Translation and Hermeneutics

Cadernos de Tradução

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title Translation and Hermeneutics
Tradução e Hermenêutica
 
Creator Colares, Adriana Almeida
 
Subject
Translation; Hermeneutics

Estudos da Tradução; Tradução; Hermenêutica
Tradução; Hermenêutica

 
Description The word 'hermeneutics' can refer both to practice (where the translator is an interpreter) and, according to the definition of George Steiner and Antoine Berman, to translation criticism. The purpose of this article is to clarify this definition. According to what Antoine Berman presents, hermeneutics in its classical sense legitimizes ethnocentric translations. Practiced from antiquity to the medieval period, this classical view of hermeneutics (also endorsed by philosophers like Paul de Man) suggests that the meaning of the text exists beyond its material support. Conversely, according to George Steiner, translation is a “hermeneutic path” that must consider every aspect of the text beyond moral, historical, and contextual considerations. To produce an equivalent text in the target language, translation - conceived as both practical and critical - must consider all aspects that make a text unique, such as prosody, grammar, and style. From this point of view, hermeneutics reveals itself as a poetics of translation.
A palavra “hermenêutica” pode fazer referência tanto à prática (em que o tradutor é um intérprete) e, de acordo com a definição de George Steiner e Antoine Berman, quanto à crítica de tradução. O objetivo desse artigo é esclarecer essa definição. De acordo com o que Antoine Berman a apresenta, a hermenêutica em seu sentido clássico legitima as traduções etnocêntricas. Praticada desde a Antiguidade até o Período Medieval, essa visão clássica da hermenêutica (também endossada por filósofos como Paul de Man), sugere que o significado do texto existe além do seu suporte material. De modo inverso, de acordo com George Steiner, a tradução é um “caminho hermenêutico” que deve considerar cada aspecto do texto além das considerações morais, históricas e contextuais. Para se produzir um texto equivalente na língua alvo, a tradução – concebida tanto como prática, como crítica – deve considerar todos os aspectos que fazem um texto único, como prosódia, gramática e estilo. Desse ponto de vista, a hermenêutica se revela como uma poética da tradução.
 
Publisher Universidade Federal de Santa Catarina
 
Contributor
FUNCAP
 
Date 2019-09-12
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion




Tradução de artigo
 
Format application/pdf
 
Identifier https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/2175-7968.2019v39n3p472
10.5007/2175-7968.2019v39n3p472
 
Source Cadernos de Tradução; v. 39, n. 3 (2019): Edição Cadernos de Tradução 39.3 (Regular); 472-485
2175-7968
 
Language por
 
Relation https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/2175-7968.2019v39n3p472/40865
https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/downloadSuppFile/2175-7968.2019v39n3p472/13078
https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/downloadSuppFile/2175-7968.2019v39n3p472/14979
 
Rights Direitos autorais 2019 Cadernos de Tradução
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library