As ameaças ao setor de saúde brasileiro

Revista de Administração em Saúde

View Publication Info
 
 
Field Value
 
Title As ameaças ao setor de saúde brasileiro
 
Creator Osaki, Milton M
 
Description O presente artigo pretende apresentar algumas dificuldades atuais e previstas do setor de saúde do nosso país que exigem atenção para garantir o bem-estar dos cidadãos.Os gastos com a assistência à saúde no Brasil atualmente atingem cerca de 9% do PIB. Porém, o crescimento dos gastos preocupa pela velocidade com que ocorre. Caso os gastos continuarem evoluindo com a mesma taxa destes últimos anos, poderão chegar a representar 20 a 25% do PIB em 2030, dificultando o custeio da assistência à saúde.Para o contingenciamento dos custos, o aperfeiçoamento e consolidação dos modelos de atenção aos idosos é necessidade prioritária pelo perfil de envelhecimento da população. Investir em saneamento básico é fundamental para a contenção dos custos de assistência às doenças infectocontagiosas. É importante a conscientização da população quanto à prevenção de doenças para minimizar gastos assistenciais. Do lado governamental, o investimento e melhoria das ações de promoção à saúde é necessidade urgente para o mesmo fim. Nosso país necessita ainda trabalhar ferramentas de gestão, como a integração de dados do paciente, utilizar tecnologias e incorporar inovações para a melhoria do setor de saúde brasileiro.Porém, investir na melhoria da governança é indubitavelmente a maior necessidade para assegurar a melhoria e viabilidade do setor.Palavras-chave: Sistema Único de Saúde; Demografia; Políticas, Planejamento e Administração em Saúde; Governança  ABSTRACTThe present article intends to present some current and foreseen difficulties of the Brazilian health sector that demand attention to guarantee the well-being of the citizens.Expenditures on health care in Brazil currently reach around 9% of GDP. But spending growth worries about the speed with which it occurs. If expenditures continue to evolve at the same rate in recent years, they may account for 20-25% of GDP by 2030, making it difficult to afford health care costs.For the cost contingency, the improvement and consolidation of care models for the elderly is a priority need due to the aging profile of the population. Investing in basic sanitation is essential to contain the costs of assisting infectious diseases. It is important to educate the population about disease prevention to minimize care expenses. On the government side, investment and improvement of health promotion actions is an urgent need for the same purpose. Our country still needs to work on management tools, such as integrating patient data, using technologies and incorporating innovations to improve the Brazilian health sector.However, investing in improving governance is undoubtedly the greatest need to ensure the improvement and viability of the sector.Keywords: Unified Health System; Demography; Health Policy, Planning and Management; Governance 
 
Publisher ABRAMPAS
 
Contributor
 
Date 2019-04-26
 
Type info:eu-repo/semantics/article
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

 
Format text/html
application/pdf
 
Identifier http://cqh.org.br/ojs-2.4.8/index.php/ras/article/view/168
10.23973/ras.75.168
 
Source Revista de Administração em Saúde; v. 19, n. 75 (2019): Rev. Adm. Saúde (On-line), São Paulo, v. 19, n. 75, abr.-jun. 2019
2526-3528
10.23973/ras.75
 
Language por
 
Relation http://cqh.org.br/ojs-2.4.8/index.php/ras/article/view/168/260
http://cqh.org.br/ojs-2.4.8/index.php/ras/article/view/168/262
 
Rights Direitos autorais 2019 Revista de Administração em Saúde
 

Contact Us

The PKP Index is an initiative of the Public Knowledge Project.

For PKP Publishing Services please use the PKP|PS contact form.

For support with PKP software we encourage users to consult our wiki for documentation and search our support forums.

For any other correspondence feel free to contact us using the PKP contact form.

Find Us

Twitter

Copyright © 2015-2018 Simon Fraser University Library