 f. il. 2017. Dissertação (Mestrado) - Escola de Administração, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/25723/1/Disserta%c3%a7%c3%a3o%20de%20Mestrado%20-%20Silvya%20Priscila%20de%20Queiroz%20Cerqueira%20Cardoso.pdf. Acesso em: 29 jan. 2020.
/*ref*/CARMO, Luana Jéssica Oliveira; ASSIS, Lilian Bambirra de Assis; MARTINS, Mariana Geisel; SALDANHA, Cristina Camila Teles; GOMES, Patrícia Albuquerque. Gestão estratégica de pessoas no setor público: percepções de gestores e funcionários acerca de seus limites e possibilidades em uma autarquia federal. Rev. Serv. Público Brasília, v. 69, n. 2, p. 163-191, 2018.
/*ref*/CARVALHO, Marly Monteiro de; PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da Qualidade: teoria e casos. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.
/*ref*/CARVALHO, Patrícia. Aparecida. Silva; TORRES, Kelly. Aparecida.; BORBA, Erika. Loureiro.; MARTINS, Pablo. Luiz. Análise da gestão de pessoas na administração pública: um estudo de caso. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 12., 2015, Resende. [Anais]. Resende: Associação Educacional Dom Bosco, 2015. Disponível em: https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos15/33022365.pdf. Acesso em: 7 jan. 2020.
/*ref*/CAVALCANTE, Janis Christine A.; PRADO, Luciane Santos; SANTA RITA, Luciana Peixoto; DE SOUZA, Waldemar Antônio da Rocha. Capacitação de Servidores Públicos: uma análise dos eixos da política implantada na UFAL. In: CONGRESSO NACIONAL DE MESTRADOS PROFISSIONAIS EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, 1., 2016, Curitiba. [Anais]. Curitiba: Mestrado Profissional em Administração Pública, 2016. Disponível em: http://www.profiap.org.br/profiap/eventos/2016/i-congresso-nacional-de-mestrados-profissionais-em-administracao-publica/anais-do-congresso/41423.pdf. Acesso em: 20 jan. 2020.
/*ref*/CHIAVENATO, Idalberto. Iniciação à teoria das organizações. Barueri: Manole, 2010.
/*ref*/CRUZ, Patrícia N. Desenvolvimento de Pessoas no Setor Público: novo modelo de gestão. Revista Estação Científica, ed. 00, p.1-12, Juiz de Fora: Faculdade Estácio de Sá, 2010.
/*ref*/DA SILVA, José Afonso. Curso de Direito Constitucional Positivo. 20. ed. São Paulo: Malheiros, 2002.
/*ref*/DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito administrativo. 27. ed. São Paulo: Atlas, 2018.
/*ref*/FEDERAÇÃO DE SINDICATOS DE TRABALHADORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICAS DO BRASIL. Análise Preliminar do GT Educação da FASUBRA do Decreto n.º 9.991, de 28 de agosto de 2019. Brasília: FASUBRA, 2019. Disponível em: http://fasubra.org.br/wp-content/uploads/2019/09/An%C3%A1lise-do-Decreto-9991-vers%C3%A3o-final.pdf. Acesso em: 7 jan. 2020.
/*ref*/GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5.ed. São Paulo: Atlas, 1999.
/*ref*/GREENHALGH, Trisha; TAYLOR, Rod. Papers go beyond numbers (qualitative research). British Medical Journal, London, v. 315, n. 7110, p. 740-743, 1997.
/*ref*/LIANG, Kairong; ZHANG, Qi. Study on the Organizational Structured Problem Solving on Total Quality Management. International Journal of Business and Management, Canada, v. 5, n. 10, p. 178-183, 2010.
/*ref*/LIMA, Danielle Félix Delmondes Figueiredo; SILVA, Raphael Alves Vieira da; SILVA, Gilberto Soares da. Clima organizacional no setor público: uma análise na Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins em 2017. Revista Sítio Novo, Palmas, v. 2, n. 2: jul./dez. 2018. Disponível em: http://sitionovo.ifto.edu.br/index.php/sitionovo/article/view/119/78. Acesso em: 29 jan. 2020.
/*ref*/MAXIMIANO, Antonio Cesar A. Introdução a administração. 3ª ed. São Paulo: Editora Atlas, 1992.
/*ref*/NOVA política de desenvolvimento valoriza prestação de serviço e escolas de governo. Portal do Servidor, governo federal, 29 ago. 2019. Disponível em: https://www.servidor.gov.br/noticias/2019/08/nova-politica-de-desenvolvimento-valoriza-prestacao-de-servico-e-escolas-de-governo. Acesso em: 21 nov. 2019.
/*ref*/PALUDO, Augustinho Vicente. Administração pública. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: Método, 2015.
/*ref*/SCHIKMANN, Rosane. Gestão Estratégica de Pessoas: bases para a concepção do curso de Especialização em Gestão de Pessoas no Serviço Público. In: BERGUE, Sandro Trescastro; CAMÕES, Marizaura R. de Souza; PANTOJA, Maria Júlia (org.). Gestão de Pessoas: bases teóricas e experiências no setor público. Brasília: ENAP, 2010. Disponível em: http://www1.tce.rs.gov.br/portal/page/portal/tcers/institucional/esgc/biblioteca_eletronica/livros/Gest%E3o%20de%20Pessoas%20bases%20te%F3ricas%20e%20experi%EAncias%20no%20setor%20p%FAblico.pdf. Acesso em: 5 dez. 2019.
/*ref*/TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Três enfoques na pesquisa em ciências sociais: o positivismo, a fenomenologia e o marxismo. In: TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 1987. p. 31-79.
/*ref*/WALDO, Dwight. O estudo da administração pública. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 1971.
 
Rights Direitos autorais 2020 Revista Sítio Novo
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library