Corp’oralidade, a travessa linguagem depois da travessia: interfaces entre a Filosofia da Linguagem e a Linguística

Ítaca

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Corp’oralidade, a travessa linguagem depois da travessia: interfaces entre a Filosofia da Linguagem e a Linguística
 
Creator Saraiva, Luis Augusto Ferreira
Silva, Ana Carolina de Sousa
 
Subject Ciências Humanas; Filosofia; Letras; Linguística
Filosofia; Linguística; Corp’oralidade; Travessia.
 
Description Este trabalho, inserido nas áreas da Filosofia da Linguagem e na Linguística, foi desenvolvido a partir de discussões ocorridas no II Novembro Negro idealizado pelo Núcleo de Estudos de Filosofia Africana Exú do Absurdo (UnB). Temos como objetivo trazer uma reflexão sobre o conceito, em desenvolvimento, do termo corp’oralidade. Compreendemos que as ações coercitivas do colonialista romperam com saberes, história, língua e memória no momento em que impuseram um código linguístico. No entanto, apoiados em teorias contra hegemônicas, acreditamos que o glotocídio não foi capaz de exterminar por completo os saberes de povos africanos na diáspora.
 
Publisher Universidade Federal do Rio de Janeiro
 
Contributor
 
Date 2020-06-18
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier https://revistas.ufrj.br/index.php/Itaca/article/view/31984
 
Source Ítaca; n. 36 (2020): Edição Especial - Filosofia Africana; 439 - 468
Ítaca; n. 36 (2020): Edição Especial - Filosofia Africana; 439 - 468
1679-6799
1519-9002
 
