Filosofia africana e a crítica à Razão Negra de Achilles Mbembe.

Ítaca

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Filosofia africana e a crítica à Razão Negra de Achilles Mbembe.
 
Creator Pessanha, Pessanha de Melo
 
Subject Ciências Humanas; Filosofia
Filosofia; Filosofia africana; Filosofia afro-brasileira; Ontologias Contemporâneas
 
Description Resumo: Na história da filosofia africana é quase sempre presente a justificativa que convença que existe uma filosofia africana, e que essa filosofia não tem inicio com a colonização europeia. Os processos de necropolítica e epistemicidio, consequência do período colonial no continente africano, colaboraram para o empobrecimento ontológico do ser-negro, impondo ao africano o status ontológico de inferioridade e subalternidade. Na compreensão de Achilles Mbembe por causa desses fatores a razão negra se ocupa basicamente em produzir argumentos com fundamentos que se tornaram resistência à escravatura, o colonialismo, e o apartheid.
 
Publisher Universidade Federal do Rio de Janeiro
 
Contributor
 
Date 2020-06-18
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format application/pdf
 
Identifier https://revistas.ufrj.br/index.php/Itaca/article/view/31993
 
Source Ítaca; n. 36 (2020): Edição Especial - Filosofia Africana; 359 - 378
Ítaca; n. 36 (2020): Edição Especial - Filosofia Africana; 359 - 378
1679-6799
1519-9002
 
Language por
 
Relation https://revistas.ufrj.br/index.php/Itaca/article/view/31993/19777
/*ref*/CASTIANO, J. P. Referênciais da filosofia africana: em busca da intersubjectivação. 1. ed. Maputo: Ndjira, Lda, 2010.
/*ref*/CÉSAIRE, A. Discurso sobre o colonialismo. Tradução de Noémia de Sousa. Lisboa: Livraria Sá da Costa, 1978.
/*ref*/DOMINGUES, P. J. Movimento da negritude: uma breve reconstrução histórica. África: Revista do Centro de Estudos Africanos, São Paulo, v. 26, p. 193-210, 2005.
/*ref*/HEGEL, G. W. Filosofia da História. Tradução de Hans Harden Maria Rodrigues. Brasília: UnB, 1999.
/*ref*/INIKORI, J. E. A África na história do mundo: o tráfico de escravos a partir da África e a emergência de uma ordem econômica no Atlântico. Brasília: UNESCO, v. História Geral da África V África do século XVI ao XVIII, 2010.
/*ref*/KALUMBA, K. M. Filosofia da Sagacidade: sua metodologia, resultados, significância e futuro. In: WIREDU, K. A companion to African Philosophy. Tradução de Renato Rocha Lima Marques. Oxford: Blackwell, 2004. p. 274-281.
/*ref*/MACEDO, J. R. D. O pensamento africa no no século XXI. São Paulo: Outras Expressões , 2016.
/*ref*/MAZRUI, A. A. Tendências da filosofia e da ciência na África. In: MEC História Geral da África VIII: África desde 1935. Tradução de Luiz Herman de Almeida. Brasília: UNESCO, 2010. p. 761-815.
/*ref*/MBEMBE, A. Crítica da razão negra. Tradução de Marta Lança. 1. ed. Lisboa: Antígona, 2014.
/*ref*/OMOREGBE, J. I. La Filosofia africana: ayer y hoy. Barcelona: Edicions Bellaterra, 2002.
/*ref*/ORUKA, O. H. Quatro tendências da atual Filosofia Africana. The African Philosophy Reader, New York, p. 120-124, 2002.
/*ref*/RAMOSE, M. Sobre a Legitimidade e o Estudo da Filosofia Africana. Tradução de Rafael Medina Lopes, Roberta Ribeiro Cassiano Dirce Eleonora Nigro Solis. Rio de Janeiro: Ensaios Filosóficos, v. IV - outubro 2011, 2011.
/*ref*/SANTOS, G. A. D. A invenção do "ser negro": um percurso das ideias que naturalizaram a inferioridade dos negros. Rio de Janeiro: Pallas, 2002.
 
Rights Direitos autorais 2020 Pessanha de Melo Pessanha
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library