Uso de drogas entre estudantes de medicina da PUC-SP - um levantamento epidemiológico

Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Uso de drogas entre estudantes de medicina da PUC-SP - um levantamento epidemiológico
 
Creator Henna, Elaine Aparecida Dacol
Blaas, Samira Kanaan
 
Subject
uso de drogas; universitários; medicina

 
Description INTRODUÇÃO: Aproximadamente 5% da população mundial de adultos fez uso de drogas, em 2015 e o maior consumo se concentra entre 19 e 25 anos, período universitário. As drogas mais utilizadas são álcool, tabaco e maconha. Estima-se que 15% a 25% dos estudantes universitários apresentam algum tipo de transtorno psiquiátrico durante a formação acadêmica, principalmente depressão e ansiedade. OBJETIVOS: Este projeto visa identificar a prevalência e o padrão de uso de drogas por estudantes de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da PUC-SP e questões relacionadas à saúde mental destes. Apesar de haver estudos sobre uso de drogas entre universitários não há estudos nesta amostra. MÉTODOS: Realizamos estudo de levantamento epidemiológico transversal utilizando 23 perguntas do I Levantamento Nacional sobre o Uso de Álcool, Tabaco e Outras Drogas entre Universitários das 27 capitais brasileiras. RESULTADOS: Obtivemos 338 respostas, predominando sexo feminino (64,2%) e faixa etária 20-24 anos (68,5%). Experimentar álcool foi aprovado por 93%, 68,3% maconha, 61% tranquilizantes, 50,6% cigarro. A grande maioria desaprova experimentação de cocaína (92,9%), crack (97,5%), sintéticas(77,8%) e ecstasy(69%). No último mês álcool (78,3% semanalmente), maconha(29,9% semanalmente) e cigarro (16,4% semanalmente) foram as substâncias mais usadas. De parte do tempo a o tempo todo 75,3% da amostra sentia-se estressada, 24,5% sem esperança, 17,8% deprimida e 23,4% sem valor. Observamos correlação entre sexo feminino e nervosismo (p<0,001 ; r=-,215) e sexo feminino e aprovar uso regular de tranquilizantes (p=0,003 ; r=-,121; Z=-2,172). A quantidade de alunos que já experimentaram álcool e tabaco supera a dos que aprovam a experimentação dessas substâncias. Além disso, a maioria de nossa amostra desaprova o uso de cigarro e aprova uso da maconha. CONCLUSÃO: Os resultados apresentados podem auxiliar no norteamento para a construção de novas estratégias e abordagem de universitários na prevenção do abuso de substâncias e em ações de suporte à saúde mental dos estudantes.
 
Publisher Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
 
Contributor
 
Date 2019-12-02
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

"Anais SUMEP"
 
Identifier http://revistas.pucsp.br/RFCMS/article/view/46248
 
Source Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba; v. 21, Supl., out. 2019. 36º Congresso da SUMEP
1984-4840
1517-8242
 
Rights Direitos autorais 2019 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba
https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library