Language por
 
Relation https://revistas.ufrj.br/index.php/Itaca/article/view/31984/19782
/*ref*/BIDIMA, Jean-Godefroy. De la traversée: raconter des expériences, partager le sens. Rue Descartes, 2002/2, n.36, p. 7-17. Tradução para uso didático por Gabriel Silveira de Andrade Antunes. Disponível em: <https://filosofiaafricana.weebly.com/uploads/1/3/2/1/13213792/jeangodefroy_bi dima_da_travessia._contar_experi%C3%AAncias_partilhar_o_sentido.pdf>. Acesso em: 17 jan. 2020.
/*ref*/BISPO DOS SANTOS, Antônio. As fronteiras entre o saber orgânico e o saber sintético. Tecendo redes antirracistas: Áfricas, Brasis, Portugal / organização Anderson Ribeiro Oliva. 1ª ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2019.
/*ref*/BORGES NETO, José. História e Filosofia da Linguística: uma entrevista com José Borges Neto. ReVEL. Vol. 8, n. 14, 2010. Disponível em: < http://www.revel.inf.br/files/entrevistas/revel_14_entrevista_borges_neto.pdf>. Acesso em 10 jan. 2020.
/*ref*/CASTRO, Yeda Pessoa. Das línguas africanas ao português brasileiro. Afro-Ásia (UFBA), Salvador, v.14, p.81-106, 1983. Disponível em < https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/3667/1/12121212.pdf>. Acesso em 10 jan 2020.
/*ref*/CUNHA PAZ, Francisco Phelipe; PESSANHA, Eliseu & SARAIVA, Luís Augusto Ferreira. Na travessia o negro se desfaz: vida, morte e memÓRÍa, possíveis leituras a partir de uma filosofia africana e afrodiaspórica. Voluntas, Santa Maria, v. 10, p. 110-127, set. 2019. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/voluntas/article/view/39949> Acesso em 17 jan. 2020.
/*ref*/CUNHA PAZ, Francisco Phelipe. Na casa de Ajalá: comunidades negras, patrimônio e memória contracolonial no Cais do Valongo – a “Pequena África”. Dissertação de Mestrado apresentada no Programa de Pós-Graduaçao em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional – UnB, 2019. Disponível em < https://repositorio.unb.br/handle/10482/35647?mode=full>. Acesso em 28 jan. 2020.
/*ref*/DANTAS, Luís Thiago Freire. Filosofia Desde África: perspectivas descoloniais. Tese (Doutorado em Filosofia) Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, 2018. Disponível em < https://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/54739/R%20-%20T%20-%20LUIS%20THIAGO%20FREIRE%20DANTAS.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em 25 jan. 2020.
/*ref*/DUSSEL, Enrique. Ética da libertação na idade da globalização e da exclusão. Petrópolis. Vozes, 2012.
/*ref*/EZE, Emmanuel Chukwdi. La moderna filosofia occidental y el colonialismo africano. EZE, Emmanuel Chukwudi (Org.). Pensamiento africano. Vol. 10. Barcelona.Edicons Bellaterra, 2001.
/*ref*/HALL, Stuart. Pensando a diáspora. Da diáspora. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.
/*ref*/HAMPATÉ Bâ, AMADOU. A Tradição Viva. Ki-Zerbo, Joseph. História geral da África I: Metodologia e pré-história da África. Brasília: UNESCO, 2010. p. 167- 2012. LYONS, John. Linguagem e Linguística. Rio de Janeiro: Jahar Editores, 1982.
/*ref*/MALDONADO-TORRES, NELSON. Analítica da colonialidade e da decolonialidade: algumas dimensões básicas. In: BERNADINO-COSTA, Joaze; GROSFOGUEL, Ramóm (Orgs.). Decolonialidade e pensamento afrodiaspórico. São Paulo. Autentica Editora, 2018.
/*ref*/MARTELOTTA, Mario Eduardo. Linguística. Manual de Linguística / organizador Mario Eduardo Martelotta. São Paulo: Contexto, 2016.
/*ref*/MBEMBE, Achile. A crítica da razão negra. Lisboa: Antígona. 2014.
/*ref*/MELLO, Heliana. Os contatos linguísticos no Brasil. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.
/*ref*/NASCIMENTO, Abdias. O quilombismo: documentos de uma militância pan-africanista. 3. ed. rev. São Paulo: Editora Perspectiva; Rio de Janeiro: Ipeafro, 2019.
/*ref*/NASCIMENTO, Gabriel. Frantz Fanon, Achille Mbembe e Lélia Gonzalez: intelectuais negros que falam da relação entre linguagem e racismo. Racismo linguístico: os subterrâneos da linguagem e do racismo. Belo Horizonte: Letramento, 2019.
/*ref*/NOGUERA, Renato. O ensino de filosofia e a lei 10.639. Rio de Janeiro. Pallas, 2014.
/*ref*/OLIVEIRA, David Eduardo de. Cosmovisão africana no Brasil: elementos para uma filosofia afrodescendente. Fortaleza. LCR, 2003 OUTLAW, Lucius. Filosofía africana, afroamericana y africanista. In: EZE, Emmanuel Chukwudi (Org.). Pensamiento africano. Vol. 10. Barcelona: Edicons Bellaterra, 2002.
/*ref*/SANTOS, Boaventura de Sousa. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes. In: SANTOS, Boaventura; MENESES, Maria Paula (Orgs.). Epistemologias do Sul. São Paulo, 2010, p. 31-83.
/*ref*/SARAIVA, Luís Augusto Ferreira. Exu interroga Clio: contribuições da Filosofia Africana na construção de um novo paradigma para o estudo da História. Das questões. DasQuestões, nº 4, ago/set 2016. Disponível em: < https://periodicos.unb.br/index.php/dasquestoes/article/view/16213>. Acesso em 20 jan. 2020.
/*ref*/SARAIVA, Luis Augusto. Sobre veias d’águas e segredos da mata: Filosofia Ubuntu no Terreiro de Tambor de Mina. Dissertação de Mestrado - Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Metafísica, 2018. Dispoível em <https://www.repositorio.unb.br/handle/10482/32176>. Acesso em 19 jan 2020.
/*ref*/SAUSSURE, Ferdinand de, 1857-1913. Curso de lingüistica geral. 9. Ed. -- São Paulo: Editora Cultrix.
/*ref*/SEREQUEBERHAN, Tsenay. La filosofia y el África poscolonial. In: EZE, Emmanuel Chukwudi (Org.). Pensamiento africano. Vol. 10. Barcelona: Edicons Bellaterra, 2002.
/*ref*/WITTGENSTEIN. Tractatus Lógico-Philosophicus. 3. Edição. Tradução de Luis Henrique Lopes dos Santos. São Paulo: EDUSP, 2001.
 
Rights Direitos autorais 2020 Luis Augusto Ferreira Saraiva, Ana Carolina de Sousa Silva
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library